Connect with us
Publicidade
Publicidade

internacional

Califórnia arrecada mais de 600 milhões de dólares com a legalização da canábis

Publicado

em

O Estado da Califórnia arrecadou cerca de 635 milhões de dólares de impostos referentes à indústria da canábis recreativa, legalizada através da Proposição 64, em 2016, anunciou a Leafly. A receita da Califórnia aumentou cerca de 35% de 2018 para 2019, contribuindo para mais apoios e melhorias na educação e na saúde.

No ano fiscal de 2019-2020 as receitas tributárias de canábis foram utilizadas para:

  • Programas antidrogas para jovens (60%)
  • Meio ambiente (20%)
  • Subsídios de segurança pública (20%)

No primeiro ano fiscal de 2019-2020, totalizaram-se cerca de 200 milhões de dólares em receitas, estimando-se cerca de 332,8 milhões de dólares para o ano fiscal 2020-2021.

O dinheiro está distribuído da seguinte forma:

  • 140, 8 milhões de dólares para 11.000 crianças com baixos rendimentos em assistência infantil
  • 44,8 milhões de dólares em subsídios de saúde e segurança públicas em cidades que permitem estabelecimentos de cuidados e medicamentos gratuitos a doentes com baixos rendimentos (sendo que os subsídios são apenas para cidades e distritos que permitam a comercialização de canábis)
  • 39,9 milhões de doares para combater o crescimento ilegal e a restauração de áreas selvagens
  • 25,3 milhões de dólares em impostos sobre a canábis destinados a actividades como a remoção de armas, metanfetaminas, herbicidas, contaminantes de rios, etc.
  • 37,5 milhões de dólares para ajudar milhares de jovens em risco
  • 30 milhões de dólares em subsídios comunitários para re-investimento nas assistentes sociais
  • 21, 8 milhões de dólares para estradas mais seguras
  • 57,8 milhões de dólares para licenciar e regular a indústria de canábis
  • 15 milhões de dólares para pesquisas científicas e políticas sobre canábis
  • 100 milhões de dólares em impostos locais para aplicar em novos parques, carros da polícia e ambulâncias na Califórnia.

Colorado segue os passos da Califórnia
O programa de dois anos da Califórnia é maior do que o de seis anos do Colorado, que é outro dos Estados que viu a sua receita aumentar consideravelmente depois da legalização. Segundo o site do canal americano CNBC, o governo do Colorado levou cerca de três anos e meio para atingir 500 milhões de dólares na receita total de vendas de canábis e cerca de dois anos para dobrar a receita. Apesar disto, as vendas de canábis contribuíram para o fundo de reserva geral do estado, além da educação e assistência médica, incluindo serviços de saúde mental e programas de prevenção de drogas para jovens.

De acordo com o site nova iorquino Observer, os investigadores de economia e psicologia da Universidade Politécnica Estatal da Califórnia e da Universidade do Novo México analisaram as vendas de medicamentos para tratamento de distúrbios do sono e concluíram que houve uma redução de 236% após a legalização da canábis no Colorado. O estudo foi publicado no jornal Complementary Therapys in Medicine e, apesar de os cientistas não conseguirem explicar o porquê de a planta ajudar com os distúrbios de sono, a investigação revelou que a regulamentação da canábis contribuiu para diminuir o consumo de medicamentos (prescritos e não prescritos).

O Colorado já gerou mais de 1 milhão de dólares só com receitas provenientes da indústria de canábis.
________________________________________________________________________
Foto de Destaque:  Add Weed on Unsplash

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade

Mais recentes

internacional1 dia atrás

Zimbabwe: Presidente pede 27 milhões de canábis medicinal à Swiss Biocieuticals

O Presidente do Zimbabwe, Emmerson Mnangagwa, comissionou a empresa de canábis medicinal Swiss Biocieuticals a produzir cerca de 27 milhões de...

Opinião5 dias atrás

A canábis pode ajudar a estudar?

No mundo contemporâneo, entrar na Universidade tornou-se sinónimo de “futuro”, ao mesmo tempo que também se podem viver as primeiras experiências...

internacional1 semana atrás

Tailândia: Ministro da Saúde quer oferecer um milhão de plantas de canábis à população

O Ministro da Saúde Pública da Tailândia, Anutin Charnvirakul, surpreendeu, mais uma vez, o mundo, ao anunciar que quer oferecer...

Opinião1 semana atrás

O papel da Enfermagem no cuidado ao paciente submetido a tratamento com canabinóides

Hoje, dia 12 de Maio, assinala-se o Dia Mundial do Enfermeiro. De acordo com o código ético e deontológico de...

Opinião1 semana atrás

Legalização da canábis em Nova York: Equidade social e económica no licenciamento e extinção de condenaçãoCannabis Legalization in New York: Social & Economic Equity Licensing and Conviction Expungement

A aplicação draconiana anti-canábis, perseguida ao longo dos anos nos Estados Unidos, é uma das coisas mais insanas que uma...

Dá-me música!2 semanas atrás

Playlist da Canábis: #2 – Peter Tosh – “Legalize it”

A pedido dos leitores – porque também vos ouvimos – a seguinte entrada na nossa playlist é o hino pró-legalização...

Eventos2 semanas atrás

PTMC – Portugal Medical Cannabis regressa em 2022 a Lisboa e à Madeira

A PTMC – Portugal Medical Cannabis está de volta! Lisboa – 16 e 17 de Junho – Auditório dos Contabilistas...

internacional2 semanas atrás

Alemanha: Ministro da Saúde vai avançar com a legalização do uso adulto de canábis

O Ministro da Saúde alemão, Karl Lauterbach, anunciou ontem novas medidas sobre a assistência médica na Alemanha, onde incluiu a...

Entrevistas2 semanas atrás

Tej Virk tem uma mensagem para o Governo Português: “Legalizem antes da Alemanha!”

Tej Virk, CEO da Akanda Corporation, que recentemente adquiriu a portuguesa Holigen por 26 milhões de euros, ganhou reputação no espaço global...

internacional3 semanas atrás

Depois da Itália, Curaleaf obtém licença para medicamentos à base de extractos de canábis em Malta

A Curaleaf International obteve licença para uma linha de medicamentos à base de extractos de canábis em Malta. A gama de...

Publicidade