Connect with us

Internacional

Breeder’s Best lança biblioteca de cultivares de canábis protegida por patente

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R. | Breeders Best

A Breeder’s Best lançou uma biblioteca de cultivares de canábis nos Estados Unidos da América (EUA), a primeira oferta exclusiva com patente pendente de cinco Independent Cannabis Breeders (ICB’s, na sigla em inglês para criadores independentes de canábis). A oferta inicial inclui sete cultivares com perfis de canabinóides e terpenos únicos e raros. Os cinco ICB’s que as disponibilizaram incluem um veterano militar, uma mulher breeder e uma equipa de breeding mãe-filho. A biblioteca exclusiva da Breeders Best é uma oferta dinâmica, que será actualizada à medida que novos cultivares forem seleccionados em todo o mundo.

As variedades deste primeiro catálogo foram seleccionadas a partir de centenas de candidatos e outras submissões estão agora a ser consideradas para serem adicionadas à oferta da empresa nos próximos meses.

De acordo com o fundador e CEO da Breeder’s Best, Dale Hunt, estes são “cultivares especiais” para a indústria da canábis. “A diversidade química observada nessas plantas cria oportunidades para produtores, formuladores e processadores oferecerem flores únicas e produtos de valor agregado ao mercado, além dos cultivares comuns”. A Breeder’s Best é a primeira empresa a especializar-se no licenciamento de genética de canábis protegida por patente e a única empresa a atender exclusivamente criadores independentes de canábis.

Ethan Russo, Neurologista, Farmacologista e um dos mais reconhecidos investigadores da planta da canábis a nível mundial, é o Director Médico da Breeders Best. Russo já tinha agradecido publicamente ao “exército underground” de cultivadores artesãos que, “ao longo de décadas de proibição, desenvolveram centenas de variedades na ilegalidade”, para que hoje os pacientes possam beneficiar delas.

Actualmente CEO da CreDO Science, Russo referiu ainda a este propósito que o potencial terapêutico da canábis pode ser muito melhorado através do reconhecimento das propriedades únicas que cada um dos seus componentes canabinóides e terpenóides oferece. Para o médico e investigador, o breeding é a única solução para uma série de problemas que assolam a indústria da canábis, principalmente a falta de diversidade em chemovars de canábis, que resultam num material que carece de controlo de qualidade e que está longe de ser o mais adequado para a sua finalidade.

Dale Hunt explicou ainda que a Breeders Best nasceu “do desejo de ajudar criadores independentes de canábis a tornarem-se e/ou permanecerem economicamente viáveis ​​e a não serem deixados para trás nesta indústria em rápida mudança.” A empresa “existe para preencher a lacuna entre criadores independentes de canábis e o mercado usando um licenciamento modelo comprovado em indústrias hortícolas.”

Na biblioteca inaugural da Breeder’s Best constam os seguintes cultivares exclusivos, juntamente com o respectivo certificado de análise:

  1. Pink Boost Goddess – é uma variedade premiada com a maior percentagem conhecida de THCV comercialmente disponível, com uma combinação única de mirceno, ocimeno e terpinoleno.
  2. Blue Skunk – é reverenciada pelos seus efeitos calmantes em pessoas com Stress Pós-Traumático. É uma planta dominante em THC, com uma combinação terapêutica de mirceno, cariofileno e pineno.
  3. Black Apple Kush – é uma planta rara, dominante em ocimeno e complementada com cariofileno e limoneno, possuindo alto THC balanceado por CBG, o que proporciona uma experiência criativa e relaxante.
  4. Orange Cream Frost – é um cultivar de alto rendimento e alto teor de THC, com uma combinação única de terpeno de cariofileno, limoneno e humuleno, que requer comparativamente pouca água e nutrientes no cultivo.
  5. Oaxacan Wise – é um cultivar de alto terpeno com terpinoleno, ocimeno, mirceno e cariofileno, alto THC e CBG elevado. Isso oferece uma experiência suave, perfeita para uso medicinal durante o dia.
  6. Old Toby – é um cultivar medicinal, dominante em cariofileno, limoneno e humuleno, rica em THC e altamente eficaz para muitos utilizadores medicinais.
  7. Anomaly – é uma variedade de sementes rica em CBG, que não produz THC nem CBD detectáveis, ​​e é rica em terpenos, incluindo mirceno, pineno e limoneno. Os clones são adquiridos de parceiros de viveiros licenciados sob um contrato de transferência de material que inclui um componente de royalties, partilhado pela Breeders Best e pelo ICB.

Como funciona a candidatura ao registo de cultivares e patentes
Os ICBs enviam certificados de análise e fotos das suas variedades exclusivas através do site da Breeders Best. Os cultivares seleccionados são testados por um ano sob um pedido de patente provisório. Se a variedade for bem sucedida durante esse período, a patente completa será preenchida em nome do candidato e a propriedade da patente permanece exclusivamente do ICB. A Breeder’s Best é a licenciada exclusiva e concede sub-licenças a parceiros qualificados.

Dale Hunt afirma em comunicado que “o nosso modelo tem potencial para ser uma vitória para criadores, mercado e consumidores. Essa abordagem pode criar imenso valor em vários pontos da cadeia de valor, ao mesmo tempo que dá acesso ao mercado para produtos de canábis mais diversos, o que acreditamos ser bom para todos”.

A Breeders Best encerra o seu primeiro catálogo com um agradecimento e um alerta aos breeders de todo o mundo, convidando-os a submeter os seus cultivares. “Atenção Breeders! Obrigado pelo trabalho especial que fazem. Se tiverem novas variedades e quiserem que a Breeders Best considere adicioná-los à sua biblioteca, preencham por favor o Questionário de Submissão de Cultivares no seu website” .

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Licenciada em Jornalismo pela Universidade de Coimbra, Laura Ramos tem uma pós-graduação em Fotografia e é Jornalista desde 1998. Foi correspondente do Jornal de Notícias em Roma, Itália, e Assessora de Imprensa no Gabinete da Ministra da Educação. Tem uma certificação internacional em Permacultura (PDC) e criou o arquivo fotográfico de street-art “O que diz Lisboa?” @saywhatlisbon. Laura é actualmente Editora do CannaReporter e da CannaZine, além de fundadora e directora de programa da PTMC - Portugal Medical Cannabis. Realizou o documentário “Pacientes” e integrou o steering group da primeira Pós-Graduação em GxP’s para Canábis Medicinal em Portugal, em parceria com o Laboratório Militar e a Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Cânhamo18 horas atrás

Itália: Alteração que queria proibir canábis light foi arquivada

A alteração que o governo de Giorgia Meloni queria fazer na lei da canábis em Itália e que pretendia proibir...

Cânhamo19 horas atrás

A confusão do cânhamo em Portugal: ASAE apreende CBD na Kings Yard, mas deixa flores por serem para “coleccionismo”

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 845 produtos numa loja da Kings Yard, que “apresentavam na sua...

Cânhamo4 dias atrás

Portugal: Estudo revela disparidades alarmantes na rotulagem do CBD, que continua proibido no país

Um estudo recente sobre os produtos de CBD em Portugal revela disparidades alarmantes entre o conteúdo de canabinóides anunciado e...

Internacional4 dias atrás

Espanha: Câmara de Barcelona encerra dezenas de clubes de canábis

A Câmara Municipal de Barcelona deu início a uma forte repressão contra os clubes de canábis da cidade, ordenando o...

Internacional6 dias atrás

Alemanha aprova o primeiro clube social de canábis após a legalização

A Ministra da Agricultura da Baixa Saxónia, Miriam Staudte, anunciou esta segunda-feira que o seu gabinete autorizou o primeiro clube...

Cânhamo1 semana atrás

Tailândia cada vez mais perto de reclassificar a canábis e o cânhamo como substâncias controladas

A Tailândia deu mais um passo decisivo no sentido de voltar a proibir a canábis no país. Na passada sexta-feira,...

Internacional2 semanas atrás

Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT) passa a ser Agência da União Europeia das Drogas (EUDA)

A 2 de Julho de 2024 o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (EMCDDA) passará a ser a Agência...

Eventos3 semanas atrás

ICRS – International Cannabinoid Research Society reúne médicos e investigadores em Salamanca para o 34º Simpósio sobre Canabinoides

Se pensa que a investigação com canábis é algo recente e que inda não há estudos suficientes… pense outra vez! É...

Crónica3 semanas atrás

Terroir 101 – Uma Introdução

Este artigo inicia uma série sobre temas necessários para os que acreditam que esta planta merece ser reverenciada e elevada...

Eventos3 semanas atrás

Editora do CannaReporter®, Laura Ramos, nomeada “Jornalista do Ano” nos prémios Business of Cannabis

A indústria da canábis está prestes a reunir-se em Londres para dois dias de Cannabis Europa e uma noite de...