Connect with us

Nacional

Infarmed contrata serviços jurídicos para reapreciar projectos de licenciamento

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R.

O Infarmed celebrou no dia 23 de dezembro de 2020 um contrato público com a sociedade de advogados Gouveia Pereira, Costa Freitas & Associados, para prestação de serviços de assessoria jurídica na reapreciação de processos da Direcção de Inspecção e Licenciamentos. O contrato foi publicado no passado dia 21 de Janeiro, no portal Base.gov.pt e tem um valor global de 53 mil e 500 euros. 

O contrato foi adjudicado à Sociedade Gouveia Pereira, Costa Freitas & Associados, seleccionada entre vários concorrentes, entre os quais a ABBC-Azevedo Neves, Benjamim Mendes, Carvalho e Associados, a BAS – Sociedade de Advogados e Eduardo Serra Jorge & Maria José Garcia Sociedade de Advogados, e refere-se a “serviços de assessoria jurídica em diversas áreas do direito, para reapreciação de diversos processos da Direcção de Inspecção e Licenciamento / Unidade de Licenciamento do INFARMED, I.P.”

O período de execução é de 120 dias e o gestor do contrato, em nome do Infarmed, é o Director da Unidade de Licenciamentos, Vasco Bettencourt do Espírito Santo Nunes, que é também advogado e dirige o Gabinete da Canábis para Fins Medicinais do Infarmed. O contrato incumbe à entidade adjudicatária o estrito cumprimento das ordens, directivas ou instruções transmitidas pelos representantes do Infarmed I.P., no exercício do poder de direcção sobre matéria relativa à execução das prestações contratuais

“Pela prestação dos serviços objecto do presente contrato, bem como pelo cumprimento
das demais obrigações constantes do respectivo caderno de encargos, o primeiro
outorgante pagará ao segundo outorgante, nos exercícios económicos de 2020 e 2021, o
preço global máximo de 53.500,00€ (cinquenta e três mil e quinhentos euros), acrescido
de IVA à taxa legal em vigor, atualmente de 23%”, pode ler-se na Cláusula 6ª do contrato.

Nos termos do contrato, a Sociedade Gouveia Pereira, Costa Freitas & Associados tem como obrigações principais:

a)  Prestar os serviços, nos termos da Parte II do Caderno de Encargos;
b)  Inteirar-se de todos os aspetos específicos e dos diversos condicionalismos legais, regulamentares e operacionais referentes à área abrangida pelo objeto do contrato, tendo em vista a sua boa execução competindo-lhe, igualmente, a realização de todos os trabalhos acessórios que forem considerados necessários, nos termos dos requisitos específicos do caderno de encargos;
c)  Garantir todos os meios auxiliares, deslocações, contactos com outras entidades e quaisquer ações de recolha e tratamento de informações que visem a boa execução dos trabalhos.

O Cannareporter perguntou ao Infarmed se a prestação de serviços de assessoria jurídica se aplica também na reapreciação de processos aos licenciamentos na área da canábis.

Hugo Grilo, assessor de Imprensa do Infarmed, respondeu que “a contratação de serviços jurídicos não incide sobre processos relacionados com o licenciamento de atividades ou produtos no âmbito da canábis para fins medicinas. A contratação de serviços jurídicos é prática comum nos diversos serviços da administração pública, conforme poderá ser confirmado pela consulta da base.gov.pt . No caso concreto, a contratação incide sobre a reapreciação de um conjunto de processos complexos, a correr termos em Tribunal, exclusivamente na área das farmácias comunitárias.”

929488

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

+ posts

Sou um dos directores do CannaReporter, que fundei em conjunto com a Laura Ramos. Sou natural da inigualável Ilha da Madeira, onde resido actualmente. Enquanto estive em Lisboa na FCUL a estudar Engenharia Física, envolvi-me no panorama nacional do cânhamo e canábis tendo participado em várias associações, algumas das quais, ainda integro. Acompanho a industria mundial e sobretudo os avanços legislativos relativos às diversas utilizações da canábis.

Posso ser contactado pelo email joao.costa@cannareporter.eu

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Eventos1 semana atrás

CannaTrade regressa a Zurique de 24 a 26 de Maio

A CannaTrade – Feira e Festival Internacional do Cânhamo de Zurique atinge em 2024 a maioridade, celebrando a sua 18ª...

Comunicados de Imprensa1 semana atrás

Grupo SOMAÍ e a sua subsidiária RPK Biopharma ampliam parceria com Cookies para incluir Europa e Reino Unido

LISBOA, PORTUGAL, 16 de maio de 2024 /EINPresswire.com/ — O Grupo SOMAÍ (“SOMAÍ”) e a sua subsidiária, RPK Biopharma expandiram...

Nacional2 semanas atrás

Portugal: Consumo estimado de CBD aumenta, apesar da proibição

O relatório “Cannabis in Portugal”, realizado pela Euromonitor International, divulgou os dados mais recentes sobre a indústria da canábis, os...

Nacional2 semanas atrás

“Canábis. Maldita e Maravilhosa”, de Margarita Cardoso de Meneses, chega às livrarias a 16 de Maio

Margarita Cardoso de Meneses, colaboradora do CannaReporter®, acaba de publicar o livro “Canábis. Maldita e Maravilhosa”, editado pela Oficina do...

Comunicados de Imprensa2 semanas atrás

Montemor-o-Velho: Detido por cultivo de canábis

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Destacamento Territorial de Montemor-o-Velho, hoje, dia 9...

Eventos2 semanas atrás

PTMC – Portugal Medical Cannabis reúne indústria da canábis medicinal a 22 de Maio, em Lisboa

A PTMC – Portugal Medical Cannabis vai reunir os profissionais da indústria da canábis medicinal no próximo dia 22 de...

Corporações2 semanas atrás

EUA: MedMen declara falência com 400 milhões de dólares de dívidas

A gigante norte-americana da canábis MedMen entrou em colapso sob o peso da sua dívida, anunciando na semana passada que...

Notícias3 semanas atrás

Estudo revela que legalização da canábis não aumenta consumo de outras substâncias

Um dos argumentos mais usados contra a legalização da canábis para uso adulto ou recreativo tem sido a ideia de...

Cânhamo3 semanas atrás

Letónia: Hemp School, da Obelisk Farm, é finalista do Prémio EFT Green Skills 2024

A Obelisk Farm continua a ser reconhecida mundo fora pela sua abordagem sui generais à exploração do cânhamo industrial. O projecto familiar, que...

Eventos3 semanas atrás

EUA: CannMed 24 Innovation & Investment Summit regressa a Marco Island, na Florida, de 12 a 15 de Maio

É uma das mais importantes conferências científicas sobre a indústria da canábis medicinal e regressa a Marco Island, na Florida,...