Connect with us
Publicidade
Publicidade

Nacional

Infarmed licenciou 18 empresas de canábis medicinal, mas aguarda pedido de vistoria de mais 80

Publicado

em

As 18 empresas licenciadas em Portugal, de acordo com as moradas fiscais (e não locais de produção). Infografia: João Xabregas | Cannareporter.eu

O Infarmed confirmou hoje ao Cannareporter que já recebeu 97 pedidos de licenciamento para as actividades de cultivo, fabrico, importação e exportação de canábis para fins medicinais, tendo já licenciado 18 empresas. No entanto, a Autoridade Nacional do Medicamento encontra-se a aguardar o pedido de vistoria às instalações de mais 80, estando ainda a analisar mais sete, o que pode fazer subir o número de empresas licenciadas em Portugal para mais de 100.

Apesar do elevado número de empresas a tentar obter uma licença do Infarmed, existem apenas dois pedidos de ACM (Autorização de Colocação no Mercado) de preparações e substâncias à base da planta da canábis em Portugal.

Em resposta às questões do Cannareporter, via e-mail, o Infarmed, diz que “relativamente aos pedidos de licenciamento para as actividades de cultivo, fabrico, importação e exportação da planta da canábis, informamos que na totalidade, para o território nacional foram recepcionados 97 pedidos, dos quais:
– 7 pedidos encontram-se em análise;
– 10 pedidos o INFARMED encontra-se a aguardar resposta a pedidos de elementos por parte das entidades requerentes;
– 80 pedidos o INFARMED encontra-se a aguardar o pedido de vistoria às instalações por parte das entidades requerentes”.

Isto significa que pelo menos 80 empresas já receberam uma pré-licença do Infarmed e estão agora na fase de construção das suas unidades de fabrico.

Há apenas dois pedidos de ACM a decorrer no Infarmed
As empresas já licenciadas em Portugal têm optado, quase exclusivamente, pela exportação. Segundo o Infarmed “actualmente encontram-se em curso 2 (dois) pedidos de autorização de colocação no mercado (ACM) de preparações e substâncias à base da planta da canábis, um relativo a flor seca para inalação por vaporização e outro relativo a uma solução oral. Ambos os pedidos aguardam respostas por parte das entidades requerentes”, esclarece, não especificando se são de CBD, THC ou ambos.

Actualmente, apenas uma empresa (a Tilray) obteve uma ACM do Infarmed para um derivado da canábis, nomeadamente flor seca com 18% de THC. O Sativex (da GW Pharmaceuticals) já se encontrava disponível em Portugal desde 2012.

2 Comments
Subscribe
Notify of
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

[…] Portuguese health and medicines regulatory body Infarmed has received 97 licensing requests for the activities of growing, manufacturing, importing and exporting cannabis for medicinal purposes, having already licensed 18 companies,  reports CannaReporter. […]

[…] Portuguese health and medicines regulatory body Infarmed has received 97 licensing requests for the activities of growing, manufacturing, importing and exporting cannabis for medicinal purposes, having already licensed 18 companies,  reports CannaReporter. […]

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional7 horas atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa1 dia atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações1 dia atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional1 dia atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional2 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional2 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional3 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional4 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional4 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....