Connect with us

Internacional

Alemanha cada vez mais perto de legalizar o uso adulto de canábis

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R. | globalno-aktualno.com

A mais provável próxima aliança do governo da Alemanha está a preparar um acordo para legalizar o uso adulto de canábis, o sinal mais evidente de que o crescimento do mercado europeu legal de canábis, há muito esperado, está a ganhar força, anunciou a BNN Bloomberg. A legalização recreativa na Alemanha pode impulsionar o mercado europeu a movimentar 3,2 mil milhões de euros até 2025, segundo projecções da Prohibition Partners.

Os deputados sociais-democratas, verdes e democratas livres estarão, supostamente, a acertar os pormenores, incluindo as condições sob as quais a venda e o uso recreativo de canábis seriam permitidos e regulamentados na Alemanha, de acordo com pessoas próximas das negociações, que preferiram não ser identificadas, uma vez que estas discussões ainda são privadas. Os políticos fazem parte de negociações mais alargadas sobre a formação de um novo governo, com os três partidos a apontar, no início de Dezembro, para a posse de um novo governo sob o comando do social-democrata Olaf Scholz.

Nenhuma decisão final sobre a canábis foi tomada, ainda, e o resultado pode mudar, mas um acordo sobre a legalização recreativa não seria muito surpreendente na Alemanha. Os prováveis ​​parceiros da aliança têm sido mais abertos à ideia do que os democratas-cristãos de Angela Merkel, que estão no poder desde 2005.

A legalização daria um impulso a um mercado europeu que deve movimentar 3,2 mil milhões de euros até 2025, ao invés dos 403 milhões de euros no final deste ano, segundo o European Cannabis Report da Prohibition Partners. A medida poderia gerar novas receitas fiscais e ser uma bênção para as empresas de canábis medicinal dos EUA e do Canadá, bem como para uma emergente indústria alemã, que inclui empresas como a Cantourage GmbH e a Synbiotic SE.

Muitos produtores de canábis já entraram na Europa através de empresas medicinais e têm-se posicionado para beneficiar de um maior mercado, nomeadamente o recreativo. A Curaleaf Holdings Inc., a maior empresa dos Estados Unidos, comprou, no início deste ano, a Emmac Life Sciences Ltd., posicionando-a para capitalizar no mercado europeu. O CEO da Curaleaf, Boris Jordan, também tem uma participação na startup Algea Care, com sede em Frankfurt.

A Tilray, que tem instalações em Portugal, afirma ter como objectivo a exportação de canábis para a Europa e tem promovido a sua fusão com a empresa americana Aphria. Outras empresas canadianas, como Aurora e a Canopy Growth, também fornecem, actualmente, o mercado medicinal alemão.

A opinião pública dos alemães em relação a uma eventual legalização tem vindo a ser cada vez mais favorável nos últimos anos. Numa pesquisa de final de Outubro, realizada pela Associação Alemã do Cânhamo, 49 por cento dos entrevistados disseram ser a favor da legalização da canábis, com venda em lojas especializadas, como nos EUA e Canadá, em comparação com 46 por cento, que ainda se opõe.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Licenciada em Jornalismo pela Universidade de Coimbra, Laura Ramos tem uma pós-graduação em Fotografia e é Jornalista desde 1998. Foi correspondente do Jornal de Notícias em Roma, Itália, e Assessora de Imprensa no Gabinete da Ministra da Educação. Tem uma certificação internacional em Permacultura (PDC) e criou o arquivo fotográfico de street-art “O que diz Lisboa?” @saywhatlisbon. Laura é actualmente Editora do CannaReporter e da CannaZine, além de fundadora e directora de programa da PTMC - Portugal Medical Cannabis. Realizou o documentário “Pacientes” e integrou o steering group da primeira Pós-Graduação em GxP’s para Canábis Medicinal em Portugal, em parceria com o Laboratório Militar e a Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.

1 Comment
Subscribe
Notify of

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments

[…] não é novidade que o novo governo da Alemanha se prepara para legalizar o uso adulto de canábis, mas a operadora de transportes públicos de Berlim, a BVG (Berliner Verkehrsbetriebe) foi mais […]

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Cânhamo17 horas atrás

Itália: Alteração que queria proibir canábis light foi arquivada

A alteração que o governo de Giorgia Meloni queria fazer na lei da canábis em Itália e que pretendia proibir...

Cânhamo18 horas atrás

A confusão do cânhamo em Portugal: ASAE apreende CBD na Kings Yard, mas deixa flores por serem para “coleccionismo”

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 845 produtos numa loja da Kings Yard, que “apresentavam na sua...

Cânhamo4 dias atrás

Portugal: Estudo revela disparidades alarmantes na rotulagem do CBD, que continua proibido no país

Um estudo recente sobre os produtos de CBD em Portugal revela disparidades alarmantes entre o conteúdo de canabinóides anunciado e...

Internacional4 dias atrás

Espanha: Câmara de Barcelona encerra dezenas de clubes de canábis

A Câmara Municipal de Barcelona deu início a uma forte repressão contra os clubes de canábis da cidade, ordenando o...

Internacional6 dias atrás

Alemanha aprova o primeiro clube social de canábis após a legalização

A Ministra da Agricultura da Baixa Saxónia, Miriam Staudte, anunciou esta segunda-feira que o seu gabinete autorizou o primeiro clube...

Cânhamo1 semana atrás

Tailândia cada vez mais perto de reclassificar a canábis e o cânhamo como substâncias controladas

A Tailândia deu mais um passo decisivo no sentido de voltar a proibir a canábis no país. Na passada sexta-feira,...

Internacional2 semanas atrás

Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT) passa a ser Agência da União Europeia das Drogas (EUDA)

A 2 de Julho de 2024 o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (EMCDDA) passará a ser a Agência...

Eventos3 semanas atrás

ICRS – International Cannabinoid Research Society reúne médicos e investigadores em Salamanca para o 34º Simpósio sobre Canabinoides

Se pensa que a investigação com canábis é algo recente e que inda não há estudos suficientes… pense outra vez! É...

Crónica3 semanas atrás

Terroir 101 – Uma Introdução

Este artigo inicia uma série sobre temas necessários para os que acreditam que esta planta merece ser reverenciada e elevada...

Eventos3 semanas atrás

Editora do CannaReporter®, Laura Ramos, nomeada “Jornalista do Ano” nos prémios Business of Cannabis

A indústria da canábis está prestes a reunir-se em Londres para dois dias de Cannabis Europa e uma noite de...