Connect with us
Publicidade
Publicidade

internacional

Catalunha: Tribunal Constitucional proíbe Clubes Sociais

Publicado

em

O Tribunal Constitucional Espanhol (TC) declarou inconstitucional, por unanimidade, a lei das associações de canábis. O diploma 13/2017 tinha sido aprovado no Parlamento Catalão em Junho do ano passado com uma maioria confortável, mas o TC interpretou agora que esta lei invade poderes nacionais, fundamentalmente em matéria penal, que são da jurisprudência do Estado.

Na decisão, foram observadas as várias semelhanças com as normas de Navarra e do País Basco, aprovadas em 2014 e 2017, e que também foram declaradas inconstitucionais. O TC esclareceu ainda que “embora a canábis contenha elementos ativos ou princípios susceptíveis à aplicação terapêutica, ela não é, estritamente falando, uma droga ou medicamento, mas uma substância classificada como controlada”. Nesse sentido, de acordo com o artigo 149.1.6 da Constituição, a regulação destas substâncias deve estar nas mãos do Estado, que é o responsável em matéria penal dos crimes relacionados com substâncias controladas.

A Confederação das Associações Canábicas já emitiu um comunicado sobre a posição adoptada pelo TC, onde é possível ler que as políticas proibicionistas “criaram um ambiente onde a implementação de políticas de saúde pública eficiente é impossível”. A instituição alega a situação de insegurança para os quatro mil funcionários do sector, consequente da decisão que “cria um ambiente que dificulta o conhecimento e aplicação de políticas destinadas a minimizar os riscos de saúde pública e reduzir os danos decorrentes do consumo de canábis na Catalunha”.
________________________________________________________________
Foto de Destaque: D.R.

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade

Mais recentes

internacional1 dia atrás

Zimbabwe: Presidente pede 27 milhões de canábis medicinal à Swiss Biocieuticals

O Presidente do Zimbabwe, Emmerson Mnangagwa, comissionou a empresa de canábis medicinal Swiss Biocieuticals a produzir cerca de 27 milhões de...

Opinião5 dias atrás

A canábis pode ajudar a estudar?

No mundo contemporâneo, entrar na Universidade tornou-se sinónimo de “futuro”, ao mesmo tempo que também se podem viver as primeiras experiências...

internacional1 semana atrás

Tailândia: Ministro da Saúde quer oferecer um milhão de plantas de canábis à população

O Ministro da Saúde Pública da Tailândia, Anutin Charnvirakul, surpreendeu, mais uma vez, o mundo, ao anunciar que quer oferecer...

Opinião1 semana atrás

O papel da Enfermagem no cuidado ao paciente submetido a tratamento com canabinóides

Hoje, dia 12 de Maio, assinala-se o Dia Mundial do Enfermeiro. De acordo com o código ético e deontológico de...

Opinião1 semana atrás

Legalização da canábis em Nova York: Equidade social e económica no licenciamento e extinção de condenaçãoCannabis Legalization in New York: Social & Economic Equity Licensing and Conviction Expungement

A aplicação draconiana anti-canábis, perseguida ao longo dos anos nos Estados Unidos, é uma das coisas mais insanas que uma...

Dá-me música!2 semanas atrás

Playlist da Canábis: #2 – Peter Tosh – “Legalize it”

A pedido dos leitores – porque também vos ouvimos – a seguinte entrada na nossa playlist é o hino pró-legalização...

Eventos2 semanas atrás

PTMC – Portugal Medical Cannabis regressa em 2022 a Lisboa e à Madeira

A PTMC – Portugal Medical Cannabis está de volta! Lisboa – 16 e 17 de Junho – Auditório dos Contabilistas...

internacional2 semanas atrás

Alemanha: Ministro da Saúde vai avançar com a legalização do uso adulto de canábis

O Ministro da Saúde alemão, Karl Lauterbach, anunciou ontem novas medidas sobre a assistência médica na Alemanha, onde incluiu a...

Entrevistas2 semanas atrás

Tej Virk tem uma mensagem para o Governo Português: “Legalizem antes da Alemanha!”

Tej Virk, CEO da Akanda Corporation, que recentemente adquiriu a portuguesa Holigen por 26 milhões de euros, ganhou reputação no espaço global...

internacional3 semanas atrás

Depois da Itália, Curaleaf obtém licença para medicamentos à base de extractos de canábis em Malta

A Curaleaf International obteve licença para uma linha de medicamentos à base de extractos de canábis em Malta. A gama de...

Publicidade