Connect with us
Publicidade
Publicidade

Nacional

Snoop Dogg investe 13 milhões de euros na empresa portuguesa AceCann

Publicado

em

Foto: D.R. | Trace.tv

Snoop Dogg vai investir 15 milhões de dólares (cerca de 13 milhões de euros) na empresa portuguesa de canábis medicinal AceCann, que obteve a pré-licença do Infarmed no ano passado. A AceCann conseguiu o investimento através de uma ronda de investimento liderada pela Casa Verde Capital, uma empresa de capital de risco co-fundada pelo rapper norte-americano.

A AceCann referiu que este investimento será utilizado no desenvolvimento de um centro de produção em Vendas Novas, onde pretende “cultivar, processar e extrair produtos médicos a partir de canábis”. A construção das instalações da AceCann arrancou em Setembro, mas a empresa foi fundada em 2019 e recebeu a pré-licença do Infarmed para cultivo, importação e exportação de canábis medicinal em Junho de 2020, estando actualmente a aguardar a licença definitiva. Com as novas instalações a AceCann conseguirá “gerir de forma precisa a temperatura, humidade e outras variáveis” para garantir que cada planta irá ter os cuidados necessários.

Pedro Gomes, CEO da AceCann – Foto: Laura Ramos | Cannareporter

Em comunicado, Pedro Gomes, CEO da AceCann disse que “queremos criar o gold standard na canábis medicinal – desde o cultivo à comercialização, sendo donos da propriedade intelectual em todos os passos da cadeia de valor. Com o apoio dos nossos investidores, vamos conseguir acelerar a missão para desenvolver produtos consistentes e de elevada qualidade que dão acesso aos pacientes a inovação com capacidade para transformar a vida”. A AceCann aposta na produção de canábis em “métodos de cultivo mais pequenos, escaláveis e indoor.

Yonatan Meyer, partner da Casa Verde, disse que o investimento na empresa portuguesa é feito num momento em que “a legalização está a atravessar a Europa”, prevendo “um rápido e exponencial crescimento da procura por flor de canábis e extractos de elevada qualidade”. O investidor afirmou ainda que “com uma equipa com experiência e técnicas de cultivo e extracção únicas e rede alargada”, a AceCann “poderá tornar-se num fornecedor premium para a indústria em expansão de canábis medicinal na Europa”.

Além deste fundo, a ronda de investimento contou ainda com a presença da portuguesa Lince Capital e dos co-fundadores da Advanced Grow Labs, Chris Mayle e Marc Gare, Frank Cid, CEO da Royal Life Centers e do investidor “angel” Sebastian de la Rosa, da Whistler Medical Marijuana.

Publicidade

Mais recentes

Eventos2 dias atrás

Cannabis Europa: “Estamos num mercado em baixa, mas a canábis europeia é um touro”

Artigo original publicado por Ben Stevens na BusinessCann A CANNABIS Europa abriu as suas portas a mais de 1.200 delegados...

Entrevistas6 dias atrás

Paulo Correia: “Foi com a erva que deixei o álcool e as outras drogas”

Paulo Correia talvez represente aquelas pessoas que não tiveram igualdade de oportunidades na vida, logo desde a infância. O segundo...

Internacional7 dias atrás

Espanha: Congresso dos Deputados aprova lei da canábis medicinal

O Congresso dos Deputados de Espanha aprovou esta semana a regulamentação da canábis medicinal. O relatório que foi a votação na subcomissão...

Eventos1 semana atrás

Cannabis Europa: Mercado do Reino Unido pode crescer mais de 1000 milhões de libras até 2026

Uma análise da Prohibition Partners mostra que o mercado do Reino Unido pode crescer mais de mil milhões de libras...

Eventos2 semanas atrás

Vasco Bettencourt, Director da Unidade de Licenciamentos do Infarmed, preside sessão de abertura da PTMC – Portugal Medical Cannabis

O Director da Unidade de Licenciamentos do INFARMED, Vasco Bettencourt, vai presidir a sessão da abertura da conferência PTMC –...

Internacional3 semanas atrás

EFSA suspende avaliação de pedidos de CBD como “novo alimento”

A avaliação de pedidos de submissão do canabidiol (CBD) enquanto novo alimento na Agência Europeia de Segurança Alimentar (EFSA) está...

Internacional3 semanas atrás

Luxemburgo aprova auto-cultivo de 4 plantas de canábis por residência

O Conselho de Ministros do Luxemburgo aprovou formalmente, na passada sexta feira, alterações legislativas que permitem o consumo de canábis...

Nacional3 semanas atrás

Luís Figo lança a sua marca de produtos de CBD

Já não é notícia que o CBD (canabidiol) ajuda na recuperação de lesões desportivas e que muitos atletas são embaixadores...

Saúde3 semanas atrás

O potencial terapêutico da canábis em patologias do foro oncológico

De acordo com a União Europeia (UE), o cancro é a segunda principal causa de mortalidade nos países da UE,...

Economia3 semanas atrás

Turismo de canábis nos EUA é uma indústria de 17 mil milhões e está apenas a descolar, diz a Forbes

O turismo relacionado com a canábis está prestes a explodir no mundo legalizado, em especial nos Estados Unidos da América...

Publicidade