Connect with us
Publicidade
Publicidade

Cânhamo

Menos tomate, mais cânhamo! Canárias convertem plantações

Publicado

em

Foto: CRYSTALWEED cannabis @ Unsplash

Os produtores de tomate das Ilhas Canárias planeiam converter os cultivos de tomate em cânhamo para fins terapêuticos e científicos  segundo um relatório da Corporación 5, avaliado pelo Conselheiro das Finanças, Román Rodríguez, que também é o vice-presidente do Governo da Região Autónoma das Canárias. Espanha explora, entretanto, a saída legal para a produção comercial daquilo a que chama “cânhamo clínico”.

Mergulhados na pior crise da sua história, depois 130 anos de actividade, os produtores de tomate procuram alternativas para mitigar a destruição de cinco mil empregos e salvar o pouco que resta de um negócio que tem contribuído para a diversidade económica e paisagística das Ilhas Canárias, noticiou a Espiral 21.

O Ministro das Finanças, Román Rodríguez, procura no cânhamo uma alternativa para o sector do tomate

Os produtores de tomate reuniram-se com Román Rodríguez (natural de La Aldea, um centro agrícola por excelência), para coordenar um plano de ajuda à reconversão dos 352 hectares ainda existentes. Em menos de 20 anos, três mil hectares desapareceram por falta de cobertura institucional e política para afastar um concorrente como o Marrocos, cujo acordo, assinado em 1996, lhe permitiu ocupar metade do mercado de inverno europeu. No final da década de 90, as Ilhas Canárias produziam 305 mil toneladas de tomate, mas em 2020 venderam menos de 50 mil toneladas. A contribuição do tomate no sector primário para o PIB regional era de 10% há uma década, agora não chega aos 3%.
Uma das propostas para o futuro envolve a reforma da produção agrícola em plantas de cânhamo para fins médicos e científicos. Precisamente, desde este mês de Outubro de 2021, a Espanha explora um escoamento legal para a canábis. O debate para regulamentar o uso terapêutico e recreativo da canábis chegou ao Congresso dos Deputados e os defensores da medida querem garantir que o acesso aos menores e a qualidade do produto sejam controlados.

Para os produtores de tomate, entretanto, o desafio é estabelecer uma estratégia de conversão com custos condicionados a um plano de ajuda pública. Segundo fontes do Governo das Canárias, consultadas pela Espiral 21, as Ilhas Canárias “oferecem condições meteorológicas que tornariam viável a comercialização da canábis nas áreas científica e médica e nos centros de investigação”.

Em Espanha, 90% da população apoia a legalização da canábis para fins medicinais, de acordo com o CIS. Mais de 70 países já o fizeram. Em Espanha, o Senado recusou-se a aprovar uma lei para promover o consumo de canábis nos clubes, no passado mês de Setembro, contando com os votos contra do PSOE, PP e Vox.

Almería, uma das províncias espanholas com milhares de hectares de frutas e vegetais, já conta com algumas culturas experimentais de cânhamo, a fim de antecipar a eventual legalização e a sua colocação no mercado.

*******************************************************************************

Se considera importante ter acesso a informação especializada em canábis ou cânhamo considere ser um dos nossos patronos. Pode contribuir com a partir de apenas 3€ / mês ou investir em publicidade no site do Cannareporter.eu, dando visibilidade à sua marca em mais de 100 países. Veja as contrapartidas em www.patreon.com/cannareporter ou peça mais informações através do e-mail publicidade@cannareporter.eu. Apoie o jornalismo independente e a informação sobre canábis!

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional8 horas atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa1 dia atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações1 dia atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional1 dia atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional2 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional2 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional4 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional4 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional4 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....