Connect with us

internacional

Holanda abre concurso para o segundo produtor de canábis medicinal

Avatar

Published

on

A Holanda, que apenas tem um produtor de canábis medicinal, a Bedrocan, vai receber uma nova licença de cultivo em breve. A elevada procura e a necessidade de mais variedade estão entre as motivações que levaram o governo holandês a decidir abrir um novo concurso já no próximo mês.

A Fundação de Transmissão Holandesa (Nederlandse Omroep Stichting), que faz parte do sistema de Radiodifusão Pública da Holanda, noticiou que o Gabinete de Canábis Medicinal (BMC) do país quer emitir a sua segunda licença de cultivo. Actualmente, apenas a Bedrocan está autorizada a produzir derivados de canábis medicinal na Holanda. 

A Bedrocan, que desfrutou de um regime de exclusividade durante 16 anos, afirma que foi o primeiro produtor medicinal de canábis no mundo a produzir medicamentos de acordo com as directrizes da União Europeia (UE) para as Boas Práticas de Fabrico (em inglês, Good Manufacturing Practices ou GMP). A empresa está presente também na Austrália.

Segundo a notícia da Radiodifusão holandesa, tudo o que a Bedrocan consegue produzir – cerca de 80 a 100 quilos por semana – destina-se ao Estado Holandês. O Gabinete de Canábis Medicinal é também o único organismo responsável pela importação e exportação de canábis medicinal no país.

Para atender à elevada procura dos produtos e medicamentos à base de canábis e para que entrem novas variedades no mercado, o governo holandês tentou, em 2018, atribuir uma segunda licença, mas esse esforço foi prejudicado por objecções dirigidas ao processo.

O DutchNews avança com a previsão do início do concurso público para a nova licença já no próximo mês. A mesma fonte relatou no passado que cerca de meio milhão de pessoas nos Países Baixos usam canábis para fins medicinais, mas a maioria não tem receita médica.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *