Connect with us

Internacional

Canopy Growth estreia-se na Wall Street

Publicado

em

Ouvir este artigo

Wall Street amanheceu a 24 de Maio com a entrada da Canopy Growth Corporation (CGC), a maior companhia de canábis medicinal do Canadá, na Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE – New York Stock Exchange). Bruce Linton, CEO da empresa, descreveu a entrada da Canopy Growth nos mercados da “Big Apple” como “um momento histórico” e, após as primeiras horas de negociações, a multinacional tinha um valor de mercado de 5 mil milhões de dólares americanos, com cada acção a ser negociada na casa dos 30 dólares.

 

A [stock_quote symbol=”CGC” show=”name” decimals=”2″ number_format=”cd” template=”%company%:%exch_symbol% (%change%%)” raw=”” class=””] estreia-se no índice “S&P/TSX Composite” da NYSE, juntando-se ao Cronos Group, também negociado na NYSE desde Fevereiro de 2018 e a primeira empresa de canábis medicinal cotada directamente na bolsa de Nova Iorque. A estreante Canopy chega aos mercados com um valor de mercado de cerca de 5 mil milhões de dólares americanos, cinco vezes mais que o actual valor do [stock_quote symbol=”CRON” show=”name” decimals=”2″ number_format=”cd” template=”%company%:%exch_symbol% (%change%%)” raw=”” class=””] .

O número de empresas do sector da canábis cotadas em bolsa tem aumentado vertiginosamente, principalmente nos mercados onde a canábis medicinal já é legal e reconhecida a nível federal. Exemplos disso são os mercados bolsistas do Canadá e da Alemanha, onde já são negociadas empresas como a Canopy Growth Corporation, a [stock_quote symbol=”ACBFF” show=”name” decimals=”2″ number_format=”cd” template=”%company%:%exch_symbol% (%change%%)” raw=”” class=””] , a [stock_quote symbol=”MRRCF” show=”name” decimals=”2″ number_format=”cd” template=”%company%:%exch_symbol% (%change%%)” raw=”” class=””]  ou o Cronos Group.

Instalações da Canopy Growth Corporation | FOTO: Andrew Szeto / Tweed Inc.

Outro nível de capitalização
Não é novidade dizer que Wall Street seja ambicionada pelas multinacionais, porque conseguir ser negociado na praça económica de Nova Iorque é, por si só, positivo e permite atrair investimentos mais avultados do que noutros mercados internacionais. Jason Spatafora, editor do MarijuanaStocks.com, diz que “isto irá apontar todos os holofotes para esta indústria, que ainda é tão recente.”

Há dois dias na bolsa de Toronto, disse Spatafora, o volume de acções negociadas foi de 216 milhões de dolares canadianos: “Quase o mesmo volume que foi negociado durante a primeira hora da bolsa de Nova Iorque”.

Interior das instalações da Canopy Growth Corporation. FOTO:Andrew Szeto / Tweed Inc.

O presidente executivo da Associação Nacional dos Comerciantes de Canábis dos Estados Unidos da América, Joshua Laterman, afirma que esta será “uma oportunidade que nunca existiu para as empresas que trabalham no sector da canábis. É uma indústria que historicamente está ligada à incapacidade de aceder a capital, já que continua ilegal a nível Federal. Isto irá trazer capital. E com dinheiro institucional, vem o conhecimento e a aceitação”, explicou o dirigente.

Num comunicado para a Imprensa, Bruce Linton, fundador e director executivo da companhia sediada no Canadá confessou finalmente: “Há cinco anos, enquanto pequena startup no sector da canábis, nunca poderíamos imaginar este momento histórico.”
_____________________________________________________________________
Foto de destaque: Andrew Szeto / Tweed Inc.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

+ posts

Sou um dos directores do CannaReporter, que fundei em conjunto com a Laura Ramos. Sou natural da inigualável Ilha da Madeira, onde resido actualmente. Enquanto estive em Lisboa na FCUL a estudar Engenharia Física, envolvi-me no panorama nacional do cânhamo e canábis tendo participado em várias associações, algumas das quais, ainda integro. Acompanho a industria mundial e sobretudo os avanços legislativos relativos às diversas utilizações da canábis.

Posso ser contactado pelo email joao.costa@cannareporter.eu

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional18 horas atrás

Polícia alemã esclarece que não sugeriu consumo de canábis (em vez de álcool) aos adeptos ingleses do Euro 2024

A polícia de Gelsenkirchen, na Alemanha, foi citada numa notícia onde afirmou que as atenções estariam mais centradas nos adeptos...

Eventos1 dia atrás

Substâncias sintéticas ameaçam enorme sucesso da Mary Jane Berlin

Era expectável que esta edição da Mary Jane Berlin fosse a maior concentração de sempre da comunidade da canábis na...

Nacional3 dias atrás

ICAD promove inquérito europeu sobre consumo de drogas em Portugal

O Instituto para os Comportamentos Aditivos e as Dependências (ICAD) iniciou a 4ª edição do European Web Survey on Drugs...

Eventos4 dias atrás

Maren Krings, autora do livro “H is for Hemp”, apresenta documentário sobre a Ucrânia hoje, em Lisboa

Maren Krings, fotojornalista e autora do livro “H is for Hemp” está hoje em Lisboa para apresentar o seu novo...

Internacional6 dias atrás

EUA: Pediatra Bonni Goldstein lança petição contra a proibição de medicamentos de CBD natural na Califórnia

A pediatra norte-americana Bonni Goldstein está a alertar para a tentativa de proibição de medicamentos derivados de CBD natural na...

Internacional6 dias atrás

Europa tem quase 23 milhões de utilizadores de canábis, a mais consumida de todas as substâncias ilícitas

A canábis continua a ser, de longe, a substância ilícita mais consumida na Europa. Estas são as conclusões do “Relatório...

Eventos7 dias atrás

Mary Jane celebra a cultura da canábis legal pela primeira vez na Alemanha

É já no próximo fim-de-semana, de 14  16 de Junho, que se realiza a já habitual Mary Jane, na Messe...

Eventos2 semanas atrás

CB Club reúne profissionais da canábis antecipando a Mary Jane, em Berlim

A antecipar a CB Expo (Cannabis Business Expo and Conference), que acontecerá em Dortmund, em Setembro, a CB Company vai...

Reportagem2 semanas atrás

África do Sul: a legalização de uma indústria que já prospera

Nas semanas que antecederam as eleições para Assembleia Geral na África do Sul, na passada quarta-feira, 29 de Maio, havia...

Entrevistas2 semanas atrás

Rui Reininho: “Eu acho esquisitíssimo andarem os meus colegas da GNR a meter o nariz nas propriedades das pessoas a ver o que é que esta planta faz”

Rui Reininho, músico português que ficou famoso enquanto vocalista dos GNR, dispensa apresentações. Ao contrário do que muitos pensam, não fundou...