Connect with us
Publicidade
Publicidade

Corporações

Akanda conclui aquisição da Holigen e quer liderar a canábis na região EMEA

Publicado

em

Foto: D.R. | Akanda Corporation

A Akanda concluiu hoje a aquisição da Holigen, uma subsidiária da Flowr Corporation, avançando assim na posição de liderança de canábis na Europa, Médio Oriente e África (EMEA), anunciou a corporação em comunicado de Imprensa. A Akanda adiciona, assim, activos de cultivo, fabrico, distribuição e uma biblioteca de genética premium, acelerando o modelo promovido pela empresa “desde a semente ao paciente” e posicionando-a para “os mercados de uso adulto, à medida que as regulamentações evoluem”.

A empresa internacional de canábis medicinal, que está cotada na bolsa NASDAQ: AKAN,  anunciou que fechou a aquisição da Holigen Limited da The Flowr Corporation (TSXV: FLWR , OTC: FLWPF), melhorando assim a capacidade da empresa para responder à crescente procura por canábis medicinal.

“A Holigen fornece genética superior, capacidade e uma rota para o mercado que a Akanda precisa para garantir que capture mais do que a nossa participação no mercado de canábis emergente em toda a região EMEA”, disse Tej Virk, CEO da Akanda. “Juntamente com a Holigen, estamos posicionados para ser líderes no ambiente de canábis medicinal de hoje e ter a capacidade de escalar a oportunidade recreativa à medida que ela se desenvolve. Agora que a aquisição foi concluída, estou ansioso para trabalhar com Tom Flow e a sua equipa para alavancar as plataformas de ambas as empresas.”

O Cannareporter esteve com Tej Virk e Tom Flow nas instalações da Holigen e publicará a entrevista com Tej Virk amanhã.

De acordo com os termos do acordo, a Akanda adquiriu 100% das acções emitidas e em circulação da Holigen por uma combinação de aproximadamente 3,0 milhões de dólares em dinheiro, 1,9 milhões de acções ordinárias da Akanda e assumiu 4,3 milhões da dívida da RPK Biopharma. Além disso, para alinhar ainda mais a Akanda e a Flowr, concomitantemente com a conclusão da aquisição, a Akanda comprou 14.285.714 acções ordinárias da Flowr por uma receita bruta agregada à Flowr de aproximadamente 790 mil dólares. A Akanda forneceu pelo menos 678 mil dólares de financiamento provisório à Holigen, para apoiar as suas necessidades de capital antes da conclusão do negócio.

Sobre a Akanda Corporation

A Akanda é uma empresa internacional de plataforma de bem-estar e canábis medicinal que procura ajudar as pessoas a ter uma vida melhor através de um melhor acesso a produtos de alta qualidade. O portfólio da Akanda inclui o Bophelo Bioscience & Wellness, um campus de cultivo qualificado pela GACP no Reino do Lesoto, na África Austral; a Holigen, um produtor, fabricante e distribuidor sediado em Portugal com uma premiada instalação de cultivo indoor com certificação GMP da UE; e a CanMart, um importador e distribuidor farmacêutico totalmente licenciado que fornece farmácias e clínicas no Reino Unido. A cadeia de fornecimento de sementes a pacientes da empresa também inclui parcerias com a Leva Clinic da Cellen Life Sciences, uma das primeiras clínicas de dor totalmente digitais no Reino Unido, e a Cantourage, que opera uma plataforma para trazer canábis medicinal para a Europa.

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional7 horas atrás

Como vão funcionar as associações de canábis em Malta?

A Autoridade para o Uso Responsável de Canábis (ARUC), entidade Maltesa com responsabilidade na regulamentação da indústria legal e recreativa...

Corporações7 horas atrás

Organigram notificada pela Nasdaq por falhar valor mínimo de negociação

A Organigram Holdings Inc. foi notificada pela Nasdaq de que terá até ao próximo mês de Julho para atingir o...

Cânhamo1 dia atrás

EUA: FDA recusa regulamentar CBD devido a preocupações de segurança

A Food and Drug Administration (FDA) rejeitou iniciar o processo de regulamentação do CBD em produtos alimentares, por não considerar...

Internacional1 dia atrás

Hong Kong: Proibição do CBD entra em vigor a 1 de Fevereiro, com multas milionárias e penas de prisão perpétua

Hong Kong vai classificar oficialmente o Canabidiol (CBD) como uma “droga perigosa” já a partir desta quarta-feira, 1 de Fevereiro,  e...

Internacional4 dias atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa5 dias atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações5 dias atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional5 dias atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional6 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa6 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...