Connect with us
Publicidade
Publicidade

Nacional

Laboratório Militar abre pós-graduação em GMP para Canábis Medicinal

Publicado

em

O Laboratório Militar de Produtos Químicos e Farmacêuticos (LMPQF) vai realizar uma pós-graduação em GMP (Good Manufacturing Practices) para a indústria da Canábis Medicinal, em parceria com a Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFUL) e a Associação para o Desenvolvimento do Ensino e Investigação em Microbiologia (ADEIM).

A formação tem início já no próximo mês de Setembro e decorre até 14 de Dezembro de 2019, destinando-se a detentores de grau académico em Ciências Farmacêuticas ou outras áreas das ciências da saúde e ciências da vida. Podem, no entanto, ser admitidos candidatos que não satisfaçam as condições referidas, mas cujo curriculum académico, científico ou profissional demonstre adequada preparação para a frequência da pós-graduação.

As inscrições estão abertas até final de Julho e as vagas são limitadas a 25 participantes.
A carga horária é de 117 horas, divididas em módulos a decorrer entre 20 de Setembro e 14 de Dezembro, no Laboratório Militar, na Avenida Dr. Alfredo Bensaúde, Olivais-Norte, em Lisboa, às Sextas-feiras das 15h00 às 21h00 e aos Sábados das 9h00 às 12h00.

A direcção do programa está a cargo de Rui Loureiro, Professor Universitário na FFUL, especialista em Farmacêutica Industrial e membro do Board European Health Futures Forum (EHFF), com a investigação actual focada nos sistemas de Gestão da Qualidade na Saúde e Gestão de Risco na Saúde.

“Com a Lei 33/2018, de 18 de julho, estabeleceu-se o quadro legal para a utilização de medicamentos, preparações e substâncias à base da planta da canábis para fins medicinais. Desta forma toda a cadeia de produção e desenvolvimento, desde o cultivo da planta à sua preparação e distribuição, deve ser monitorizada e controlada, para garantir que todos os produtos são produzidos de acordo com as boas práticas e requisitos aplicáveis, como a certificação GMP. Este imperativo cria assim novos desafios a todos os intervenientes no circuito farmacêutico e a presente pós-graduação tem como objetivo permitir a actualização prática aos participantes, bem como a projecção de futuros desenvolvimentos no sector da canábis em Portugal”, explicou Rui Loureiro ao CannaReporter.

A pós-graduação contará com os seguintes módulos:

  • Regulamentações comparadas (nacional, comunitárias e extra comunitárias, Diretiva 2001/83/EC, Diretiva 2003/94/EC, …)
  • GMP (Good Manufacturing Practices)
  • GACP (Good Agricultural and Collection Practices)
  • “GxP” aplicáveis
  • Logística Nacional e Internacional
  • Segurança das Tecnologias de Informação e Física
  • Sistemas de Gestão da Função Qualidade
  • Sistemas de Gestão de Risco
  • Instalações, equipamentos, materiais. recursos humanos, processos e fluxos
  • SOP construção gestão e controlo
  • Desafios específicos (microbiológicos, pesticidas, “metais pesados”, segurança, …)
  • Auditorias
  • Farmacovigilância, canábis e derivados
  • Desenvolvimento de medicamentos, preparações, substancias a base de canábis

A propina para frequência da pós-graduação é de 4.225 euros (mais IVA) e o pedido de inscrição deverá ser feito através deste formulário até 31 de Julho de 2019.

As inscrições aceites serão comunicadas entre 19 e 30 de Agosto de 2019.
Mais informações através do e-mail GxPcannabis@gmail.com.

1 Comment
Subscribe
Notify of
1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos
9 meses atrás

Bom dia Canna Reporter.
Antes de publicar estes assunto devem esclarecer com as fontes LMPQF e FFUL do enquadramento a legalidade dos mesmos.

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional14 horas atrás

High Tide e Sanity Group unem forças para a legalização na Alemanha

A High Tide Inc., uma empresa canadiana especializada na distribuição de acessórios para fumadores e produtos ligados ao consumo de...

Internacional19 horas atrás

Suíça iniciou vendas legais de canábis com software de rastreio focado na transparência

Após 6 meses de atraso, a Suíça está pronta a fazer história com a venda legal de canábis no país,...

Internacional19 horas atrás

Argentina cria Agência Regulatória da Indústria do Cânhamo e da Canábis Medicinal

A Argentina deu um passo ousado no sentido de se tornar um actor importante no mercado global da canábis, ao...

Internacional2 dias atrás

Como vão funcionar as associações de canábis em Malta?

A Autoridade para o Uso Responsável de Canábis (ARUC), entidade Maltesa com responsabilidade na regulamentação da indústria legal e recreativa...

Corporações2 dias atrás

Organigram notificada pela Nasdaq por falhar valor mínimo de negociação

A Organigram Holdings Inc. foi notificada pela Nasdaq de que terá até ao próximo mês de Julho para atingir o...

Cânhamo2 dias atrás

EUA: FDA recusa regulamentar CBD devido a preocupações de segurança

A Food and Drug Administration (FDA) rejeitou iniciar o processo de regulamentação do CBD em produtos alimentares, por não considerar...

Internacional3 dias atrás

Hong Kong: Proibição do CBD entra em vigor a 1 de Fevereiro, com multas milionárias e penas de prisão perpétua

Hong Kong vai classificar oficialmente o Canabidiol (CBD) como uma “droga perigosa” já a partir desta quarta-feira, 1 de Fevereiro,  e...

Internacional6 dias atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa7 dias atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações7 dias atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...