Connect with us
Publicidade
Publicidade

Cânhamo

DGAV deferiu 20 em 60 pedidos para cultivar cânhamo em Portugal. Responsável pela Divisão de Variedades e Sementes substituída

Publicado

em

Agricultores do cânhamo em Portugal
Produtores de Cânhamo em frente à DGAV, Lisboa, 2019 | Foto: Laura Ramos | Cannareporter

A Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) deferiu 20 dos 60 pedidos para cultivar cânhamo industrial em Portugal, sendo que 10 estão ainda em análise. A informação foi avançada hoje pelo Gabinete da Ministra da Agricultura ao Cannareporter, que confirmou ainda que Teresa Pais Coelho, responsável pela Divisão de Variedades e Sementes foi substituída por Conceição Canas Serra Carvalho.

Teresa Pais Coelho foi a responsável pela instrução das notificações e pedidos para as produções nacionais de cânhamo industrial desde 2016 e atravessou as várias etapas de evolução da lei da canábis em Portugal.

Segundo o Gabinete da Ministra, “a Engª. Teresa Coelho decidiu, por vontade própria, iniciar uma nova actividade noutro organismo do Ministério da Agricultura”, tendo sido substituída por Conceição Carvalho, que desde 2012 era Técnica Superior da Divisão de Fitossanidade e Certificação na Direcção dos Serviços de Desenvolvimento Agro-alimentar e Rural.

Quanto aos pedidos de autorização, o Ministério diz que estão a ser “analisados, em linha com o disposto na legislação aplicável. Actualmente, estão 10 processos em avaliação. A DGAV recebeu 60 pedidos, sendo que alguns deles são reformulações de pedidos anteriormente apresentados. Foram, até à data, deferidos 20 pedidos, por se encontrarem completos e cumprirem os requisitos legais”, confirmou o mesmo Gabinete.

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional9 horas atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa1 dia atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações1 dia atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional2 dias atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional2 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional2 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional4 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional4 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional4 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....