Connect with us

Internacional

França: 30 senadores pedem legalização total da canábis, recusando opção “demagoga” da descriminalização

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R. | Zamnesia.fr

Um grupo de 31 senadores do grupo “Socialista, Ecologista e Republicano” está empenhado em lançar um processo de consulta para introduzir uma lei para legalizar a canábis em França. O grupo publicou no jornal “Le Monde” um artigo onde expõe vários argumentos para a legalização da canábis e recusa a hipótese da descriminalização, dizendo que é uma opção “demagoga”, que “mantém a proibição”.

A tendência europeia de legalização da canábis começa a dar sinais de propagação. O Jornal Le Monde publicou, no dia 10 de Agosto, uma coluna onde são expostos vários argumentos para a legalização da canábis. Assinada por 31 senadores Franceses, o texto explica que estes encaram “a realidade de frente: a situação é insustentável”. A carta é o pontapé de saída para o lançamento de uma consulta alargada que culmine em propor uma lei que legalize a canábis para consumo adulto em França. Entre os signatários, estão os socialistas Patrick Kanner ou David Assouline, senadores do Norte e de Paris, respectivamente.

A carta é peremptória e expõe a realidade francesa:

“Quase 18 milhões dos nossos concidadãos já usaram canábis de forma recreativa, de acordo com um relatório recente da Assembleia Nacional. Embora seja proibida, 1,5 milhões consomem-na regularmente”.

Os senadores argumentam, assim, que a legalização da canábis é uma questão social que as autoridades públicas devem assumir, competindo ao legislador dar respostas às legítimas inquietações existentes.

Recusa da descriminalização: Uma opção “demagoga”, que “mantém a proibição”

A carta assinada pelos 31 senadores aponta como opções para a regulamentação da canábis a descriminalização e a legalização. Em relação à descriminalização, que é o regime jurídico português no que concerne à canábis, os senadores são frontais e directos: “a descriminalização caracteriza-se pela manutenção da proibição com a supressão das penalidades incorridas”. Os senadores afirmam ainda que a descriminalização é uma renúncia do poder público, que retira a si próprio os meios de acção. Os senadores caracterizam a descriminalização como “comprar a paz social com um certo cinismo” e recusam terminantemente essa “opção demagoga e populista”.

Controlar a qualidade sanitária dos produtos e recolher tributação

Na carta, os senadores apresentam argumentos a favor, em prol de outro caminho: a legalização. A carta compara esta medida legal com as políticas públicas existentes para o tabaco e o álcool ou mesmo jogos de azar, complementando que a legalização fornecerá os meios para agir de forma mais eficaz para proteger melhor os cidadãos e principalmente os jovens.

Em última análise, os senadores acreditam que poderão auferir receita tributária destes mercados e até afirmam ter algum impacto na economia, principalmente nas áreas de justiça e nas forças de segurança.

Já em Junho de 2019, médicos, economistas e outros profissionais tinham escrito uma coluna no L’Obs a explicar porque pretendiam legalizar a canábis.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Sou um dos directores do CannaReporter, que fundei em conjunto com a Laura Ramos. Sou natural da inigualável Ilha da Madeira, onde resido actualmente. Enquanto estive em Lisboa na FCUL a estudar Engenharia Física, envolvi-me no panorama nacional do cânhamo e canábis tendo participado em várias associações, algumas das quais, ainda integro. Acompanho a industria mundial e sobretudo os avanços legislativos relativos às diversas utilizações da canábis.

Posso ser contactado pelo email joao.costa@cannareporter.eu

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Cânhamo4 horas atrás

Portugal: Estudo revela disparidades alarmantes na rotulagem do CBD, que continua proibido no país

Um estudo recente sobre os produtos de CBD em Portugal revela disparidades alarmantes entre o conteúdo de canabinóides anunciado e...

Internacional4 horas atrás

Espanha: Câmara de Barcelona encerra dezenas de clubes de canábis

A Câmara Municipal de Barcelona deu início a uma forte repressão contra os clubes de canábis da cidade, ordenando o...

Internacional2 dias atrás

Alemanha aprova o primeiro clube social de canábis após a legalização

A Ministra da Agricultura da Baixa Saxónia, Miriam Staudte, anunciou esta segunda-feira que o seu gabinete autorizou o primeiro clube...

Cânhamo4 dias atrás

Tailândia cada vez mais perto de reclassificar a canábis e o cânhamo como substâncias controladas

A Tailândia deu mais um passo decisivo no sentido de voltar a proibir a canábis no país. Na passada sexta-feira,...

Internacional1 semana atrás

Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT) passa a ser Agência da União Europeia das Drogas (EUDA)

A 2 de Julho de 2024 o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (EMCDDA) passará a ser a Agência...

Eventos2 semanas atrás

ICRS – International Cannabinoid Research Society reúne médicos e investigadores em Salamanca para o 34º Simpósio sobre Canabinoides

Se pensa que a investigação com canábis é algo recente e que inda não há estudos suficientes… pense outra vez! É...

Crónica2 semanas atrás

Terroir 101 – Uma Introdução

Este artigo inicia uma série sobre temas necessários para os que acreditam que esta planta merece ser reverenciada e elevada...

Eventos3 semanas atrás

Editora do CannaReporter®, Laura Ramos, nomeada “Jornalista do Ano” nos prémios Business of Cannabis

A indústria da canábis está prestes a reunir-se em Londres para dois dias de Cannabis Europa e uma noite de...

Comunicados de Imprensa3 semanas atrás

Cannabis Europa recebe líderes europeus e norte-americanos em Londres para capitalizar o mercado europeu da canábis

A indústria norte-americana de canábis está a criar um movimento significativo através do Atlântico, à medida que os líderes deste...

Internacional4 semanas atrás

Polícia alemã esclarece que não sugeriu consumo de canábis (em vez de álcool) aos adeptos ingleses do Euro 2024

A polícia de Gelsenkirchen, na Alemanha, foi citada numa notícia onde afirmou que as atenções estariam mais centradas nos adeptos...