Connect with us
Publicidade
Publicidade

Nacional

Marcha Global da Marijuana decorre amanhã em Lisboa

Publicado

em

É já amanhã, dia 5 de Maio, que decorre a 12ª edição da Marcha Global da Marijuana (MGM), que desde 1999 está presente em mais de 300 cidades de todo o mundo. Em Lisboa, a Marcha Global da Marijuana acontece desde 2006.

A Marcha Global da Marijuana (adaptado do Inglês, Marijuana Global March), é uma iniciativa internacional que consiste em ajuntamentos populares em várias cidades espalhadas pelo globo, em defesa da legalização da canábis. A MGM nasceu em Nova Iorque, em 1999, como resultado de concentrações que vinham a acontecer entre grupos de apoiantes da legalização da canábis. As concentrações realizam-se, desde então, no primeiro sábado do mês de Maio, sendo um ex-libris da cultura canábica que ocorre um pouco por todo o mundo.

Este evento chegou a território português depois do virar de século, em 2006, com Portugal a ser representado por Lisboa na MGM. No ano seguinte, a cidade do Porto aderiu ao evento, aumentando assim a representatividade Portuguesa na Marcha.

O movimento ganhou tracção nos anos seguintes, com a adesão de Coimbra em 2008, e Braga a juntar-se ao evento em 2009.

A MGM Lisboa em 2018
Este ano, a MGM vai ser realizada no dia 5 de Maio e em Lisboa os preparativos para o certame já se iniciaram. Foi organizado um Jantar Benefit pela comissão organizadora e as Noites da Folha. Os organizadores apelaram também para um ajuntamento popular na sexta-feira, 27 de Abril, “para questionar o proibicionismo, pensar formas de resistir e sobretudo construir ferramentas para o subverter ou ultrapassar”.

Cartaz Marcha Global da Marijuana, 2018

No Manifesto da Comissão Organizadora da Marcha Global de Marijuana de Lisboa, são apontados argumentos relativos à situação ambígua do consumo de canábis “num país onde se pode consumir mas não se pode obter (…) e onde qualquer consumidor é ‘obrigado’ a contactar e a movimentar-se no mercado ilícito”. A Comissão advoga que, de forma a controlar a qualidade e circulação da substância, bem como a redução de riscos e danos associados ao consumo, se possa produzir e adquirir canábis de forma lícita em Portugal.

Este ano, todavia, parece que a MGM do Porto não se vai realizar. Nos meios digitais é possível encontrar referências e páginas ligadas à Marcha Global de Marijuana do Porto, bem como o respectivo website. No entanto, a Cannapress contactou os proprietários do website e confirmou a informação de que a Marcha Global do Porto não será formalmente organizada, à semelhança do que vem a acontecer nos anos anteriores.
______________________________________________________
Foto de Destaque: MGM 2017, “EPHEMERA” — Biblioteca e Arquivo de José Pacheco Pereira

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade

Mais recentes

internacional1 dia atrás

Zimbabwe: Presidente pede 27 milhões de canábis medicinal à Swiss Biocieuticals

O Presidente do Zimbabwe, Emmerson Mnangagwa, comissionou a empresa de canábis medicinal Swiss Biocieuticals a produzir cerca de 27 milhões de...

Opinião5 dias atrás

A canábis pode ajudar a estudar?

No mundo contemporâneo, entrar na Universidade tornou-se sinónimo de “futuro”, ao mesmo tempo que também se podem viver as primeiras experiências...

internacional1 semana atrás

Tailândia: Ministro da Saúde quer oferecer um milhão de plantas de canábis à população

O Ministro da Saúde Pública da Tailândia, Anutin Charnvirakul, surpreendeu, mais uma vez, o mundo, ao anunciar que quer oferecer...

Opinião1 semana atrás

O papel da Enfermagem no cuidado ao paciente submetido a tratamento com canabinóides

Hoje, dia 12 de Maio, assinala-se o Dia Mundial do Enfermeiro. De acordo com o código ético e deontológico de...

Opinião1 semana atrás

Legalização da canábis em Nova York: Equidade social e económica no licenciamento e extinção de condenaçãoCannabis Legalization in New York: Social & Economic Equity Licensing and Conviction Expungement

A aplicação draconiana anti-canábis, perseguida ao longo dos anos nos Estados Unidos, é uma das coisas mais insanas que uma...

Dá-me música!2 semanas atrás

Playlist da Canábis: #2 – Peter Tosh – “Legalize it”

A pedido dos leitores – porque também vos ouvimos – a seguinte entrada na nossa playlist é o hino pró-legalização...

Eventos2 semanas atrás

PTMC – Portugal Medical Cannabis regressa em 2022 a Lisboa e à Madeira

A PTMC – Portugal Medical Cannabis está de volta! Lisboa – 16 e 17 de Junho – Auditório dos Contabilistas...

internacional2 semanas atrás

Alemanha: Ministro da Saúde vai avançar com a legalização do uso adulto de canábis

O Ministro da Saúde alemão, Karl Lauterbach, anunciou ontem novas medidas sobre a assistência médica na Alemanha, onde incluiu a...

Entrevistas2 semanas atrás

Tej Virk tem uma mensagem para o Governo Português: “Legalizem antes da Alemanha!”

Tej Virk, CEO da Akanda Corporation, que recentemente adquiriu a portuguesa Holigen por 26 milhões de euros, ganhou reputação no espaço global...

internacional3 semanas atrás

Depois da Itália, Curaleaf obtém licença para medicamentos à base de extractos de canábis em Malta

A Curaleaf International obteve licença para uma linha de medicamentos à base de extractos de canábis em Malta. A gama de...

Publicidade