Connect with us
Publicidade
Publicidade

Internacional

Supremo Tribunal da Andaluzia absolve responsáveis de clube de canábis

Publicado

em

Foto: D.R.

O Supremo Tribunal de Justiça da Andaluzia (STJA) absolveu os responsáveis ​​por um clube de canábis que tinham sido condenados a uma pena de três anos e dois meses de prisão e multa de três mil euros por “crime contra a saúde pública e associação ilícita”. Os juízes absolveram o presidente, secretário e tesoureiro da associação ‘Indica Medicinal’, após considerarem que em todos os momentos agiram com a convicção de que a actividade do clube era totalmente legal. 

A sentença, agora anulada pelo STJA, tinha sido proferida pelo Tribunal Provincial de Almería, avançou o Diário de Almeria.

“Os réus realizaram essa actividade por acreditar que era lícita e cumpriam todos os requisitos exigidos para realizá-la”, diz a sentença do STJA, citada pelo Diario de Almería. “Na sua actuação há “um invencível erro de proibição” do art. 14.3 do Código Penal, porque a inscrição dos estatutos neles gerou a “crença de que as atividades que foram recolhidas (…) incluindo a facilitação da canábis aos parceiros, nas condições aí estabelecidas, eram legais”.

A associação Indica Medicinal foi constituída em Almería em 2017 e em Junho de 2018 mudou parcialmente o conselho de administração, da qual passaram a fazer parte os três elementos que estiveram presentes em tribunal. Em Outubro do mesmo ano, a polícia procurou a associação para fazer uma fiscalização que deu origem ao processo judicial. A sentença do Tribunal Provincial que foi anulada tinha proferido uma pena de 14 meses de prisão e 1200 euros de multa por crime contra a saúde pública e 24 meses e 2160 euros por crime de associação ilícita.

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional7 horas atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa1 dia atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações1 dia atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional1 dia atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional2 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional2 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional3 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional4 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional4 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....