Connect with us

Cânhamo

Polónia: Supremo Tribunal decide que flores e folhas do cânhamo são legais

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R. | Sensi Seeds

O Supremo Tribunal Administrativo da Polónia decidiu esta semana que os produtos não processados de flores e folhas da planta de cânhamo são legais, contrariando as decisões da Inspecção Geral Sanitária (IGS), a equivalente polaca do Infarmed, anunciou o Hemp Today.

A autoridade de saúde polaca tinha proibido as cápsulas de plantas de cânhamo introduzidas no mercado pela Kombinat Konopny, em 2019, mas o juiz do Supremo Tribunal decidiu precisamente o oposto, abrindo mais uma brecha para o que pode representar o mercado das flores de cânhamo na Europa.

Em declarações à Hemp Today, Maciej Kowalski, CEO da Kombinat Konopny disse que “este é provavelmente o primeiro caso na Polónia – ou na Europa – em que o tribunal não se limitou a reescrever descuidadamente a posição das autoridades, mas familiarizou-se com o caso de maneira prática. Os funcionários que deliberadamente abusaram, ocultaram e deturparam a realidade serão agora responsabilizados pessoalmente”, referiu.

Embora ressalvando que os extractos à base de flores, como o CBD (canabidiol), se enquadram nas regras de segurança alimentar da União Europeia, o tribunal disse que a interpretação dessas regras pelo IGS era falaciosa, nomeadamente no que respeita às flores das plantas no seu estado bruto, e apontou o dedo à autoridade de saúde por erros processuais grosseiros na sanção à Kombinat Konopny.

Na decisão do tribunal, citada pelo Hemp Today, lê-se que “a IGS, primeiro, interpretou mal as disposições do Regulamento de Novos Alimentos. . . e, em seguida, realizou procedimentos probatórios incompletos e minimizados, ignorando as provas documentais apresentadas pelo requerente, bem como as provas produzidas pela própria autoridade e de seu conhecimento de ofício. Foi decidido que os alimentos que contêm partes da planta de cânhamo não estão sujeitos à regulamentação. . . em novos alimentos”, disse o tribunal sobre a lei de 1997.

Beata Plutowska, especialista em química de alimentos, esposa de Kowalski e sócia no negócio, reuniu documentação histórica de flores de cânhamo usadas como alimento na Europa antes de 1997, que lhe serviram como argumentação no caso de Kombinat Konopny.

“As provas indubitáveis ​​apresentadas pela parte no âmbito do processo em questão indicavam o histórico de consumo de erva de cânhamo, tanto como alimento quanto como complemento de uma dieta normal”, concluiu o tribunal superior.

Além de não cumprir o Novel Food Regulation, o tribunal considerou que a IGS violou o procedimento administrativo “ao conduzir processos de provas incompletas sem qualquer avaliação das provas colectadas” e ao “nomear um parecer inadequado de um órgão consultivo – resultando na determinação de que o pó da erva Cannabis sativa L. é um novo alimento.”

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Eventos4 dias atrás

ICBC Berlim volta a brilhar. É o início de uma nova era para a indústria da canábis na Alemanha

A ICBC Berlin foi a primeira grande conferência internacional sobre canábis a ocorrer após a legalização do uso adulto na...

Internacional4 dias atrás

EUA: Produtos de Mike Tyson recolhidos por contaminação de bolor

As autoridades da Califórnia emitiram um aviso de recolha obrigatória para dois produtos da marca de canábis de Mike Tyson,...

Eventos6 dias atrás

O 4:20 está a chegar e há celebrações no Porto e em Lisboa

A data da celebração da cultura da canábis está a chegar! Este sábado, 20 de Abril, é o dia em...

Internacional1 semana atrás

Paul Bergholts, alegado líder da Juicy Fields, detido na República Dominicana

Paul Bergholts, o alegado líder do esquema em pirâmide Juicy Fields, terá sido detido na República Dominicana e será submetido a...

Saúde2 semanas atrás

Canabinóides revelam resultados promissores no tratamento do Transtorno da Personalidade Borderline

Uma investigação levada a cabo pela Khiron LifeSciences e coordenada por Guillermo Moreno Sanz sugere que os medicamentos à base de...

Internacional2 semanas atrás

Caso Juicy Fields: 9 detidos pela Europol e Eurojustice. Burla ultrapassa 645 milhões de euros

Uma investigação conjunta conduzida por várias autoridades europeias, apoiadas pela Europol e pela Eurojust, culminou na detenção de nove suspeitos...

Internacional2 semanas atrás

Utilizadores regulares de canábis podem necessitar de mais anestesia durante procedimentos médicos

Os utilizadores regulares de canábis podem necessitar de mais anestesia durante os procedimentos médicos para permanecerem sedados, se comparados com...

Internacional2 semanas atrás

O futuro do CBD no Japão: Como as reformas legais irão moldar o mercado

No final do ano passado, o Japão deu um grande passo em direcção à reforma da canábis depois de aprovar...

Nacional2 semanas atrás

Portugal: GreenBe Pharma obtém certificação EuGMP nas instalações de Elvas

A GreenBe Pharma, uma empresa de canábis medicinal localizada em Elvas, Portugal, obteve a certificação EU-GMP, ao abrigo dos regulamentos...

Nacional3 semanas atrás

Álvaro Covões, da Everything is New, compra instalações da Clever Leaves no Alentejo por 1.4 milhões de euros

Álvaro Covões, fundador e CEO da agência promotora de espectáculos ‘Everything is New‘, que organiza um dos maiores festivais de...