Connect with us

Eventos

Hélder Mota Filipe: “Temos de fazer uma distinção muito clara entre canábis medicinal e recreativa.” João Gama diz que não é algo “a preto e branco”

Publicado

em

Ouvir este artigo
Helder Mota Filipe, Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos, na abertura da Medical Cannabis Europe. Foto: Murillo Porto

O Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos, Hélder Mota Filipe, disse hoje que é crucial fazer “uma distinção muito clara entre canábis medicinal e canábis recreativa”, porque a percepção que se tem de uma pode “contaminar” a outra. Mota Filipe falou na sessão de abertura da conferência Medical Cannabis Europe, que decorre hoje e amanhã na Associação Nacional de Farmácias, em Lisboa. 

O Bastonário enalteceu ainda o papel dos farmacêuticos no acompanhamento dos pacientes que utilizam canábis medicinal em Portugal e afirmou que o acesso a medicamentos, preparações e substâncias à base de canábis tem de ser feito “com garantia de qualidade”.

“O CBD como suplemento alimentar ou cosmético é ilegal. Quem disser o contrário está a mentir ou mal informado” – João Taborda da Gama

Por seu lado, João Taborda da Gama, advogado da Gama Glória, disse que a divisão entre “medicinal” e “recreativo” não é algo “a preto e branco”. Numa apresentação dedicada ao processo de regulação e certificação da canábis em Portugal, Gama explicou que a distinção pode parecer “bastante óbvia” para o sector farmacêutico ou medicinal, mas para a sociedade em geral e para os advogados em particular, “essa questão não é assim tão clara”.

João Taborda da Gama durante a sua apresentação na Medical Cannabis Europe, em Lisboa. Foto: Laura Ramos | Cannareporter

Gama remeteu para os dados do inquérito publicado pelo Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (EMCDDA) em cerca de 30 países europeus, que revelou que a maioria das pessoas que utiliza canábis de forma “recreativa” o faz com fins terapêuticos.

Os dados relativos a Portugal foram publicados pelo SICAD – Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências e concluiu que a maioria de uma amostra de 3188 pessoas que utilizou canábis em 2022 fê-lo para reduzir o stress e relaxar (84%). 60% disse que a canábis o(a) ajudava a divertir ou a melhorar a qualidade do sono (52%) e cerca de 40% dos inquiridos garantiu ainda que a canábis os ajudou a tratar a ansiedade ou a depressão. João Gama relembrou também o labirinto regulatório do CBD, reiterando que, à luz da lei, “O CBD como suplemento alimentar ou cosmético é ilegal” e que “quem disser o contrário está a mentir ou mal informado”.

O advogado chamou ainda a atenção para as alegações terapêuticas que aparecem em rótulos, lojas ou produtos com CBD, pois “não são medicamentos nem suplementos”, alertando que essas alegações podem constituir crime ou contra-ordenação.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Clique aqui para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional3 dias atrás

Utilizadores regulares de canábis podem necessitar de mais anestesia durante procedimentos médicos

Os utilizadores regulares de canábis podem necessitar de mais anestesia durante os procedimentos médicos para permanecerem sedados, se comparados com...

Internacional4 dias atrás

O futuro do CBD no Japão: Como as reformas legais irão moldar o mercado

No final do ano passado, o Japão deu um grande passo em direcção à reforma da canábis depois de aprovar...

Nacional5 dias atrás

Portugal: GreenBe Pharma obtém certificação EuGMP nas instalações de Elvas

A GreenBe Pharma, uma empresa de canábis medicinal localizada em Elvas, Portugal, obteve a certificação EU-GMP, ao abrigo dos regulamentos...

Nacional1 semana atrás

Álvaro Covões, da Everything is New, compra instalações da Clever Leaves no Alentejo por 1.4 milhões de euros

Álvaro Covões, fundador e CEO da agência promotora de espectáculos ‘Everything is New‘, que organiza um dos maiores festivais de...

Eventos1 semana atrás

ICBC regressa a Berlin a 16 e 17 de Abril

É uma das maiores e mais reconhecidas conferências de B2B sobre canábis da Europa e regressa a Berlim já nos...

Internacional2 semanas atrás

A legalização da canábis na Alemanha vista pelos olhos do hacker que criou um mapa essencial

Um hacker de Koblenz, uma cidade do estado da Renânia-Palatinado, criou um mapa com os locais onde, a partir de...

Nacional2 semanas atrás

André Ventura diz que quer “Limpar toda a canábis de Portugal”

André Ventura, o conhecido líder do partido político português de extrema-direita, Chega, disse que quer “limpar toda a canábis de...

Internacional2 semanas atrás

EUA: Kamala Harris diz que classificação actual da canábis é “absurda” e “manifestamente injusta”

A vice-presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Kamala Harris, defendeu na semana passada a desclassificação da canábis na tabela...

Eventos2 semanas atrás

EVO NXT: Festival de Produtos da Próxima Geração regressa a Málaga. Canábis estará em destaque

A 2ª edição do Festival de Negócios para os Produtos da Próxima Geração, EVO NXT, regressa a Málaga já na...

Internacional3 semanas atrás

É oficial: Alemanha é o terceiro país da Europa a legalizar o uso recreativo de canábis

O Bundesrat aprovou hoje, sexta-feira, o projecto de lei para regulamentar a utilização de canábis para fins recreativos no país....