Connect with us

Nacional

CannPrisma inaugura instalações de canábis medicinal em Castro Marim

Publicado

em

Ouvir este artigo
João Nascimento no cultivo experimental da CannPrisma em outdoor. Esta plantação serviu apenas para testes e será destruída. Foto: Laura Ramos | Cannareporter

A CannPrisma inaugurou esta segunda-feira a sua unidade de cultivo e processamento de canábis medicinal em Castro Marim, no Algarve. A empresa familiar, 100% portuguesa, prevê um investimento de 30 milhões de euros nos próximos cinco anos e entra oficialmente no mercado internacional de canábis medicinal: 90% da sua produção irá para exportação.

A unidade de cultivo e processamento tem cerca de 10 hectares e três mil metros quadrados de estufas e infraestruturas de suporte com “tecnologia de última geração”. Este ano, a Cannprisma fez a primeira plantação experimental em exterior, para testar diferentes variedades. Toda a produção em outdoor será destruída, pois serviu apenas para pesquisa. O projecto da CannPrisma prevê investir cerca de 30 milhões de euros nos próximos cinco anos, sendo que, até à data, já foram investidos cerca de 15 milhões. Além disso, a empresa prevê criar entre 200 a 300 empregos (tem agora cerca de 50) e uma facturação de cerca de 20 milhões de euros, sendo que cerca de 90% desse valor deverá resultar da exportação.

Uma das estufas da CannPrisma. Foto: Laura Ramos | Cannareporter

A CannPrisma pretende fazer parcerias com diversas entidades institucionais, como universidades, e empresas locais, para fomentar a Investigação e Desenvolvimento (I&D) por quadros altamente qualificados. Para o próximo ano está previsto o cultivo de cerca de 12 mil quilos de flor de canábis. As instalações da empresa cumprem as normas GACP (Good Agricultural and Collection Practices) e encontram-se em testes desde o segundo semestre de 2020, tendo obtido recentemente a licença do Infarmed para cultivar, processar, importar e exportar produtos à base de canábis para fins medicinais.

João Nascimento, CEO da CannPrisma, salientou que “o projecto é fruto de três anos de trabalho e de muita motivação, gerada por um sonho partilhado por toda a equipa. Sem ela, eu não estaria aqui hoje”.

Instalações da CannPrisma no dia da inauguração. Foto: Laura Ramos | Cannareporter

No seu discurso, destacou as fases de crescimento que ambiciona para o futuro da empresa, sendo que com as primeiras instalações concluídas, segue-se a construção da unidade industrial farmacêutica GMP, em Vila Real de Santo António, onde a empresa está sediada, e onde vão produzir e embalar flor seca.

A CannPrisma é uma empresa familiar e a primeira só com capital português a obter a licença do Infarmed. A empresa é composta por quatro sócios – João Nascimento (CEO), os seus pais, Elsa e Paulo Nascimento (Executive Managing Partners) e o farmacêutico Fernando Águas (Director Industrial/QP). O evento de inauguração da passada segunda-feira contou com a presença de várias entidades locais, como o Presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral, o Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, José Apolinário, e vários representantes da Junta de Freguesia, GNR e PSP, entre outros.

*******************************************************************************
Apoie o Cannareporter e o jornalismo independente! Se considera importante o acesso a informação especializada em canábis ou cânhamo em Portugal e no resto do mundo, considere ser um dos nossos patronos. Pode contribuir com a partir de apenas 3€ / mês ou investir em publicidade no nosso site, dando visibilidade à sua marca em mais de 30 países. Veja as contrapartidas em www.patreon.com/cannareporter ou peça mais informações através do e-mail publicidade@cannareporter.eu. Obrigado!

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional12 horas atrás

Conselho de Pacientes do IACM participa pela primeira vez na Comissão de Estupefacientes da ONU

O Conselho de Pacientes da IACM — International Association for Cannabinoid Medicines — vai marcar presença, pela primeira vez, na próxima...

Opinião1 dia atrás

O principal erro da legalização na Alemanha

A primavera alemã vai chegar com novas flores. A Alemanha é o terceiro país da União Europeia a legalizar totalmente a...

Eventos2 dias atrás

Spannabis volta a acolher ICBC Barcelona de 14 a 17 de Março

A International Cannabis Business Conference (ICBC) vai abrir mais uma edição da Spannabis, no próximo dia 14 de Março, com o intuito...

Comunicados de Imprensa3 dias atrás

Porto, Matosinhos, Valongo e Paredes – Oito detidos por tráfico e apreendidas mais de 8000 doses de estupefacientes

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Santo Tirso, entre os dias 20 e...

Nacional4 dias atrás

Portugal: GNR apreende 3 toneladas de haxixe no Rio Guadiana

A Unidade de Controlo Costeiro e de Fronteiras (UCCF) da Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu na passada sexta-feira, dia 23...

Eventos4 dias atrás

Spannabis 2024: Barcelona acolhe a 20ª edição da maior exposição de canábis do mundo, de 15 a 17 de Março

Barcelona prepara-se para acolher a 20.ª edição da Spannabis, a maior feira de canábis do mundo, nos próximos dias 15,...

Internacional1 semana atrás

Alemanha: Bundestag votou hoje a favor da legalização da canábis, mas ainda é necessária a aprovação do Conselho Federal

O Bundestag debateu e votou esta tarde o projecto da legalização do uso pessoal de canábis no país, com 407...

Internacional1 semana atrás

Alemanha: Legalização vai ser discutida esta sexta-feira, dia 23

O Bundestag da Alemanha vai finalmente deliberar sobre a legalização da canábis para consumo pessoal no país. O debate, que tem sido...

Cânhamo1 semana atrás

Cultivo de Cânhamo nos Açores vai ter sessão de esclarecimento na Ilha Terceira

A Confraria Internacional Cannabis Portugal e a CannAzores unem esforços para promover uma Sessão de Esclarecimento sobre o Cultivo de...

Saúde2 semanas atrás

CBD e CBC mostram resultados promissores no carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço

Um estudo publicado na revista Cancers descobriu que os extractos de canábis ricos em CBD (canabidiol) podem matar células cancerosas da...