Connect with us

Opinião

A canábis pode ajudar a estudar?

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R | HRReporter

No mundo contemporâneo, entrar na Universidade tornou-se sinónimo de “futuro”, ao mesmo tempo que também se podem viver as primeiras experiências com substâncias. A canábis é, sem dúvida, a mais popular. É um facto que o uso da planta entre estudantes universitários está em alta, superando até, por vezes, o tabaco e o álcool. Muitos estudantes universitários escolheram a canábis como um substituto para outras drogas, que eram populares noutros tempos, com efeitos colaterais devastadores. 

Por estudos e motivos óbvios relacionados com a planta, essa troca não é surpreendente. Considerando que a canábis provou combater o stress académico, ajudando a relaxar, melhorar a criatividade, promover um sono melhor e elevar as interacções entre colegas e relacionamentos. Ainda mais importante, a percepção de que a canábis é uma escolha muito mais segura do que o álcool foi um ponto crucial para o sucesso do abandono de outras substâncias. Mesmo fumando na noite anterior ou algumas horas antes, a maioria dos alunos pode frequentar as aulas sem qualquer problema. 

Embora não se tenha certeza se o aumento do consumo de canábis foi impulsionado pela pandemia ou pelo excesso de informações seguras nos últimos anos, o estudo ‘Monitorizando o Futuro’ analisou o uso de drogas entre estudantes universitários e não universitários nos Estados Unidos da América (EUA)  desde 1980, concentrando-se na faixa etária dos 19 aos 22 anos. Foi então descoberto que 44% dos estudantes universitários admitiram usar canábis em 2020, um aumento de 38% desde 2015. Também se constatou um aumento no uso diário ou quase diário, que subiu de 5% para 8% em cinco anos. 

Mas, como em todos os sectores da nossa sociedade civil a canábis carrega um estigma, rodeada de preconceitos, os consumidores foram estereotipados como eternos preguiçosos. Muitos ainda duvidam de todo potencial que a planta tem, sugerindo que o seu uso não o deixa produtivo. Para os defensores, alunos e professores pacientes do uso medicinal, esses argumentos são injustos, estão ultrapassados e de nada servem, a não ser para estigmatizar o utilizador.

A canábis tem efeitos únicos em cada um de nós

Antes de afirmar, de facto, se a canábis ajuda ou não no desempenho académico é importante, sempre, lembrar que os efeitos da planta não são “universais”. Na verdade, são efeitos quase exclusivos e cada pessoa, após cada método específico de utilização, pode ter percepções bastante diferentes sobre os seus benefícios (ou malefícios). O uso adulto é um uso responsável, logo, informado. 

Não há dúvidas de que alguns quimiotipos de canábis aumentam a criatividade, a sensibilidade, aguçam as percepções, além de existirem também relatos sobre a melhoria do foco após o uso, mas é preciso ter em conta que isso depende muito da tolerância e da experiência de cada um. Estudos mostram que a canábis é eficiente a permitir que pensamentos inconscientes, bem como ideias iniciais, apareçam e se sintetizem após o seu uso. O alívio de tensão provocado pela canábis pode ter uma relação com esses efeitos posteriores, como também com as tomadas de decisão de forma mais calma e eloquente. 

Com isso, podemos fazer ligações com outros efeitos benéficos na hora de estudar, como redução de stress antes de uma prova, que muitas vezes, pode dificultar o relaxamento e um sono adequado. A ironia é que é preciso dormir bem para estar no melhor desempenho mental no dia seguinte. Nesse caso, tomar um óleo de canábis no dia anterior pode ser extremamente útil para reduzir o stress, a tensão corporal e ajudá-lo a dormir.  

Seja qual for o método de uso, conforme as pesquisas avançam mais estigmas negativos em torno da planta vão ficando no passado e mais descobertas sobre como, quando e porquê usar iluminam o caminho para o uso responsável e seguro.

No entanto, vale a pena frisar que usar a planta como auxiliar de estudo pode não ser para todos, pois sempre haverá quem prefira fazê-lo sóbrio, ou com cafeína. Mas é definitivamente muito mais seguro, em comparação com medicamentos com desastrosos efeitos colaterais, que também são amplamente utilizados como auxiliares, apesar dos perigos e riscos. Devido ao seu sistema endocanabinóide e à escassez de pesquisas sobre canábis e académicos, as evidências ainda são relativas, por isso descubra o que funciona melhor para si.
________________________________________________________________

Marcel Lyra é um comunicador entusiasta da cultura canábica no Brasil, com formação sobre a indústria e a ciência da planta, tendo actuado como representante e no acolhimento de uma associação de canábis. Na área da comunicação, já fez parte de produções audiovisuais, também como redactor e radialista. Activista a favor da legalização da canábis, Marcel Lyra é hoje jornalista na Revista Ganja e cronista do Cannareporter, ajudando a desmistificar a imagem negativa ao redor da planta, sempre a favor do anti-proibicionismo.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Eventos22 horas atrás

ICBC Berlim volta a brilhar. É o início de uma nova era para a indústria da canábis na Alemanha

A ICBC Berlin foi a primeira grande conferência internacional sobre canábis a ocorrer após a legalização do uso adulto na...

Eventos3 dias atrás

O 4:20 está a chegar e há celebrações no Porto e em Lisboa

A data da celebração da cultura da canábis está a chegar! Este sábado, 20 de Abril, é o dia em...

Internacional6 dias atrás

Paul Bergholts, alegado líder da Juicy Fields, detido na República Dominicana

Paul Bergholts, o alegado líder do esquema em pirâmide Juicy Fields, terá sido detido na República Dominicana e será submetido a...

Saúde1 semana atrás

Canabinóides revelam resultados promissores no tratamento do Transtorno da Personalidade Borderline

Uma investigação levada a cabo pela Khiron LifeSciences e coordenada por Guillermo Moreno Sanz sugere que os medicamentos à base de...

Internacional1 semana atrás

Caso Juicy Fields: 9 detidos pela Europol e Eurojustice. Burla ultrapassa 645 milhões de euros

Uma investigação conjunta conduzida por várias autoridades europeias, apoiadas pela Europol e pela Eurojust, culminou na detenção de nove suspeitos...

Internacional2 semanas atrás

Utilizadores regulares de canábis podem necessitar de mais anestesia durante procedimentos médicos

Os utilizadores regulares de canábis podem necessitar de mais anestesia durante os procedimentos médicos para permanecerem sedados, se comparados com...

Internacional2 semanas atrás

O futuro do CBD no Japão: Como as reformas legais irão moldar o mercado

No final do ano passado, o Japão deu um grande passo em direcção à reforma da canábis depois de aprovar...

Nacional2 semanas atrás

Portugal: GreenBe Pharma obtém certificação EuGMP nas instalações de Elvas

A GreenBe Pharma, uma empresa de canábis medicinal localizada em Elvas, Portugal, obteve a certificação EU-GMP, ao abrigo dos regulamentos...

Nacional3 semanas atrás

Álvaro Covões, da Everything is New, compra instalações da Clever Leaves no Alentejo por 1.4 milhões de euros

Álvaro Covões, fundador e CEO da agência promotora de espectáculos ‘Everything is New‘, que organiza um dos maiores festivais de...

Eventos3 semanas atrás

ICBC regressa a Berlin a 16 e 17 de Abril

É uma das maiores e mais reconhecidas conferências de B2B sobre canábis da Europa e regressa a Berlim já nos...