Connect with us

Uncategorized

Trump e Canábis Medicinal: A indústria discute o futuro da Canábis

Publicado

em

Ouvir este artigo

Tem havido muita discussão sobre o que Trump fará sobre a canábis anível legal. Especialmente devido ao fato de que os funcionários do governo de Trump não disseram muito sobre a questão.

No entanto, parece haver um certo nível de consenso entre os membros da indústria que “Trump vai deixar marijuana medicinal isolada.”

Reinos de Incerteza

“Quando a administração [Trump] disse” apoiamos a Canábis medicinal “, havia uma suposição de que o que significa, é que apoiam a canábis medicinal como nós atualmente, da indústria, entendemos a canábis medicinal”, disse o banqueiro de investimentos e presidente da Cannabis Advisory Firm, Leslie Bocskor, para o site ‘Benzinga’. “Há uma ideia de que isso significa que eles apoiam os mercados e estados que estabeleceram mercados de canábis medicinal [mas] isso pode não ser verdade”.

“Talvez quando [funcionários do governo federal] dizem que apoiam a Canábis medicinal, eles realmente estão a dizer que” nós apoiamos que existem usos terapêuticos reais baseados na planta de canábis que, tendo passado por ensaios clínicos adequados, poderia resultar em medicamentos aprovados pela FDA” Bocskor acrescentou. “Então, poderemos assumir que o que eles dizem ser bom para o mercado de canábis medicinal, como nós o conhecemos, pode na verdade vir a ser a pior coisa que pode acontecer”.

Bocskor observou que “não saberemos de nada até descobrirmos o que está sendo dito nas conversas que acontecem nos bastidores”.

Questões bancárias e outros obstáculos

Um dos maiores problemas que a indústria enfrenta é a banca.

“Só para lhe dar alguns exemplos”, explicou Mukunda, “com a listagem na NYSE há um monte de escrutínio sobre o que o IGC faz. Nós só podemos ficar do lado médico, não podemos crescer ou processar ou derivar uma receita direta do lado recreativo, o que é um grande constrangimento “.

“Então há o lado da operação bancária, e então há o SEC que requer muitos dos fatores de risco associados com a indústria, com a operação bancária, de onde a receita provém, etc … Além de todas estas coisas pequenas, o banco De Nova Iorque Mellon Corp, uma das maiores câmaras de compensação de ações, tem uma lista de empresas que foram colocadas na sua lista negra. Esse é um problema muito sério para empresas como nós, que têm sido incomodadas pela imagem negativa.

A oportunidade adiante

Contra esse cenário turbulento, Mukunda vê uma “oportunidade muito, muito grande para aqueles que podem navegar nos regulamentos e certificar-se de que estarão sempre confortáveis quanto a regulamentos”.

Existem empresas salvaguardadas de todos esses desafios? Mukunda observou, que estão a deixar grandes empresas farmacêuticas sozinhas.

Mukunda afirma que a GW Pharmaceuticals é uma empresa considerada à vontade porque é considerada uma grande farmacêutica.

Para startups, é mais difícil.

“Mas, novamente, é uma daquelas situações em que é um mercado altamente regulamentado e você realmente tem que saber como navegar nos regulamentos tendo que ser muito, muito claro e estar comprometido a respeitar os regulamentos”, disse Mukunda.

 

Fonte : Bezinga

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

+ posts

Sou um dos directores do CannaReporter, que fundei em conjunto com a Laura Ramos. Sou natural da inigualável Ilha da Madeira, onde resido actualmente. Enquanto estive em Lisboa na FCUL a estudar Engenharia Física, envolvi-me no panorama nacional do cânhamo e canábis tendo participado em várias associações, algumas das quais, ainda integro. Acompanho a industria mundial e sobretudo os avanços legislativos relativos às diversas utilizações da canábis.

Posso ser contactado pelo email joao.costa@cannareporter.eu

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Eventos17 horas atrás

Maren Krings, autora de “H is for Hemp” apresenta o seu documentário sobre a Ucrania hoje em Lisboa

Maren Krings, fotojornlista autro-alemã e autora do livro “H is for Hemp” está hoje em Lisboa para apresentar o seu...

Internacional3 dias atrás

EUA: Pediatra Bonni Goldstein lança petição contra a proibição de medicamentos de CBD natural na Califórnia

A pediatra norte-americana Bonni Goldstein está a alertar para a tentativa de proibição de medicamentos derivados de CBD natural na...

Internacional3 dias atrás

Europa tem quase 23 milhões de utilizadores de canábis, a mais consumida de todas as substâncias ilícitas

A canábis continua a ser, de longe, a substância ilícita mais consumida na Europa. Estas são as conclusões do “Relatório...

Eventos4 dias atrás

Mary Jane celebra a cultura da canábis legal pela primeira vez na Alemanha

É já no próximo fim-de-semana, de 14  16 de Junho, que se realiza a já habitual Mary Jane, na Messe...

Eventos1 semana atrás

CB Club reúne profissionais da canábis antecipando a Mary Jane, em Berlim

A antecipar a CB Expo (Cannabis Business Expo and Conference), que acontecerá em Dortmund, em Setembro, a CB Company vai...

Reportagem1 semana atrás

África do Sul: a legalização de uma indústria que já prospera

Nas semanas que antecederam as eleições para Assembleia Geral na África do Sul, na passada quarta-feira, 29 de Maio, havia...

Entrevistas2 semanas atrás

Rui Reininho: “Eu acho esquisitíssimo andarem os meus colegas da GNR a meter o nariz nas propriedades das pessoas a ver o que é que esta planta faz”

Rui Reininho, músico português que ficou famoso enquanto vocalista dos GNR, dispensa apresentações. Ao contrário do que muitos pensam, não fundou...

Notícias2 semanas atrás

Canadá: Estudo demonstra que utilização de canábis reduz consumo de metanfetaminas

Os utilizadores de poli-drogas, indivíduos que consomem várias substâncias, recorrem frequentemente à canábis como forma de reduzir o seu consumo...

Eventos4 semanas atrás

CannaTrade regressa a Zurique de 24 a 26 de Maio

A CannaTrade – Feira e Festival Internacional do Cânhamo de Zurique atinge em 2024 a maioridade, celebrando a sua 18ª...

Comunicados de Imprensa4 semanas atrás

Grupo SOMAÍ e a sua subsidiária RPK Biopharma ampliam parceria com Cookies para incluir Europa e Reino Unido

LISBOA, PORTUGAL, 16 de maio de 2024 /EINPresswire.com/ — O Grupo SOMAÍ (“SOMAÍ”) e a sua subsidiária, RPK Biopharma expandiram...