Connect with us

Nacional

Medicane vai fornecer flores de canábis à Alemanha através da Cantourage

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R. | PRNewsfoto/Cantourage

A Medicane – MHI Cultivo Medicinal SA, que tem a sua unidade de produção de canábis medicinal em Campo Maior, no Alentejo, fez uma parceria estratégica com a Cantourage, para fornecer as farmácias alemãs com uma nova marca de flores secas de canábis, de grau medicinal, chamada Relecan. Em declarações ao Cannareporter, Vera Broder, CEO da MHI, disse que a empresa está a preparar o pedido de ACM – Autorização de Colocação no Mercado – para submeter ao Infarmed, de forma a poder fornecer também o mercado português. 

O produto Relecan, de origem portuguesa, pode ser prescrito a pacientes que sofram de dor crónica, convulsões e várias outras doenças, e já se encontra disponível nas farmácias de toda a Alemanha. A MHI está a operar em Portugal desde 2019 e foi designada “Projecto de Interesse Nacional” (PIN) pelo governo português em Março de 2021, em reconhecimento do seu papel fundamental no fornecimento de produtos de canábis medicinal a pacientes na Europa.

A Cantourage vai fabricar a Relecan, uma nova marca de flores secas de canábis medicinal, produzidas em Portugal pela Medicane, e que estarão disponíveis para venda na Alemanha, mediante prescrição médica. A empresa alemã referiu, em comunicado de Imprensa, que “a qualidade do produto de flores secas Relecan é única graças à tecnologia de radiofrequência Canna-Wave, que elimina a necessidade de pesticidas químicos normalmente usados”. A MHI cultiva as flores nas suas estufas do Alto Alentejo, perto de Campo Maior e o processo utilizado pela Cantourage reduz a carga microbiológica do produto, que evita a radiação ionizante usada pela maioria das outras empresas de canábis, na mesma linha tecnológica da MediCane no cultivo.

As flores Relecan são cultivadas por agrónomos especialistas da MHI, baseados nas técnicas de cultivo de canábis desenvolvidas ao longo de mais de uma década pelos especialistas da MediCane em Israel. O país é um dos mais avançados na investigação com canábis medicinal, com cientistas israelitas a realizar pesquisas sobre as aplicações médicas da canábis há mais de cinco décadas.

Philip Schetter, Co-CEO da Cantourage, referiu que “a nova parceria com MHI Cultivo Medicinal e o lançamento de Relecan na Alemanha representam um marco significativo para o avanço da canábis medicinal na Europa. As importações recorde de produtos de flores secas para a Alemanha no ano passado mostram a real procura para este segmento. A Cantourage está motivada para atender a esta necessidade crescente com um produto de alta qualidade e em parceria com um cultivador tão inovador, tecnologica e ambientalmente consciente”.

Já Vera Broder, CEO da MHI Cultivo Medicinal, disse que “os pacientes alemães merecem canábis medicinal de alta qualidade, cultivada na Europa e ambientalmente sustentável, e temos o prazer de apresentar nossos produtos às farmácias alemãs juntamente com a Cantourage.”

Em comunicado de Imprensa, a Cantourage salientou ainda que o novo produto, Relecan, é “particularmente de alta qualidade e distinto por três razões: as condições climáticas em Portugal são consideradas as mais favoráveis ​​da Europa em termos de temperatura e níveis de humidade, ao longo das quatro estações; as flores são protegidas durante o cultivo, usando a tecnologia Canna-Wave, de radiofrequência, que foi integrada na prática de controle de pragas da canábis; a Cantourage garante que trata o produto com seu processo exclusivo de redução microbiológica, que permite minimizar a carga microbiológica sem o uso de irradiação, melhorando a qualidade do produto sem a necessidade de etapas regulatórias adicionais, o que acelera ainda mais o cronograma de produção e entrega”.

O acordo da Cantourage com a MHI Cultivo Medicinal prevê a adesão da empresa à plataforma de acesso rápido da Cantourage. A plataforma foi lançada em Junho de 2021 para permitir que os cultivadores de canábis medicinal em todo o mundo entrassem nesses mercados de forma rápida e compatível. A Cantourage assinou contratos com 15 empresas em todo o mundo e a MHI é o terceiro parceiro a lançar com sucesso os seus produtos, que já estão disponíveis nas farmácias alemãs desde a semana passada.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Licenciada em Jornalismo pela Universidade de Coimbra, Laura Ramos é Jornalista desde 1998, tendo desempenhado funções de redactora e repórter em vários meios de comunicação (RTP, Euronotícias, BiT, A Capital, Sábado, JN). Foi correspondente do Jornal de Notícias em Roma, Itália, em 2004/2005, altura em que fez uma pós-graduação em Fotografia Profissional no Istituto Europeo di Design de Roma. De 2006 a 2009 foi Assessora de Imprensa no Gabinete da Ministra da Educação e criou o arquivo fotográfico de street-art “O que diz Lisboa?”. Co-fundadora do jornal A Folha — Cultura Canábica para Adultos (2008) e da CannaPress (2017), Laura Ramos é actualmente Editora do CannaReporter e da Cannadouro Magazine, tendo realizado o documentário “Pacientes”, sobre os utilizadores de canábis medicinal em Portugal. Fundadora e directora de programa das conferências internacionais de cannabis medicinal PTMC - Portugal Medical Cannabis (2018), Laura integrou ainda a equipa de organização da primeira Pós-Graduação em GMP’s para Canábis Medicinal (2019), em parceria com o Laboratório Militar de Produtos Químicos e Farmacêuticos e a Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Comunicados de Imprensa20 horas atrás

Cannabis Europa recebe líderes europeus e norte-americanos em Londres para capitalizar o mercado europeu da canábis

A indústria norte-americana de canábis está a criar um movimento significativo através do Atlântico, à medida que os líderes deste...

Internacional5 dias atrás

Polícia alemã esclarece que não sugeriu consumo de canábis (em vez de álcool) aos adeptos ingleses do Euro 2024

A polícia de Gelsenkirchen, na Alemanha, foi citada numa notícia onde afirmou que as atenções estariam mais centradas nos adeptos...

Eventos5 dias atrás

Substâncias sintéticas ameaçam enorme sucesso da Mary Jane Berlin

Era expectável que esta edição da Mary Jane Berlin fosse a maior concentração de sempre da comunidade da canábis na...

Nacional7 dias atrás

ICAD promove inquérito europeu sobre consumo de drogas em Portugal

O Instituto para os Comportamentos Aditivos e as Dependências (ICAD) iniciou a 4ª edição do European Web Survey on Drugs...

Eventos1 semana atrás

Maren Krings, autora do livro “H is for Hemp”, apresenta documentário sobre a Ucrânia hoje, em Lisboa

Maren Krings, fotojornalista e autora do livro “H is for Hemp” está hoje em Lisboa para apresentar o seu novo...

Internacional1 semana atrás

EUA: Pediatra Bonni Goldstein lança petição contra a proibição de medicamentos de CBD natural na Califórnia

A pediatra norte-americana Bonni Goldstein está a alertar para a tentativa de proibição de medicamentos derivados de CBD natural na...

Internacional1 semana atrás

Europa tem quase 23 milhões de utilizadores de canábis, a mais consumida de todas as substâncias ilícitas

A canábis continua a ser, de longe, a substância ilícita mais consumida na Europa. Estas são as conclusões do “Relatório...

Eventos2 semanas atrás

Mary Jane celebra a cultura da canábis legal pela primeira vez na Alemanha

É já no próximo fim-de-semana, de 14  16 de Junho, que se realiza a já habitual Mary Jane, na Messe...

Eventos2 semanas atrás

CB Club reúne profissionais da canábis antecipando a Mary Jane, em Berlim

A antecipar a CB Expo (Cannabis Business Expo and Conference), que acontecerá em Dortmund, em Setembro, a CB Company vai...

Reportagem2 semanas atrás

África do Sul: a legalização de uma indústria que já prospera

Nas semanas que antecederam as eleições para Assembleia Geral na África do Sul, na passada quarta-feira, 29 de Maio, havia...