Connect with us

Cânhamo

Massachusetts aprova venda de produtos alimentares derivados do cânhamo

Publicado

em

Foto: D.R. | weedmaps

O governador do Estado de Massachusetts concordou em permitir que os dispensários de canábis recreativa vendam cânhamo e outros produtos derivados do cânhamo, cultivados e fabricados no Estado. Massachusetts é assim o mais recente Estado a abrir dispensários aos operadores da área do cânhamo, dando aos 79 agricultores e 19 processadores de canábis um canal que permite a venda de CBD em alimentos, bebidas e suplementos dietéticos.

A legislação de Massachusetts muda para incluir os produtos derivados do cânhamo, o que também vem melhorar a posição dos retalhistas de canábis em relação aos fornecedores e aos preços que pagam pelos produtos contendo CBD. Assinada pelo Governador Charlie Baker na sexta-feira, a nova lei é uma lufada de ar fresco para os agricultores de cânhamo de Massachusetts que se sentiam prejudicados pelas regras estaduais que os proibiam de processar as suas plantas em alimentos ou suplementos com CBD, relatou o Boston Globe.

Este novo enquadramento “muda literalmente tudo para os pequenos agricultores de cânhamo, como eu”, disse Linda Noel, que cultiva cânhamo na Fazenda Terrapin em Franklin. “A nossa produção diminuiu este ano e eu não ia renovar a minha licença” antes de ver a alteração na legislação. A agricultora afirma que a mudança lhe deu esperança para que, finalmente, esta seja uma colheita viável para si e para tantos outros pequenos agricultores.

Mais de uma dúzia de estados adoptaram regras no ano passado para permitir que o CBD e outros produtos derivados do cânhamo sejam vendidos em dispensários de canábis, abrindo um novo ponto de venda para esta indústria em crescimento. Segundo a nova lei de Massachusetts, os dispensários licenciados podem agora comprar produtos de cânhamo feitos por agricultores ou processadores licenciados pelo Departamento de Recursos Agrícolas de Massachusetts, mas os produtos de fora do estado permanecem proibidos.

“Esta é uma solução há muito esperada para uma omissão na lei que impactou negativamente a indústria de cânhamo de Massachusetts”, disse Mike Matton, presidente da marca branca de CBD High Purity Natural Products, em comunicado.

A canábis para consumo adulto já gerou, no Massachusetts, mais de 660 milhões de dólares em vendas brutas deste o início de 2020.

_______________________________________________________________
Imagem de Destaque: WeedMaps

Apoie o João Costa on Patreon!
Publicidade

O CannaReporter é um projecto independente e completamente suportado pela comunidade.

Para continuar a desenvolver este projecto e para garantir os recursos para acompanhar a indústria em Portugal, o apoio dos leitores é fundamental.


l

Clique abaixo e torne-se apoiante do CannaReporter!

Torna-te Patreon e contribui para o projecto CannaReporter!
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *