Connect with us
Publicidade
Publicidade

Internacional

USPS proíbe envio de vaporizadores de cânhamo, CBD e canábis pelo correio

Publicado

em

Foto: D.R. | PRNewsfoto/Cantourage

O Serviço Postal dos Estados Unidos da América (USPS) divulgou na última semana a sua decisão final sobre a possibilidade de envio de vaporizadores de canábis recreativa e de CBD de cânhamo, afirmando que os dispositivos não podem ser enviados pelo correio nos EUA.

A agência esclareceu ainda que o cânhamo que contenha até 0,3 por cento de THC é federalmente legal e geralmente pode ser enviado pelo correio, mas apenas “na medida em que não sejam incorporados nem funcionem como um componente de um vaporizador. Como tal, embora as empresas possam geralmente enviar produtos legais derivados do cânhamo, esse é apenas o caso se eles não forem produtos vaporizadores cobertos pela nova lei”, disse a USPS.

Um projecto de lei já tinha sido aprovado pelo Congresso no ano passado, para impedir o envio de dispositivos de vaporização de nicotina pelo correio. No entanto, apesar dos comentários negativos ao documento, a agência veio clarificar que os vaporizadores de canábis se encontram na definição daquilo que a legislação proíbe, segundo o Marijuana Moment. Embora a legislação se refira apenas a limitações de “sistemas eletrónicos de entrega de nicotina”, ela define esse termo como “qualquer dispositivo eletrónico que, por meio de uma solução em aerossol, entregue nicotina, sabor ou qualquer outra substância ao usuário que inalar o dispositivo. (Ênfase adicionada em itálico).”

“Nem é preciso confirmar que a canábis, o cânhamo e seus derivados são substâncias proibidas”, disse a USPS, “na medida em que podem ser entregues a um utilizador por meio de inalação através de uma solução em aerossol. Assim, os vaporizadores e os sistemas de entrega, peças, componentes, líquidos e acessórios relacionados, enquadram-se claramente na Lei de Prevenção de Vendas Online de Cigarros Eletrónicos para Crianças.”

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional8 horas atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa1 dia atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações1 dia atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional1 dia atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional2 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional2 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional4 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional4 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional4 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....