Connect with us
Publicidade
Publicidade

Nacional

Infarmed publica relatório sobre a evolução da actividade da canábis medicinal em Portugal

Publicado

em

Vasco Bettencourt, Presidente da Unidade de Licenciamentos do Infarmed, na sessão de abertura da PTMC - Portugal Medical Cannabis. Foto: Renato Velasco | PTMC

O Infarmed — Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde I.P. publicou uma análise relativa às actividades desenvolvidas no sector da canábis medicinal em Portugal nos últimos quatro anos (até Junho de 2022).

O documento foi avançado em primeira mão ao Cannareporter por Vasco Bettencourt, director da Unidade de Licenciamentos do Infarmed, e faz um balanço sobre os vários aspectos do sector: licenciamentos, exportações, prescrições e pedidos de ACM, entre outros.

Intitulado “Canábis Medicinal — Evolução e Actividade”, o documento revela os números que indicam que Portugal é um país onde a canábis irá continuar a florescer. Mais de 100 empresas já deram início ao processo de licenciamento.

Em 2018, quando o Parlamento Português aprovou a canábis para fins medicinais, a indústria da canábis acabava de dar os primeiros passos em Portugal. Hoje, é uma indústria que movimenta milhões e as perspectivas parecem ser de crescimento a todos os níveis.

De acordo com o relatório publicado pela Direcção de Inspecção e Licenciamento do Infarmed, ao qual o Cannareporter teve acesso hoje, em primeira mão, a indústria da canábis medicinal portuguesa tem vindo a consolidar-se em Portugal e o número de empresas licenciadas pode mais do que duplicar nos próximos anos.

O relatório “Canábis Medicinal — Evolução e Actividade” faz um balanço sobre a evolução das actividades relacionadas com a área da canábis para fins medicinais em Portugal, com dados até Junho de 2022. No documento, encontram-se descritos os indicadores relativos ao número de entidades e ao número global de pedidos, bem como uma grelha com a quantificação das decisões de aptidão documental (pré-licença) e de autorizações emitidas (licença final) para o exercício de actividades de cultivo, fabrico, distribuição, importação, exportação ou fins específicos (como a investigação).

Os principais destaques da análise do Infarmed incluem:

  • número de licenças e pré-licenças atribuídas;
  • quantidades globais exportadas e países destinatários;
  • número de pedidos de Autorizações de Colocação no Mercado (ACM);
  • número de embalagens prescritas em Portugal;
  • resposta a pedidos de informação.

O Cannareporter publicará os dados deste estudo com mais detalhe durante os próximos dias.

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional1 dia atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações2 dias atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional2 dias atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional3 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa3 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional3 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional4 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional4 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional5 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....