Connect with us
Publicidade
Publicidade

Nacional

Medicane obtém licença GMP do Infarmed em Campo Maior

Publicado

em

Foto: D.R. | Rádio Campo Maior

A MediCane Health Inc. anunciou esta semana que a sua subsidiária portuguesa MHI Cultivo Medicinal recebeu a certificação GMP do Infarmed para produzir canábis para fins medicinais e de investigação. A MediCane é a terceira empresa de canábis em Portugal a obter a certificação EU-GMP, depois da Holigen e da Tilray. A MHI foi reconhecida como PIN – Projecto de Interesse Nacional pelo governo português.

A Medicane disse ainda que esta certificação da União Europeia (EU-GMP – Good Manufacturing Practices ou Boas Práticas de Fabrico) fornece à empresa a capacidade de “fabricar e exportar preparações, extractos e substâncias à base de canábis para uso médico e de pesquisa em jurisdições permitidas em toda a União Europeia, tornando-a bem posicionada para ser um centro de exportação de canábis para a Europa”.

Vera Broder (4ª a contar da esq.) CEO da Medicane, com alguns visitantes à unidade de produção da MHI. Foto: Rádio Campo Maior

“A jornada para construir uma instalação de cultivo e fabrico de última geração em padrões exigentes da UE e obter a certificação EU-GMP é desafiante, mas muito gratificante”, disse Vera Broder, CEO da MHI Cultivo Medicinal. “Temos o privilégio de sermos reconhecidos como Projecto de Interesse Nacional pelo governo português e agradecemos o apoio contínuo da cidade de Campo Maior e do Infarmed ao longo de todo o processo. A MediCane está empenhada em contribuir para o apoio à economia portuguesa, proporcionando emprego à mão de obra nacional, contratando profissionais qualificados e especializados e melhorando a economia do país. Também vamos iniciar o registo local dos nossos produtos para poder disponibilizá-los aos pacientes portugueses”, garantiu Vera Broder.

“Como uma empresa farmacêutica, a certificação EU-GMP consolida a estratégia da MediCane de preencher a lacuna entre a indústria farmacêutica e a canábis”, disse Yoav Nir, CEO da MediCane Agro. “Exportamos cannabis medicinal GACP para a Alemanha desde Agosto de 2021 e agora pretendemos exportar os nossos primeiros produtos EU-GMP para clientes europeus durante o segundo trimestre deste ano.”

Além do seu próprio cultivo orgânico, proveniente das estufas portuguesas, “a MediCane está em processo de parceria com outros players do sector na União Europeia, América do Norte e Israel para fornecer serviços de fabrico por contrato e converter a sua canábis em produtos EU-GMP”. A empresa “alavancará a sua crescente rede de distribuição e parceiros farmacêuticos na Alemanha, Portugal, Espanha, Polónia e Austrália para aumentar o fornecimento de alta qualidade, consistente e confiável aos pacientes necessitados”, salienta o comunicado.

A MediCane Health Inc. é uma empresa farmacêutica internacional, envolvida em pesquisa e desenvolvimento, cultivo, produção e comercialização de medicamentos à base de canábis, sendo actualmente uma das cerca de 24 fabricantes de canábis aprovados no mundo.

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional9 horas atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa1 dia atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações1 dia atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional1 dia atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional2 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional2 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional4 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional4 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional4 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....