Connect with us
Publicidade
Publicidade

Nacional

Portugal: Barco da Unidade de Controlo Costeiro desaparece após apreensão de 1.700kg de haxixe

Publicado

em

Uma Embarcação de Alta Velocidade (EAV) da Unidade de Controlo Costeiro, denominada “Alcoutim”, desapareceu do porto de Vila Real de Santo António, após uma operação de apreensão de mais de 1.700 kg de haxixe. A operação decorreu no passado dia 29 de Outubro, no Rio Guadiana, e até hoje ainda não se sabe o paradeiro do barco.

Segundo reporta a revista Visão, o alegado furto terá ocorrido durante uma acção de patrulha no Rio Guadiana, na qual os militares da Equipa de Patrulhamento e Intervenção Marítima da Unidade de Controlo Costeiro de Vila Real de Santo António apreenderam cerca de 1.700kg de haxixe. A embarcação desaparecida encontrava-se atracada no cais, que está fechado e vedado ao público, já que se trata de um cais de uso exclusivo da GNR. As autoridades acreditam que o acesso terá sido feito por via marítima, dentro do Porto de Pesca.

De imediato, e contando ainda com a ajuda da Guardia Civil espanhola, foram tomadas as devidas diligências no sentido de tentar localizar e reaver a embarcação. No entanto, até ao momento, a mesma continua desaparecida.

A operação de apreensão da GNR

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Vila Real de Santo António, apreendeu no dia 29 de Outubro mais de 1.700 kg de haxixe no Rio Guadiana, no concelho de Vila Real de Santo António.

De acordo com o comunicado de Imprensa da GNR, “no âmbito da sua missão de vigilância, controlo e patrulhamento da costa e mar territorial, em particular no combate ao tráfico de estupefacientes por via marítima, o Sistema Integrado de Vigilância, Comando e Controlo (SIVICC) detectou, durante a madrugada, uma embarcação de alta velocidade, equipada com quatro motores de alta potência, a navegar em ocultação de luzes e com um comportamento suspeito em direção à Barra de Vila Real de Santo António.

Face às suspeitas levantadas, de imediato foi mobilizada uma Equipa Marítima da UCC para o local, com o intuito de se proceder à abordagem da embarcação. Durante o seguimento, já no rio Guadiana, a embarcação suspeita inverteu o rumo, lançou borda fora a carga que transportava e seguiu rumo a Sul, sem que fosse possível efetuar a sua intercepção.

Durante a manhã, várias patrulhas marítimas e terrestres recolheram os fardos de haxixe nas imediações do Rio Guadiana e na praia de Santo António”.

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional1 dia atrás

High Tide e Sanity Group unem forças para a legalização na Alemanha

A High Tide Inc., uma empresa canadiana especializada na distribuição de acessórios para fumadores e produtos ligados ao consumo de...

Internacional1 dia atrás

Suíça iniciou vendas legais de canábis com software de rastreio focado na transparência

Após 6 meses de atraso, a Suíça está pronta a fazer história com a venda legal de canábis no país,...

Internacional1 dia atrás

Argentina cria Agência Regulatória da Indústria do Cânhamo e da Canábis Medicinal

A Argentina deu um passo ousado no sentido de se tornar um actor importante no mercado global da canábis, ao...

Internacional2 dias atrás

Como vão funcionar as associações de canábis em Malta?

A Autoridade para o Uso Responsável de Canábis (ARUC), entidade Maltesa com responsabilidade na regulamentação da indústria legal e recreativa...

Corporações2 dias atrás

Organigram notificada pela Nasdaq por falhar valor mínimo de negociação

A Organigram Holdings Inc. foi notificada pela Nasdaq de que terá até ao próximo mês de Julho para atingir o...

Cânhamo3 dias atrás

EUA: FDA recusa regulamentar CBD devido a preocupações de segurança

A Food and Drug Administration (FDA) rejeitou iniciar o processo de regulamentação do CBD em produtos alimentares, por não considerar...

Internacional3 dias atrás

Hong Kong: Proibição do CBD entra em vigor a 1 de Fevereiro, com multas milionárias e penas de prisão perpétua

Hong Kong vai classificar oficialmente o Canabidiol (CBD) como uma “droga perigosa” já a partir desta quarta-feira, 1 de Fevereiro,  e...

Internacional6 dias atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa1 semana atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações1 semana atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...