Connect with us
Publicidade
Publicidade

Eventos

Vasco Bettencourt, Director da Unidade de Licenciamentos do Infarmed, preside sessão de abertura da PTMC – Portugal Medical Cannabis

Publicado

em

O Director da Unidade de Licenciamentos do INFARMED, Vasco Bettencourt, vai presidir a sessão da abertura da conferência PTMC – Portugal Medical Cannabis, que se realiza amanhã, dia 16, e sexta-feira, dia 17, no Auditório da Ordem dos Contabilistas Certificados, em Lisboa. A 3ª edição da PTMC conta com vários oradores internacionais, desde médicos e investigadores a advogados e investidores, que irão abordar a temática da canábis medicinal.

A crescente tendência de legalização da canábis a nível mundial já não deixa espaço para dúvidas: a canábis tem, efectivamente, potencial para tratar várias patologias e cada vez mais países optam pela sua regulamentação. Portugal afirmou-se nos últimos anos como o centro de excelência da canábis medicinal na Europa, com 18 empresas já licenciadas e mais de 80 com uma pré-licença atribuída pelo Infarmed, tendo exportado já mais de 30 toneladas de flores de canábis em 2021, um crescimento de 566% relativamente ao ano anterior.

No entanto, a informação em geral e sobre a prática clínica com canábis, em particular, ainda é muito limitada. Neste sentido, a PTMC – Portugal Medical Cannabis, organizada pelo CannaReporter, uma associação sem fins lucrativos que se dedica a divulgar mais e melhor informação sobre canábis, tem trazido a Portugal, desde 2018, os mais importantes médicos, cientistas e investigadores, que vêm demonstrar os mais recentes avanços da ciência no que diz respeito à canábis medicinal. 

Este ano, a 3ª Conferência Internacional sobre Canábis Medicinal decorre em Lisboa, a 16 e 17 de Junho, e vai abordar desde os mitos e factos associados à canábis e à psicose, ao potencial terapêutico na Pediatria, em especial em doenças infantis como o Autismo, o Cancro ou a Epilepsia.

Bonni Goldstein, Pediatra em Los Angeles, Dani Gordon, Médica em Londres ou Carl Hart, Professor de Psicologia em Psiquiatria na Universidade de Columbia, em Nova Iorque, são apenas alguns dos mais de 20 oradores que estarão em Lisboa para falar sobre a sua experiência e mostrar casos de sucesso no tratamento com canabinóides.

Raphael Mechoulam, Professor de Química Medicinal na Universidade Hebraica de Jerusalém e considerado o “pai” da canábis, por ter sintetizado a molécula do THC em 1964 e descoberto o Sistema Endocanabinóide nos anos 90, irá participar por via telemática. Aos 92 anos, Mechoulam recebeu inúmeros prémios internacionais e ainda trabalha, mas por razões médicas já não pode viajar.

Uma vez que a indústria da canábis é a que vai gerar mais empregos a nível mundial nos próximos anos, tendo gerado já milhares de milhões de euros de receita noutros países, a PTMC vai incluir também o potencial económico da canábis, trazendo gestores, analistas e consultores para falar sobre os negócios e os investimentos associados a esta planta milenar.

Uma mesa redonda dedicada ao futuro da regulamentação de substâncias no século XXI trará uma discussão alargada aos avanços da ciência na pesquisa com psicadélicos no tratamento de várias patologias, como o autismo ou a depressão. Miguel Costa Matos, deputado e Secretário Geral da Juventude Socialista, João Taborda da Gama, Advogado e Teresa Summavielle, Investigadora da Universidade do Porto, especialista em adicção, juntam-se a Carl Hart, para uma conversa que abordará como as reformas sobre o uso de substâncias já não se podem limitar apenas à canábis.

A PTMC em Lisboa termina na tarde do dia 17 de Junho, com um evento de networking a bordo de um catamaran no Rio Tejo, onde não faltará música e Gin com infusão de cânhamo.

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional8 horas atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa1 dia atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações1 dia atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional1 dia atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional2 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional2 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional4 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional4 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional4 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....