Connect with us

Cânhamo

CBDA e CBGA do cânhamo bloqueiam a entrada celular de SARS-CoV-2 e outras variantes

Publicado

em

Ouvir este artigo
O investigador Richard van Breemen. Foto: D.R. Oregon State University

O CBDA (ácido canabidiólico) e o CBGA (ácido canabigerólico), dois canabinóides presentes nas flores de cânhamo industrial, bloqueiam a entrada celular de SARS-CoV-2 e as variantes emergentes, revela um estudo da Universidade do Estado de Oregon, nos Estados Unidos da América (EUA), liderado pelo investigador Richard van Breemen. Os resultados desta investigação pré-clínica (apenas feita em laboratório e não com humanos) foram publicados esta semana na PubMed e na ACS – Chemistry for Life e confirmam que os dois canabinóides na forma ácida (encontrados nas flores cruas da planta) se ligam à proteína Spike, impedindo o vírus da Covid penetrar nas células. 

A notícia está a chegar aos meios de comunicação mainstream, como a Forbes ou o Público, e relata os benefícios dos canabinóides na doença provocada pelo SARS-CoV-2, já avançados numa investigação realizada pelo Cannareporter há precisamente um ano, em Janeiro de 2021.

A equipa de investigadores liderada por van Breemen, professor doutorado e investigador principal da Faculdade de Farmácia e do Centro Global de Inovação do Cânhamo da Universidade, descobriu que o CBDA e o CBGA, dois componentes do cânhamo, uma das variedades da cannabis sativa com baixo teor de THC (tetrahidrocanabinol),  conseguem ligar-se aos “picos” presentes na proteína spike do SARS-CoV-2, impedindo que o vírus penetre nas células.

De acordo com Richard van Breemen, “estes canabinóides ácidos são abundantes no cânhamo e em muitos extractos de cânhamo”, explicou o professor no comunicado da Universidade, que divulgou o seu extenso trabalho. Van Breemen salientou ainda que estes canabinóides “podem ser ingeridos oralmente” e “têm um bom perfil de segurança” nos seres humanos. “Isto significa que substâncias que inibam a entrada do vírus nas células, como os ácidos do cânhamo, poderão ser utilizados para prevenir uma infecção por SARS-CoV-2”, explica o investigador.

Cânhamo também é eficaz noutras variantes, como a Alfa e a Beta
Além destes resultados, as componentes do cânhamo também se revelaram eficazes contra outras variantes do coronavírus. “A nossa investigação mostrou que os componentes do cânhamo foram igualmente eficazes contra as variantes do SARS-CoV-2, incluindo a variante B.1.1.7, que foi detectada pela primeira vez no Reino Unido, e a variante B.1.351, detectada pela primeira vez na África do Sul”, avançou Van Breemen, citando as duas variantes, a Alfa e a Beta, respectivamente.

O Cannareporter enviou questões ao investigador Richard van Breemen e publicará uma entrevista com o investigador logo que obtenha as respostas.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

+ posts
Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional19 horas atrás

Polícia alemã esclarece que não sugeriu consumo de canábis (em vez de álcool) aos adeptos ingleses do Euro 2024

A polícia de Gelsenkirchen, na Alemanha, foi citada numa notícia onde afirmou que as atenções estariam mais centradas nos adeptos...

Eventos1 dia atrás

Substâncias sintéticas ameaçam enorme sucesso da Mary Jane Berlin

Era expectável que esta edição da Mary Jane Berlin fosse a maior concentração de sempre da comunidade da canábis na...

Nacional3 dias atrás

ICAD promove inquérito europeu sobre consumo de drogas em Portugal

O Instituto para os Comportamentos Aditivos e as Dependências (ICAD) iniciou a 4ª edição do European Web Survey on Drugs...

Eventos4 dias atrás

Maren Krings, autora do livro “H is for Hemp”, apresenta documentário sobre a Ucrânia hoje, em Lisboa

Maren Krings, fotojornalista e autora do livro “H is for Hemp” está hoje em Lisboa para apresentar o seu novo...

Internacional6 dias atrás

EUA: Pediatra Bonni Goldstein lança petição contra a proibição de medicamentos de CBD natural na Califórnia

A pediatra norte-americana Bonni Goldstein está a alertar para a tentativa de proibição de medicamentos derivados de CBD natural na...

Internacional6 dias atrás

Europa tem quase 23 milhões de utilizadores de canábis, a mais consumida de todas as substâncias ilícitas

A canábis continua a ser, de longe, a substância ilícita mais consumida na Europa. Estas são as conclusões do “Relatório...

Eventos7 dias atrás

Mary Jane celebra a cultura da canábis legal pela primeira vez na Alemanha

É já no próximo fim-de-semana, de 14  16 de Junho, que se realiza a já habitual Mary Jane, na Messe...

Eventos2 semanas atrás

CB Club reúne profissionais da canábis antecipando a Mary Jane, em Berlim

A antecipar a CB Expo (Cannabis Business Expo and Conference), que acontecerá em Dortmund, em Setembro, a CB Company vai...

Reportagem2 semanas atrás

África do Sul: a legalização de uma indústria que já prospera

Nas semanas que antecederam as eleições para Assembleia Geral na África do Sul, na passada quarta-feira, 29 de Maio, havia...

Entrevistas2 semanas atrás

Rui Reininho: “Eu acho esquisitíssimo andarem os meus colegas da GNR a meter o nariz nas propriedades das pessoas a ver o que é que esta planta faz”

Rui Reininho, músico português que ficou famoso enquanto vocalista dos GNR, dispensa apresentações. Ao contrário do que muitos pensam, não fundou...