Connect with us
Publicidade
Publicidade

Nacional

Medicane vai fornecer flores de canábis à Alemanha através da Cantourage

Publicado

em

Foto: D.R. | PRNewsfoto/Cantourage

A Medicane – MHI Cultivo Medicinal SA, que tem a sua unidade de produção de canábis medicinal em Campo Maior, no Alentejo, fez uma parceria estratégica com a Cantourage, para fornecer as farmácias alemãs com uma nova marca de flores secas de canábis, de grau medicinal, chamada Relecan. Em declarações ao Cannareporter, Vera Broder, CEO da MHI, disse que a empresa está a preparar o pedido de ACM – Autorização de Colocação no Mercado – para submeter ao Infarmed, de forma a poder fornecer também o mercado português. 

O produto Relecan, de origem portuguesa, pode ser prescrito a pacientes que sofram de dor crónica, convulsões e várias outras doenças, e já se encontra disponível nas farmácias de toda a Alemanha. A MHI está a operar em Portugal desde 2019 e foi designada “Projecto de Interesse Nacional” (PIN) pelo governo português em Março de 2021, em reconhecimento do seu papel fundamental no fornecimento de produtos de canábis medicinal a pacientes na Europa.

A Cantourage vai fabricar a Relecan, uma nova marca de flores secas de canábis medicinal, produzidas em Portugal pela Medicane, e que estarão disponíveis para venda na Alemanha, mediante prescrição médica. A empresa alemã referiu, em comunicado de Imprensa, que “a qualidade do produto de flores secas Relecan é única graças à tecnologia de radiofrequência Canna-Wave, que elimina a necessidade de pesticidas químicos normalmente usados”. A MHI cultiva as flores nas suas estufas do Alto Alentejo, perto de Campo Maior e o processo utilizado pela Cantourage reduz a carga microbiológica do produto, que evita a radiação ionizante usada pela maioria das outras empresas de canábis, na mesma linha tecnológica da MediCane no cultivo.

As flores Relecan são cultivadas por agrónomos especialistas da MHI, baseados nas técnicas de cultivo de canábis desenvolvidas ao longo de mais de uma década pelos especialistas da MediCane em Israel. O país é um dos mais avançados na investigação com canábis medicinal, com cientistas israelitas a realizar pesquisas sobre as aplicações médicas da canábis há mais de cinco décadas.

Philip Schetter, Co-CEO da Cantourage, referiu que “a nova parceria com MHI Cultivo Medicinal e o lançamento de Relecan na Alemanha representam um marco significativo para o avanço da canábis medicinal na Europa. As importações recorde de produtos de flores secas para a Alemanha no ano passado mostram a real procura para este segmento. A Cantourage está motivada para atender a esta necessidade crescente com um produto de alta qualidade e em parceria com um cultivador tão inovador, tecnologica e ambientalmente consciente”.

Já Vera Broder, CEO da MHI Cultivo Medicinal, disse que “os pacientes alemães merecem canábis medicinal de alta qualidade, cultivada na Europa e ambientalmente sustentável, e temos o prazer de apresentar nossos produtos às farmácias alemãs juntamente com a Cantourage.”

Em comunicado de Imprensa, a Cantourage salientou ainda que o novo produto, Relecan, é “particularmente de alta qualidade e distinto por três razões: as condições climáticas em Portugal são consideradas as mais favoráveis ​​da Europa em termos de temperatura e níveis de humidade, ao longo das quatro estações; as flores são protegidas durante o cultivo, usando a tecnologia Canna-Wave, de radiofrequência, que foi integrada na prática de controle de pragas da canábis; a Cantourage garante que trata o produto com seu processo exclusivo de redução microbiológica, que permite minimizar a carga microbiológica sem o uso de irradiação, melhorando a qualidade do produto sem a necessidade de etapas regulatórias adicionais, o que acelera ainda mais o cronograma de produção e entrega”.

O acordo da Cantourage com a MHI Cultivo Medicinal prevê a adesão da empresa à plataforma de acesso rápido da Cantourage. A plataforma foi lançada em Junho de 2021 para permitir que os cultivadores de canábis medicinal em todo o mundo entrassem nesses mercados de forma rápida e compatível. A Cantourage assinou contratos com 15 empresas em todo o mundo e a MHI é o terceiro parceiro a lançar com sucesso os seus produtos, que já estão disponíveis nas farmácias alemãs desde a semana passada.

Publicidade

Mais recentes

internacional2 dias atrás

Zimbabwe: Presidente pede 27 milhões de canábis medicinal à Swiss Biocieuticals

O Presidente do Zimbabwe, Emmerson Mnangagwa, comissionou a empresa de canábis medicinal Swiss Biocieuticals a produzir cerca de 27 milhões de...

Opinião7 dias atrás

A canábis pode ajudar a estudar?

No mundo contemporâneo, entrar na Universidade tornou-se sinónimo de “futuro”, ao mesmo tempo que também se podem viver as primeiras experiências...

internacional1 semana atrás

Tailândia: Ministro da Saúde quer oferecer um milhão de plantas de canábis à população

O Ministro da Saúde Pública da Tailândia, Anutin Charnvirakul, surpreendeu, mais uma vez, o mundo, ao anunciar que quer oferecer...

Opinião1 semana atrás

O papel da Enfermagem no cuidado ao paciente submetido a tratamento com canabinóides

Hoje, dia 12 de Maio, assinala-se o Dia Mundial do Enfermeiro. De acordo com o código ético e deontológico de...

Opinião2 semanas atrás

Legalização da canábis em Nova York: Equidade social e económica no licenciamento e extinção de condenaçãoCannabis Legalization in New York: Social & Economic Equity Licensing and Conviction Expungement

A aplicação draconiana anti-canábis, perseguida ao longo dos anos nos Estados Unidos, é uma das coisas mais insanas que uma...

Dá-me música!2 semanas atrás

Playlist da Canábis: #2 – Peter Tosh – “Legalize it”

A pedido dos leitores – porque também vos ouvimos – a seguinte entrada na nossa playlist é o hino pró-legalização...

Eventos2 semanas atrás

PTMC – Portugal Medical Cannabis regressa em 2022 a Lisboa e à Madeira

A PTMC – Portugal Medical Cannabis está de volta! Lisboa – 16 e 17 de Junho – Auditório dos Contabilistas...

internacional2 semanas atrás

Alemanha: Ministro da Saúde vai avançar com a legalização do uso adulto de canábis

O Ministro da Saúde alemão, Karl Lauterbach, anunciou ontem novas medidas sobre a assistência médica na Alemanha, onde incluiu a...

Entrevistas3 semanas atrás

Tej Virk tem uma mensagem para o Governo Português: “Legalizem antes da Alemanha!”

Tej Virk, CEO da Akanda Corporation, que recentemente adquiriu a portuguesa Holigen por 26 milhões de euros, ganhou reputação no espaço global...

internacional3 semanas atrás

Depois da Itália, Curaleaf obtém licença para medicamentos à base de extractos de canábis em Malta

A Curaleaf International obteve licença para uma linha de medicamentos à base de extractos de canábis em Malta. A gama de...

Publicidade