Connect with us

Cânhamo

Subprodutos de cânhamo são uma boa alternativa para alimentar cordeiros

Publicado

em

Ouvir este artigo

Um estudo da Oregon State University descobriu que a biomassa de cânhamo – o principal subproduto do processo de extracção de canabinóides do cânhamo – pode ser incluída na dieta de cordeiros sem efeitos prejudiciais na saúde dos animais ou na qualidade da carne. Estas são descobertas significativas para a indústria do cânhamo, porque segundo os investigadores, os resíduos de cânhamo utilizados eram sobrantes da actividade de extracção, sendo por isso uma matéria prima com pouca aplicabilidade.

Os resultados foram publicados recentemente no Journal of Animal Science. No estudo, os investigadores de Oregon alimentaram 35 cordeiros machos com duas quantidades diferentes de biomassa de cânhamo (10% e 20% da ração total) e depois retiraram a biomassa de cânhamo por quatro semanas, criando um período de carência. Em seguida, avaliaram o ganho de peso, características de carcaça do animal, qualidade da carne e parâmetros de saúde dos cordeiros.

As descobertas do estudo demonstraram que a qualidade nutricional da biomassa de cânhamo depois da extracção dos canabinóides está no mesmo nível da alfafa, que é comumente fornecida aos cordeiros e apresenta menor palatabilidade e melhor digestibilidade. O consumo de ração foi afetado negativamente pela alimentação com 20% de biomassa de cânhamo no curto prazo, mas não no longo prazo, enquanto a alimentação com 10% de biomassa de cânhamo aumentou a ingestão de ração a longo prazo. Apesar disso, não foram observados efeitos sobre o peso dos cordeiros.

“À excepção de um aumento na perda por encolhimento no cozimento, que também pode afectar o quão macia a carne é, outros parâmetros relacionados com a qualidade da carcaça e da carne não foram afectados pela alimentação da biomassa de cânhamo. A biomassa de cânhamo afectou o metabolismo de uma forma que não parece prejudicial e melhorou a capacidade antioxidante dos animais. O fígado dos animais não foi afectado, mas observou-se uma diminuição na depuração hepática, a capacidade do fígado de extrair ou metabolizar um fármaco”, refere o estudo. Os autores indicaram que esta descoberta requer mais investigação, pois pode afectar o metabolismo de outras substâncias que podem ser administradas aos cordeiros.

“Embora ainda sejam necessárias mais pesquisas, a biomassa de cânhamo pode ser considerada um alimento seguro para ruminantes e uma boa alternativa à alfafa para o gado, especialmente se apresentar um benefício económico”, disse Serkan Ates, um dos investigadores.

FDA ainda não legalizou o cânhamo para alimentação de animais nos EUA
No entanto, a biomassa de cânhamo não foi legalizada como ração para gado pela Food and Drug Administration (FDA), devido à potencial presença de THC e aos seus potenciais impactos na saúde animal. Assim, o estudo representa, para os autores, um passo no sentido de obter essa aprovação.

“Até onde sabemos, o nosso estudo é o primeiro a avaliar os efeitos da alimentação de biomassa de cânhamo para o gado”, disse Serkan Ates, professor associado da Faculdade de Ciências Agrícolas do Estado de Oregon. “As descobertas são importantes tanto para os produtores de cânhamo quanto para os produtores de gado, pois fornecem evidências de que esse subproduto do cânhamo pode ser usado na dieta do gado.

Se a FDA aprovar seu uso como ração animal, os agricultores de cânhamo poderão ter um mercado para o que é essencialmente um produto residual e os produtores de gado poderão economizar dinheiro, complementando a sua alimentação com a biomassa de cânhamo utilizada.”

De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, nos últimos anos, depois do cânhamo ter sido legalizado como mercadoria agrícola, o seu cultivo cresceu. Em 2021, quase 22 mil hectares de cânhamo foram plantados nos Estados Unidos com um valor total da colheita foi de 824 milhões de dólares. O cânhamo é uma cultura altamente versátil que pode ser usada em têxteis, alimentos, papel e materiais de construção, mas até recentemente era predominantemente cultivado para óleo CBD, que é extraído das flores e folhas da planta de cânhamo. De acordo com os dados de área cultivada do Departamento de Agricultura dos EUA de 2020, 62% do cânhamo cultivado foi cultivado para extracção de CBD.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

+ posts

Sou um dos directores do CannaReporter, que fundei em conjunto com a Laura Ramos. Sou natural da inigualável Ilha da Madeira, onde resido actualmente. Enquanto estive em Lisboa na FCUL a estudar Engenharia Física, envolvi-me no panorama nacional do cânhamo e canábis tendo participado em várias associações, algumas das quais, ainda integro. Acompanho a industria mundial e sobretudo os avanços legislativos relativos às diversas utilizações da canábis.

Posso ser contactado pelo email joao.costa@cannareporter.eu

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Eventos1 semana atrás

CannaTrade regressa a Zurique de 24 a 26 de Maio

A CannaTrade – Feira e Festival Internacional do Cânhamo de Zurique atinge em 2024 a maioridade, celebrando a sua 18ª...

Comunicados de Imprensa1 semana atrás

Grupo SOMAÍ e a sua subsidiária RPK Biopharma ampliam parceria com Cookies para incluir Europa e Reino Unido

LISBOA, PORTUGAL, 16 de maio de 2024 /EINPresswire.com/ — O Grupo SOMAÍ (“SOMAÍ”) e a sua subsidiária, RPK Biopharma expandiram...

Nacional2 semanas atrás

Portugal: Consumo estimado de CBD aumenta, apesar da proibição

O relatório “Cannabis in Portugal”, realizado pela Euromonitor International, divulgou os dados mais recentes sobre a indústria da canábis, os...

Nacional2 semanas atrás

“Canábis. Maldita e Maravilhosa”, de Margarita Cardoso de Meneses, chega às livrarias a 16 de Maio

Margarita Cardoso de Meneses, colaboradora do CannaReporter®, acaba de publicar o livro “Canábis. Maldita e Maravilhosa”, editado pela Oficina do...

Comunicados de Imprensa2 semanas atrás

Montemor-o-Velho: Detido por cultivo de canábis

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Destacamento Territorial de Montemor-o-Velho, hoje, dia 9...

Eventos2 semanas atrás

PTMC – Portugal Medical Cannabis reúne indústria da canábis medicinal a 22 de Maio, em Lisboa

A PTMC – Portugal Medical Cannabis vai reunir os profissionais da indústria da canábis medicinal no próximo dia 22 de...

Corporações2 semanas atrás

EUA: MedMen declara falência com 400 milhões de dólares de dívidas

A gigante norte-americana da canábis MedMen entrou em colapso sob o peso da sua dívida, anunciando na semana passada que...

Notícias3 semanas atrás

Estudo revela que legalização da canábis não aumenta consumo de outras substâncias

Um dos argumentos mais usados contra a legalização da canábis para uso adulto ou recreativo tem sido a ideia de...

Cânhamo3 semanas atrás

Letónia: Hemp School, da Obelisk Farm, é finalista do Prémio EFT Green Skills 2024

A Obelisk Farm continua a ser reconhecida mundo fora pela sua abordagem sui generais à exploração do cânhamo industrial. O projecto familiar, que...

Eventos3 semanas atrás

EUA: CannMed 24 Innovation & Investment Summit regressa a Marco Island, na Florida, de 12 a 15 de Maio

É uma das mais importantes conferências científicas sobre a indústria da canábis medicinal e regressa a Marco Island, na Florida,...