Connect with us

internacional

Flowr adquire totalidade da Holigen Holdings

Publicado

em

A Corporação Flowr (FLWR no Canadian Venture Exchange) (FLWPF na OTC Markets) anunciou segunda-feira planos para adquirir totalmente a Holigen Holdings com a compra de 80,2% de participação remanescente da Holigen Holdings Ltd. A Holigen detém a totalidade da empresa portuguesa RPK Biopharma, com actividade em Portugal como um projecto de “Interesse Nacional”.

O produtor licenciado (LP) de Toronto, Flowr Corp emitiu um comunicado onde anuncia a intenção de compra da totalidade das acções da Holigen Holdings Ltd. A Holigen é uma empresa de canábis medicinal com sede na Europa que desenvolve instalações de cultivo em larga escala, com actividade em Portugal, nomeadamente em Sintra e Aljustrel.

“A aquisição completa da Holigen é uma evolução natural da nossa estratégia global de canábis. A combinação do know-how de cultivo e design de instalações da Flowr com a presença global da Holigen, experiência em boas práticas de fabrico e profunda experiência farmacêutica são uma excelente combinação. As oportunidades na Europa e os mercados de canábis medicinal australiano-asiáticos são enormes e a Holigen tem uma escala incomparável para atender essas regiões”, disse o CEO da Flowr Vinay Tolia.

Num anunciou em dezembro de 2018, a Flowr dava conta da aquisição de 19,8% da Holigen. A actividade da Holigen em Portugal é realizada maioritariamente através da subsidiária RPK Biopharma. Esta última aguarda as validações do INFARMED para iniciar a produção em Sintra e Aljustrel, numa produção que totaliza mais de 400 toneladas anuais de canábis. Este projecto foi designado Projecto de Interesse Nacional pelo governo Português, o que garante um tratamento e prioridade especiais por parte das agências governamentais e acesso a financiamento de baixo custo.

Aumentar a escala global

“Ao longo deste ano, trabalhámos em estreita colaboração com a gestão da Holigen para ajudar a desenvolver os seus activos incríveis, nomeadamente em Aljustrel, onde a empresa possui uma instalação de cultivo ao ar livre. Aljustrel, que deverá estar operacional no segundo semestre de 2019 — num projecto com uma capacidade de produção esperada de mais de 500.000 quilos por ano. Esta aquisição posiciona a Flowr para ser bem sucedida com duas estratégias distintas e economicamente sustentáveis, o mercado de flores no Canadá e o mercado, em larga escala, dos extractos médicos a nível mundial”, lê-se no comunidado assinado pelo CEO.

Detalhes da transação

Os detalhes da transacção são conhecidos e segundo o documento publicado pela companhia, a compra da Holigen implicará 32 milhões de acções preferenciais resgatáveis e convertíveis ​​da Flowr, em conjunto com um montante de cerca de 4,27 milhões de euros. A Flowr concordou ainda em pagar um montante agregado de cerca de 1,4 milhões de euros a vários credores da Holigen, condição sujeita ao fecho da transação. O preço de compra ainda será sujeito a uma nova análise baseada nos montantes em caixa da Holigen no dia de fecho da transacção.

Na terça feira as acções da Flowr estavam cotadas em 5.87 dólares americanos

 

O CannaReporter é um projecto independente e completamente suportado pela comunidade. Para continuar a desenvolver este projecto, o apoio dos leitores é fundamental.
Clique abaixo e torne-se apoiante do CannaReporter desde 3€ por mês !
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright © 2020 CannaReporter. Todos os direitos reservados.
O CannaReporter é um projecto mantido e apoiado na totalidade pela comunidade. Sem o indispensável suporte dos nossos patronos não conseguiríamos tornar este projecto possível. Agradecemos a todos os nossos patronos pelo apoio !

Blooming Patron:
CannaDoca
Grower Patron:
CannaCasa, Barry McCullough, Joao Xabregas, High Lit
Seed Supporter
Julio Teixeira, Pedro Spinola, Helio Cafua, Seven Sisters, Eduardo Continentino, Soraia Tomás, Beatriz Pamplona, Julia Lindsay, Tregardock Farm, Rita Machado