Connect with us

Nacional

Jorge Sampaio: Uma vida a lutar pelos direitos humanos e pela mudança nas políticas de drogas

Avatar

Published

on

Foto: D.R.

Jorge Sampaio, Comissário na Comissão Global de Política de Drogas, ex-Presidente da República Portuguesa (1996 a 2006), faleceu esta sexta-feira, 10 de Setembro, em Lisboa. Advogado de profissão, nasceu em Lisboa a 18 de setembro de 1939, defendeu vários presos políticos antes do 25 de Abril, esteve seis anos à frente do executivo da Câmara Municipal de Lisboa e três como líder do PS – Partido Socialista. 

Jorge Sampaio defendeu fortemente a mudança das políticas de drogas, colocando em primeiro lugar a saúde pública, a segurança da comunidade e os direitos humanos.

Encontro na Fundação José Saramago, com Luís Mendão, Presidente do GAT, Ruth Dreifuss presidente da Global Commission of Drug Policy e Jorge Sampaio.


Durante os últimos dias, foram várias as mensagens e acções de homenagem ao ex-presidente da república, Jorge Sampaio, cujas sessões solenes receberam as mais altas personalidades nacionais e internacionais, contando igualmente com muitos cidadãos anónimos que se deslocaram para prestar uma última homenagem. Com um percurso notável, marcado pela sua autenticidade, liberalidade, serviço público e coerência no estilo de vida, Sampaio destacou-se também nas políticas de drogas e na descriminalização do consumo de substâncias.

A morte de Jorge Sampaio foi um evento que gerou eco igualmente nos grupos e redes relacionados com a luta por políticas de drogas mais justas, humanas e eficazes, devido à posição de Comissário Global que Jorge Sampaio ocupou na Global Commission on Drug Policy (Comissão Global de Política de Drogas).

A Global Commission on Drug Policy é uma organização internacional independente que congrega 14 ex-chefes de Estado, incluindo Jorge Sampaio, e é uma instituição fortemente marcada pela sua posição em suporte de uma reforma da política de drogas a nível mundial. Em 2019 a reunião anual da organização decorreu em Portugal e resultou na publicação de vários dados relativos à real perigosidade das substâncias.

Sampaio teve um papel dinamizador e apoiou, antes da viragem do século, a descriminalização do consumo de drogas em Portugal e representou Portugal em inúmeros eventos da Organização das Nações Unidas (ONU) relacionados com a temática das políticas de drogas.

Em 2019, o Cannareporter teve a honra de se juntar ao evento anual da Global Commission on Drug Policy, num encontro a convite de Jorge Sampaio, na Casa dos Bicos, em Lisboa, denominado “Política de drogas – o futuro”.

Jorge Sampaio fica na história de Portugal como um verdadeiro humanista, progressista e liberal. Aqui lhe deixamos a nossa singela homenagem e o nosso agradecimento pelas mudanças e pelos avanços que representou na sociedade portuguesa. Até sempre!

*******************************************************************************
Apoie o Cannareporter e o jornalismo independente! Se considera importante o acesso a informação especializada em canábis ou cânhamo em Portugal e no resto do mundo, considere ser um dos nossos patronos. Pode contribuir com a partir de apenas 3€ / mês ou investir em publicidade no nosso site, dando visibilidade à sua marca em mais de 30 países. Veja as contrapartidas em www.patreon.com/cannareporter ou peça mais informações através do e-mail publicidade@cannareporter.eu. Obrigado!

Publicidade

O CannaReporter é um projecto independente e completamente suportado pela comunidade.

Para continuar a desenvolver este projecto e para garantir os recursos para acompanhar a indústria em Portugal, o apoio dos leitores é fundamental.


l

Clique abaixo e torne-se apoiante do CannaReporter!

Torna-te Patreon e contribui para o projecto CannaReporter!
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *