Connect with us

Cânhamo

Expo Internacional do Cânhamo em Lisboa quer mudar mentalidades, “rumo à legalização da canábis como um direito humano”

Publicado

em

Ouvir este artigo

Depois do Congresso Internacional da CannAzores, realizado nos Açores em Outubro de 2021, chega a Lisboa a CannaPortugal – Expo Internacional de Cânhamo Industrial, que vai decorrer a 18 e 19 de Junho, na FIL – Centro de Congressos de Lisboa, das 10h às 20h. O evento é organizado pela Neuron Bonus e pela Associação de Comerciantes de Cânhamo Industrial de Portugal, em parceria com a Associação Agrícola da Ilha de S. Miguel, a Associação Terra Verde, o Stoner Chef Inc. e o Conselheiro Matthew Correia, de Toronto, Canadá. 

Este é uma iniciativa que surge na sequência da missão assumida pela Professora Graça Castanho no ano passado nos Açores. “Ambos os eventos foram concebidos para acrescentar valor e acompanhar a expansão da fileira do cânhamo em particular e da indústria da canábis, em geral, bem como para reforçar o papel dos diferentes intervenientes no processo produtivo, desde as sementes até à venda e compra final da vasta gama de soluções baseadas no cânhamo, sem esquecer o impacto positivo que toda a actividade canábica tem no campo dos Direitos Humanos, Qualidade de Vida, Sustentabilidade do Planeta e Desenvolvimento Económico dos Países”, explicou ao Cannareporter.

No ano passado, aquando da realização da Cannazores, o Secretário Regional da Agricultura da Região Autónoma dos Açores, António Ventura, salientou a necessidade de diversificação de culturas para uma agricultura mais sustentável, afirmando que “a região está disponível para experimentar esta cultura com os produtores de cânhamo, investindo na educação e na formação, de forma a criar emprego e atractividade para trazer os jovens à terra”.

Agora os Açores vêm a Lisboa com o mesmo objectivo, diz Graça Castanho, “porque é nossa prioridade divulgar, em diferentes geografias, o conhecimento científico, as práticas e os processos adstritos a esta super-planta e dar a conhecer aos diversos grupos profissionais e à população em geral a necessidade de um investimento sistemático e sério neste sector produtivo”. E porquê Lisboa? “A opção pela cidade de Lisboa foi incontornável, uma vez que é na capital que as decisões políticas são feitas, sendo, portanto, o espaço ideal para o sector mostrar a sua vitalidade, força e determinação em contribuir para um mundo mais sustentável, mais democrático, mais justo e saudável”, refere a professora universitária.

Dando voz a estes desígnios, a CannaPortugal disponibilizará um vasto conjunto de iniciativas, tendo em perspetiva múltiplas metodologias para os diferentes públicos que visitarão o certame.

  • Feira com Stands para expositores nacionais e estrangeiros divulgarem as suas lojas e marcas, fazerem o lançamento e a venda de produtos, ampliarem a sua rede de contactos e partilharem projectos e inovação nas mais diversas áreas em que o cânhamo e a canábis têm vindo a ser integrados com elevado rendimento (construção civil; alimentação; combustíveis, fonte de lítio de origem vegetal, têxteis e calçado; indústria automóvel; cosmética; área de bem-estar e saúde; equipamentos e mobiliário; arte; produção de papel, etc.).
  • Fórum CannaPortugal com conferências, a dinamizar por um vasto leque de oradores nacionais e estrangeiros, especializados nas áreas científica, produção, processamento, industrialização e comercialização do cânhamo, em particular, e da canábis, no geral.
  • Workshops especializados para áreas profissionais específicas: 1. Jornalistas, advogados, forças da lei, políticos e governantes; 2. Chefes, profissionais do sector alimentar e restauração; 3. Sector da cosmética, terapias alternativas e bem-estar; 4. Médicos, enfermeiros, psicólogos, psiquiatras, outras especialidades da área da saúde, etc.; e 5. Agricultores e produtores de cânhamo e da cannabis.
  • Gabinete de Aconselhamento, na área da saúde e bem-estar, no que diz respeito ao uso das múltiplas possibilidades que o cânhamo e a cannabis oferecem ao público em geral.
  • Entrega do Global Cannabis Legalization Award a individualidades, países e projetos que muito têm contribuído para a Legalização da Canábis no mundo, abolindo mitos, tabus e preconceitos injustificados, os quais estão na base do adensar de problemas de injustiça social, económicos e de saúde pública no planeta.
  • Desfile de Moda com roupas e calçado produzidos com cânhamo com a organização da Greenfits – Sofia Fernandes.
  • Apresentação da Confraria Mundial da Cultura Canábica, retomando práticas ancestrais de convivialidade, produção artística e solidariedade em torno da planta da cannabis.
  • Lançamento do Hino da Canábis como um Direito Humano, num apontamento de criatividade e exaltação da Canábis como uma planta que tem acompanhado o evoluir histórico da humanidade, sendo considerada hoje em dia uma super-planta, capaz de garantir a sobrevivência do ser humano e a sustentabilidade do planeta.
  • “Cânhamo de Honra”. Degustação de uma bebida e canapés com cânhamo.

Graça Castanho afirma que espera receber “milhares de visitantes na Expo Internacional CannaPortugal, de diferentes faixas etárias e com interesses e formação diversificados, tendo como denominador comum a vontade de compreender melhor, acompanhar e intervir na mudança de mentalidade e práticas em curso no mundo, rumo à legalização da canábis como um direito humano”.

Como participar no evento

A Expo estará aberta ao público nos dias 18 e 19 de junho, das 10h às 20h, e o acesso às diferentes actividades será feito mediante a aquisição de bilhetes, através da internet (info@cannaportugal.com), ou presencialmente no Centro de Congressos de Lisboa.

Os custos são os seguintes:

Visita à feira – 1 dia = 15 euros; 2 dias = 20 euros

Participação no Fórum/Conferências (com direito a Certificado):
1 dia = 45 euros; 2 dias = 80 euros

Participação nos Workshops (com direito a Certificado):
Entre 50 – 60 euros

Para aquisição de bilhetes, reserva de stands e mais informações, contactar o e-mail info@cannaportugal.com. O website do evento está a ser finalizado e estará disponível em www.cannaportugal.com.

Consulte aqui o programa das Conferências e dos Workshops.

Forum-Conferências CannaPT PROGRAM Workshops CANNAPORTUGAL

 

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Saúde2 dias atrás

Canabinóides revelam resultados promissores no tratamento do Transtorno da Personalidade Borderline

Uma investigação levada a cabo pela Khiron LifeSciences e coordenada por Guillermo Moreno Sanz sugere que os medicamentos à base de...

Internacional2 dias atrás

Caso Juicy Fields: 9 detidos pela Europol e Eurojustice. Burla ultrapassa 645 milhões de euros

Uma investigação conjunta conduzida por várias autoridades europeias, apoiadas pela Europol e pela Eurojust, culminou na detenção de nove suspeitos...

Internacional5 dias atrás

Utilizadores regulares de canábis podem necessitar de mais anestesia durante procedimentos médicos

Os utilizadores regulares de canábis podem necessitar de mais anestesia durante os procedimentos médicos para permanecerem sedados, se comparados com...

Internacional6 dias atrás

O futuro do CBD no Japão: Como as reformas legais irão moldar o mercado

No final do ano passado, o Japão deu um grande passo em direcção à reforma da canábis depois de aprovar...

Nacional7 dias atrás

Portugal: GreenBe Pharma obtém certificação EuGMP nas instalações de Elvas

A GreenBe Pharma, uma empresa de canábis medicinal localizada em Elvas, Portugal, obteve a certificação EU-GMP, ao abrigo dos regulamentos...

Nacional2 semanas atrás

Álvaro Covões, da Everything is New, compra instalações da Clever Leaves no Alentejo por 1.4 milhões de euros

Álvaro Covões, fundador e CEO da agência promotora de espectáculos ‘Everything is New‘, que organiza um dos maiores festivais de...

Eventos2 semanas atrás

ICBC regressa a Berlin a 16 e 17 de Abril

É uma das maiores e mais reconhecidas conferências de B2B sobre canábis da Europa e regressa a Berlim já nos...

Internacional2 semanas atrás

A legalização da canábis na Alemanha vista pelos olhos do hacker que criou um mapa essencial

Um hacker de Koblenz, uma cidade do estado da Renânia-Palatinado, criou um mapa com os locais onde, a partir de...

Nacional2 semanas atrás

André Ventura diz que quer “Limpar toda a canábis de Portugal”

André Ventura, o conhecido líder do partido político português de extrema-direita, Chega, disse que quer “limpar toda a canábis de...

Internacional2 semanas atrás

EUA: Kamala Harris diz que classificação actual da canábis é “absurda” e “manifestamente injusta”

A vice-presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Kamala Harris, defendeu na semana passada a desclassificação da canábis na tabela...