Connect with us

internacional

Irmãos irlandeses ganham prémio da ECO-UNESCO com projecto de cânhamo sustentável

Rita Martins

Published

on

Foto: D.R. | The Irish Examiner

Cian e Caoimhe Walsh, dois jovens irmãos de Bandon, na Irlanda, ganharam o prémio ECO-UNESCO para Jovens Ambientalistas na categoria de Eco-Inovação, com o projecto “Cânhamo por um futuro sustentável”.  O projecto foi desenvolvido sob a premissa de que o cânhamo venha beneficiar a agricultura sustentável na Irlanda. 

Em entrevista ao Irish Examiner, Caoimhe referiu que “com a capacidade do cânhamo de capturar em média 8,9 toneladas de dióxido de carbono por acre (quase um hectare), o cânhamo é mais eficiente na captação de carbono do que as árvores.”

O projecto dos irmãos Walsh começou a ser desenvolvido em 2019, quando Cian participou na Assembleia Juvenil para o Clima, e onde conseguiu apresentar à Dáil Éireann (a assembleia da Irlanda) as suas propostas sobre o cânhamo.

O governo irlandês comprometeu-se, no Programa de 2020, a explorar o potencial do cânhamo para o cultivo de variedades de fibras. Segundo os irmãos, “com o teor de celulose da fibra do cânhamo a rondar os 70%, ele também pode ser utilizado no fabrico de papel, móveis e pellets, substituindo a madeira, o que permitirá acelerar a preservação das florestas e dos seus habitats com um desmatamento menor e ao estabelecimento de florestas nativas permanentes”.

Porquê o cânhamo?
Na sua apresentação, no site da UNESCO, os irmãos Walsh explicam como e porque é que decidiram apostar no cânhamo para um futuro mais sustentável. “Acreditamos que os agricultores estão a enfrentar extrema pressão para promover uma acção climática e não estão a receber alternativas viáveis ​​para os seus métodos agrícolas actuais”.

Os irmãos Walsh ambicionam criar instalações industriais de processamento de cânhamo “para dar um uso sustentável da terra, que seja uma alternativa para os agricultores”. Ao mesmo tempo, esperam educar as pessoas através de conteúdo postado nas redes sociais, promover eventos para difundir informação sobre o cânhamo e ter uma colheita própria para fazer investigação.

Publicidade

O CannaReporter é um projecto independente e completamente suportado pela comunidade.

Para continuar a desenvolver este projecto e para garantir os recursos para acompanhar a indústria em Portugal, o apoio dos leitores é fundamental.


l

Clique abaixo e torne-se apoiante do CannaReporter!

Torna-te Patreon e contribui para o projecto CannaReporter!
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *