Connect with us

Internacional

EUA: Polícia treina cães para ignorar cheiro a canábis

Publicado

em

Ouvir este artigo

Os cães da polícia norte-americana estão a ser treinados para ignorar o cheiro a canábis, no seguimento da legalização da planta em vários dos Estados Unidos da América (EUA), anunciou o site americano Herb.

À medida que os EUA alteram a sua política relativa à canábis, o uso de unidades K-9 (o diminutivo atribuído aos cães-polícia, transcrição fonética de “canine”) para farejar droga está a complicar-se. Muitos cães foram treinados para procurar narcóticos como cocaína e heroína, mas também para farejar drogas leves como canábis. Os K-9, porém, não foram treinados para fazer distinção entre drogas e também não são capazes de distinguir entre componentes legais ou ilegais no que respeita à canábis.

Treinar cães para ignorar canábis é simples, basta excluí-la do treino de narcóticos. Segundo o porta-voz do Departamento da Polícia de Seattle, Sean Whitcomb, também é possível treinar cães da polícia que já se encontram ao serviço, ensinando-os a ignorar a substância. Contudo, a reprogramação do treino pode ser um processo moroso e dispendioso, pois são necessárias mais de 400 horas para treinar cães que farejem drogas.

A cidade de Rifle, no Colorado, recebeu recentemente dois novos cães da polícia, Jax e Makai, que foram pagos através de uma angariação de fundos organizada por um jovem de 12 anos, quando soube que Tulo, o K9 do Departamento da Polícia de Rifle estava a atingir a idade de aposentação, 9 anos. Os novos cães, Jax e Makai estão a ser agora treinados para ignorar o cheiro de canábis, já que a planta é legal no Colorado, tanto para fins medicinais como para fins recreativos.

“Os cães que conseguem cheirar canábis têm levantado dúvidas em tribunal, podendo tornar as coisas mais difíceis”, afirmou o agente da polícia Garret Duncan ao Glenwood Springs Post Independent.

Apesar da descoberta de actividades criminosas com o auxílio de cães da polícia, têm surgido algumas discrepâncias que podem ser contestadas em tribunal. Em Julho do ano passado, três juízes decidiram que um cão que detecta canábis não é o suficiente para justificar uma busca.
_________________________________________________________________________
Imagem de destaque: Benzinga

 

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Licenciada em Jornalismo pela Universidade de Coimbra, Laura Ramos tem uma pós-graduação em Fotografia e é Jornalista desde 1998. Foi correspondente do Jornal de Notícias em Roma, Itália, e Assessora de Imprensa no Gabinete da Ministra da Educação. Tem uma certificação internacional em Permacultura (PDC) e criou o arquivo fotográfico de street-art “O que diz Lisboa?” @saywhatlisbon. Laura é actualmente Editora do CannaReporter e da CannaZine, além de fundadora e directora de programa da PTMC - Portugal Medical Cannabis. Realizou o documentário “Pacientes” e integrou o steering group da primeira Pós-Graduação em GxP’s para Canábis Medicinal em Portugal, em parceria com o Laboratório Militar e a Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Comunicados de Imprensa11 horas atrás

Tilray recebe a primeira nova licença de cultivo de canábis na Alemanha, ao abrigo dos novos regulamentos

Foi concedida uma nova licença de cultivo de canábis às instalações Aphria RX da Tilray na Alemanha, permitindo um aumento...

Comunicados de Imprensa11 horas atrás

Sanity Group garante capital de crescimento adicional no valor total de 17 milhões de euros

O Sanity Group GmbH, uma das principais empresas de canábis da Alemanha, anunciou a conclusão de um investimento do Jupiter...

Internacional16 horas atrás

Rigoroso limite de 0,0001% de THC pode isolar Japão dos mercados internacionais de CBD

A 30 de Maio de 2024, um choque sísmico atingiu a indústria japonesa de CBD. Em resposta à revisão da...

Nacional18 horas atrás

Portugal: Médicos já podem prescrever 8 derivados de canábis – saiba quais

O Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. aprovou na semana passada duas novas ACMs (Autorização...

Internacional4 dias atrás

Tailândia: Activistas suspendem greve de fome para preparar novas formas de protesto: “Estamos confiantes de que a canábis não será reclassificada como narcótico”

O grupo de activistas tailandês que se auto-intitula “Writing Thailand’s Cannabis Future Network”, liderado por Kitty Chopaka, anunciou hoje o...

Internacional5 dias atrás

Alemanha: Médicos de 16 especialidades já podem prescrever canábis sem aprovação dos seguros

O Comité Federal Misto Alemão (Gemeinsamer Bundesausschuss, ou G-BA) anunciou esta semana as excepções aos requisitos de aprovação para a...

Nacional6 dias atrás

Infarmed aprova duas novas ACM’s de preparações à base de canábis

O Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. aprovou duas novas ACMs (Autorização de Colocação no...

Cânhamo6 dias atrás

Leonardo Sousa: “É literalmente a auto-suficiência de um país que está aqui atrás, a quase todos os níveis”

Aos 31 anos, Leonardo Rodrigues Sousa tem-se destacado como um dos mais jovens empreendedores no sector do cânhamo industrial em...

Entrevistas7 dias atrás

Adonis Georgiadis: “A única discussão é sobre o uso farmacêutico. Não há efeito dominó na Grécia”

Encontrámos Adonis Georgiadis, Ministro da Saúde da Grécia, em Londres, na Cannabis Europa, uma das mais antigas conferências sobre canábis...

Cânhamo7 dias atrás

CBD… What the FAQ? — Tudo o que precisa de saber sobre Canabidiol

Está em milhares de produtos. É apresentado como a nova panaceia para quase todas as maleitas e embora pareça que...