Connect with us

Internacional

Flowr adquire totalidade da Holigen Holdings

Publicado

em

Ouvir este artigo

A Corporação Flowr (FLWR no Canadian Venture Exchange) (FLWPF na OTC Markets) anunciou segunda-feira planos para adquirir totalmente a Holigen Holdings com a compra de 80,2% de participação remanescente da Holigen Holdings Ltd. A Holigen detém a totalidade da empresa portuguesa RPK Biopharma, com actividade em Portugal como um projecto de “Interesse Nacional”.

O produtor licenciado (LP) de Toronto, Flowr Corp emitiu um comunicado onde anuncia a intenção de compra da totalidade das acções da Holigen Holdings Ltd. A Holigen é uma empresa de canábis medicinal com sede na Europa que desenvolve instalações de cultivo em larga escala, com actividade em Portugal, nomeadamente em Sintra e Aljustrel.

“A aquisição completa da Holigen é uma evolução natural da nossa estratégia global de canábis. A combinação do know-how de cultivo e design de instalações da Flowr com a presença global da Holigen, experiência em boas práticas de fabrico e profunda experiência farmacêutica são uma excelente combinação. As oportunidades na Europa e os mercados de canábis medicinal australiano-asiáticos são enormes e a Holigen tem uma escala incomparável para atender essas regiões”, disse o CEO da Flowr Vinay Tolia.

Num anunciou em dezembro de 2018, a Flowr dava conta da aquisição de 19,8% da Holigen. A actividade da Holigen em Portugal é realizada maioritariamente através da subsidiária RPK Biopharma. Esta última aguarda as validações do INFARMED para iniciar a produção em Sintra e Aljustrel, numa produção que totaliza mais de 400 toneladas anuais de canábis. Este projecto foi designado Projecto de Interesse Nacional pelo governo Português, o que garante um tratamento e prioridade especiais por parte das agências governamentais e acesso a financiamento de baixo custo.

Aumentar a escala global

“Ao longo deste ano, trabalhámos em estreita colaboração com a gestão da Holigen para ajudar a desenvolver os seus activos incríveis, nomeadamente em Aljustrel, onde a empresa possui uma instalação de cultivo ao ar livre. Aljustrel, que deverá estar operacional no segundo semestre de 2019 — num projecto com uma capacidade de produção esperada de mais de 500.000 quilos por ano. Esta aquisição posiciona a Flowr para ser bem sucedida com duas estratégias distintas e economicamente sustentáveis, o mercado de flores no Canadá e o mercado, em larga escala, dos extractos médicos a nível mundial”, lê-se no comunidado assinado pelo CEO.

Detalhes da transação

Os detalhes da transacção são conhecidos e segundo o documento publicado pela companhia, a compra da Holigen implicará 32 milhões de acções preferenciais resgatáveis e convertíveis ​​da Flowr, em conjunto com um montante de cerca de 4,27 milhões de euros. A Flowr concordou ainda em pagar um montante agregado de cerca de 1,4 milhões de euros a vários credores da Holigen, condição sujeita ao fecho da transação. O preço de compra ainda será sujeito a uma nova análise baseada nos montantes em caixa da Holigen no dia de fecho da transacção.

Na terça feira as acções da Flowr estavam cotadas em 5.87 dólares americanos

 

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional1 dia atrás

Alemanha: Bundestag votou hoje a favor da legalização da canábis, mas ainda é necessária a aprovação do Conselho Federal

O Bundestag debateu e votou esta tarde o projecto da legalização do uso pessoal de canábis no país, com 407...

Internacional2 dias atrás

Alemanha: Legalização vai ser discutida esta sexta-feira, dia 23

O Bundestag da Alemanha vai finalmente deliberar sobre a legalização da canábis para consumo pessoal no país. O debate, que tem sido...

Cânhamo4 dias atrás

Cultivo de Cânhamo nos Açores vai ter sessão de esclarecimento na Ilha Terceira

A Confraria Internacional Cannabis Portugal e a CannAzores unem esforços para promover uma Sessão de Esclarecimento sobre o Cultivo de...

Saúde1 semana atrás

CBD e CBC mostram resultados promissores no carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço

Um estudo publicado na revista Cancers descobriu que os extractos de canábis ricos em CBD (canabidiol) podem matar células cancerosas da...

Internacional1 semana atrás

Ucrânia: Zelensky assina projecto de lei para legalizar a canábis medicinal

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky assinou um projecto de lei que legaliza a canábis medicinal na Ucrânia, prevendo-se que os...

Nacional2 semanas atrás

Portugal: Associação Mães pela Canábis publica e-book sobre canábis medicinal

A Associação de Mães pela Canábis (AMC) anunciou o lançamento de um e-book intitulado “Fronteiras da Cannabis: CIÊNCIA, TERAPÊUTICA &...

Corporações3 semanas atrás

Akanda assina carta de intenção para vender RPK Biopharma à Somaí. “Será uma das poucas empresas verticais de canábis da UE”, diz Michael Sassano

A Akanda Corporation, uma empresa internacional de canábis medicinal cotada na Nasdaq (AKAN) e que detém a empresa portuguesa Holigen, anunciou...

Cânhamo3 semanas atrás

Portugal: DGAV admite que o CBD é a sua “grande dor de cabeça” e produtores reclamam utilização da planta inteira

A conferência “Cânhamo Industrial – o (Re)nascer da Fileira em Portugal” promovida pela Cânhamor e pela Consulai, que decorreu dia...

Internacional3 semanas atrás

Pensionista espanhol contorna segurança do aeroporto de Lisboa com 21 kg de canábis

Um pensionista espanhol de 63 anos foi detido em Malta, depois de aterrar no aeroporto num voo proveniente de Lisboa,...

Cânhamo4 semanas atrás

Portugal: O futuro do cânhamo industrial discute-se amanhã em Beja

  O auditório EDIA, em Beja, vai receber amanhã, dia 30 de Janeiro, a partir das 14 horas, uma ronda...