Connect with us

Cânhamo

Serpa: GNR diz que desmantelou plantação ilegal com 944 pés de canábis

Publicado

em

Foto: D.R. | G.N.R.

O Comando Territorial de Beja da Guarda Nacional Republicana (GNR) emitiu esta tarde um comunicado de Imprensa onde diz que, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Moura, desmantelou uma plantação ilegal de canábis, ontem, dia 9 de setembro, no concelho de Serpa, distrito de Beja. Pelo menos duas fontes garantiram ao Cannareporter que o detido é Hugo Monteiro, um dos fundadores da cooperativa Lusicanna e agricultor que se dedica ao cultivo de cânhamo industrial. 

A GNR enviou esta tarde o seguinte comunicado de Imprensa:

O Comando Territorial de Beja, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Moura, ontem, dia 9 de setembro, desmantelou uma plantação ilegal de canábis, no concelho de Serpa.

No âmbito de uma ação de patrulhamento, foi detetada uma exploração agrícola, em local isolado, onde, entre as restantes culturas, se encontrava uma plantação ilegal com 944 pés de canábis. No local existia ainda um laboratório de processamento, onde foi possível visualizar as várias fases do processo, desde o início da plantação, até à secagem, trituração e embalamento.

Nesta ação, foi dado cumprimento a um mandado de busca domiciliária e a outra em armazém, culminando na detenção de um homem de 45 anos e na apreensão de diverso material, destacando-se:

944 pés de canábis;
30,50 quilos de sumidades de canábis;
58 quilos de sementes de canábis;
24 frascos de óleo de canábis;
893 tutores para plantas;
2 500 metros de mangueira de rega gota-a-gota;
348 proteções de plantas em rede ovelheira;
Duas alfaias agrícolas;
Um trator agrícola;
Uma destroçadora de plantas de canábis;
Dois computadores portáteis;
Um tablet;
Um telemóvel;
Dois discos externos de armazenamento;
Duas balanças de precisão;
Uma máquina de selagem de embalagens em vácuo;
64,25 litros de fertilizantes;

O detido será hoje, dia 10 de setembro, presente a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Serpa, para aplicação de medidas de coação.

*******************************************************************************
Apoie o Cannareporter e o jornalismo independente! Se considera importante o acesso a informação especializada em canábis ou cânhamo em Portugal e no resto do mundo, considere ser um dos nossos patronos. Pode contribuir com a partir de apenas 3€ / mês ou investir em publicidade no nosso site, dando visibilidade à sua marca em mais de 30 países. Veja as contrapartidas em www.patreon.com/cannareporter ou peça mais informações através do e-mail publicidade@cannareporter.eu. Obrigado!

O CannaReporter é um projecto independente e completamente suportado pela comunidade. Para continuar a desenvolver este projecto, o apoio dos leitores é fundamental.
Clique abaixo e torne-se apoiante do CannaReporter desde 3€ por mês !
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *