Connect with us

internacional

Justin Bieber é a mais recente estrela a entrar no negócio da canábis

Laura Ramos

Published

on

Foto: D.R. | Sami Drasin / Billboard

Justin Bieber acaba de entrar no mercado da canábis, através da Palms, uma empresa com sede em Los Angeles, que vende pacotes de cigarros pré-enrolados com canábis nos estados da Califórnia e do Nevada, noticiou a Bloomberg. Justin Bieber tem agora a sua própria marca, “Peaches” (Pêssegos), o nome de uma das músicas do seu último álbum.

“Sou fã da Palms e do que eles estão a fazer ao tornar a canábis acessível e a ajudar a quebrar o estigma, especialmente para as muitas pessoas que a consideram útil para a sua saúde mental”, disse Bieber num comunicado. Um porta-voz recusou-se a revelar os termos financeiros da colaboração. O nome do produto vai de encontro ao refrão da música de Bieber, onde canta “Arranjo os meus pêssegos na Geórgia e a minha erva na Califórnia.”

Bieber, de 27 anos, sempre falou abertamente sobre como as pressões do estrelato durante a infância e a adolescência o levaram a utilizar drogas e de como elas contribuíram para os seus próprios desafios de saúde mental. Numa série de documentários do YouTube, no ano passado, Justin Bieber disse que experimentou canábis quando tinha 12 ou 13 anos e que acabou por se sentir dependente dela, embora tenha referido que nem todas as pessoas têm a mesma experiência.

Há cada vez mais celebridades a entrar na indústria da canábis. Jay-Z criou a sua própria marca, a Monogram, Martha Stewart tem uma linha de gomas de CBD, em parceria com a Canopy Growth e Rosario Dawson e Gwyneth Paltrow estão ambas envolvidas com a fabricante de bebidas THC Cann. O público-alvo de Bieber, no qual se incluem os “millenials” constitui quase 40% do mercado de canábis, de acordo com um relatório de 2020 da HQ Cannabis Brand Affinity Report.

Uma parte das vendas dos seus produtos irá apoiar instituições como o Veterans Walk and Talk, um grupo de veteranos que defende a canábis como medicamento, e o Last Prisoners Project, uma organização sem fins lucrativos que visa libertar pessoas condenadas por posse de canábis.

*******************************************************************************
Apoie o Cannareporter e o jornalismo independente! Se considera importante o acesso a informação especializada em canábis ou cânhamo em Portugal e no resto do mundo, considere ser um dos nossos patronos ou anunciantes. Pode contribuir com a partir de apenas 3€ / mês ou investir em publicidade no nosso site, dando visibilidade à sua marca em mais de 30 países. Veja as contrapartidas em www.patreon.com/cannareporter ou peça mais informações através do e-mail publicidade@cannareporter.eu. Obrigado!

Publicidade

O CannaReporter é um projecto independente e completamente suportado pela comunidade.

Para continuar a desenvolver este projecto e para garantir os recursos para acompanhar a indústria em Portugal, o apoio dos leitores é fundamental.


l

Clique abaixo e torne-se apoiante do CannaReporter!

Torna-te Patreon e contribui para o projecto CannaReporter!
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *