Connect with us

Cânhamo

ONU destaca potencial económico e social do cânhamo industrial

Publicado

em

Ouvir este artigo

O cânhamo industrial é o grande destaque da 16ª publicação da série “Commodities at a Glance”, um relatório publicado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD). O documento enaltece o papel do cânhamo industrial na economia e na sociedade e recomenda aos governos medidas claras de distinção do cânhamo industrial da canábis, pedindo que promovam igualmente a utilização integral da planta. O mercado global de cânhamo pode atingir os 18 mil milhões de euros até 2027.

O sector do cânhamo industrial foi, mais uma vez, reconhecido pelo seu potencial, crescimento e aplicações mas também, e fundamentalmente, por tudo aquilo que ainda está por fazer, revela um novo documento da ONU (Organização das Nações Unidas). O relatório publicado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) explica como os países em desenvolvimento podem explorar o potencial económico e social do cânhamo e como estes se reflectem nas estatísticas internacionais de produção e comércio.

Com base nas experiências práticas actuais e no conhecimento empírico, a ONU sugere passos que podem ser dados pelos países onde o clima e as características agronómicas são favoráveis ao seu cultivo, a fim de explorar de forma plena o potencial do cânhamo industrial. Um exemplo específico de medidas é a distinção positiva do status legal do cânhamo, que o diferencie claramente da ‘canábis intoxicante’. Sensibilização semelhante é referida quanto à estratégia de desenvolvimento sectorial, que deve centrar-se em explorar a planta integralmente. Essa abordagem pode contribuir para a criação de cadeias produtivas que contribuam para o crescimento das áreas rurais, da manufactura e da indústria de processamento de alimentos, para um sector que projecta um crescimento de 5 para 15 mil milhões de euros em 5 anos.

Contando com a participação e colaboração de Francesco Mirizzi e Kenzi Riboulet-Zemouli, além de comentários de Lorenza Romanese, da Associação Europeia do Cânhamo Industrial, o relatório está organizado em 6 capítulos.

Capítulo 1: Introdução

Capítulo 2: Apresenta as definições e taxonomia relacionadas com a espécie Cannabis L., seguidas de uma descrição das suas propriedades botânicas e características ecológicas. O capítulo termina com uma avaliação dos tratados internacionais que regulam a produção industrial de cânhamo.

Capítulo 3: Discute a cadeia de valor do sector do cânhamo industrial. Descreve as opções de produção e as restrições que os principais produtores enfrentam. Seguidamente, analisa os possíveis desafios e oportunidades para os processadores. Por fim, o capítulo analisa o efeito das preferências dos consumidores e sua evolução nas tendências do mercado.

Capítulo 4: Apresenta alguns factos e números sobre a produção de cânhamo, seguidos de informações relacionadas com o comércio internacional de produtos de cânhamo. A última secção discute tarifas e nomenclaturas relacionadas com o comércio de cânhamo.

Capítulo 5: Discute os preços dos produtos industriais de cânhamo, com base em valores unitários comerciais e preços publicados pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e várias outras fontes.

Capítulo 6: Destaca questões políticas a serem consideradas pelos governos para promover o desenvolvimento do cânhamo industrial.

O relatório apresenta ainda Portugal como o terceiro maior importador de fibra de cânhamo na Europa (proveniente maioritariamente da China e da Tunísia), ao lado da Itália, que é o maior exportador da Europa. Portugal foi dos primeiros a exportar cânhamo para o Canadá, no entanto, de momento, as quantidades exportadas não têm expressão.

As matérias primas são produtos derivados da produção agrícola ou da produção mineral que ainda não foram transformados: produtos agrícolas, bebidas tropicais, energia, minerais, minérios e metais. A série “Commodities at a Glance” (resumo sobre as matérias primas, tradução livre) visa recolher, apresentar e divulgar informações estatísticas precisas e relevantes relacionadas com os mercados internacionais de matérias primas primárias, num formato claro, conciso e de fácil leitura.

UN_HEMP

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Sou um dos directores do CannaReporter, que fundei em conjunto com a Laura Ramos. Sou natural da inigualável Ilha da Madeira, onde resido actualmente. Enquanto estive em Lisboa na FCUL a estudar Engenharia Física, envolvi-me no panorama nacional do cânhamo e canábis tendo participado em várias associações, algumas das quais, ainda integro. Acompanho a industria mundial e sobretudo os avanços legislativos relativos às diversas utilizações da canábis.

Posso ser contactado pelo email joao.costa@cannareporter.eu

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional2 dias atrás

Alemanha aprova o primeiro clube social de canábis após a legalização

A Ministra da Agricultura da Baixa Saxónia, Miriam Staudte, anunciou esta segunda-feira que o seu gabinete autorizou o primeiro clube...

Cânhamo4 dias atrás

Tailândia cada vez mais perto de reclassificar a canábis e o cânhamo como substâncias controladas

A Tailândia deu mais um passo decisivo no sentido de voltar a proibir a canábis no país. Na passada sexta-feira,...

Internacional1 semana atrás

Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT) passa a ser Agência da União Europeia das Drogas (EUDA)

A 2 de Julho de 2024 o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (EMCDDA) passará a ser a Agência...

Eventos2 semanas atrás

ICRS – International Cannabinoid Research Society reúne médicos e investigadores em Salamanca para o 34º Simpósio sobre Canabinoides

Se pensa que a investigação com canábis é algo recente e que inda não há estudos suficientes… pense outra vez! É...

Crónica2 semanas atrás

Terroir 101 – Uma Introdução

Este artigo inicia uma série sobre temas necessários para os que acreditam que esta planta merece ser reverenciada e elevada...

Eventos3 semanas atrás

Editora do CannaReporter®, Laura Ramos, nomeada “Jornalista do Ano” nos prémios Business of Cannabis

A indústria da canábis está prestes a reunir-se em Londres para dois dias de Cannabis Europa e uma noite de...

Comunicados de Imprensa3 semanas atrás

Cannabis Europa recebe líderes europeus e norte-americanos em Londres para capitalizar o mercado europeu da canábis

A indústria norte-americana de canábis está a criar um movimento significativo através do Atlântico, à medida que os líderes deste...

Internacional4 semanas atrás

Polícia alemã esclarece que não sugeriu consumo de canábis (em vez de álcool) aos adeptos ingleses do Euro 2024

A polícia de Gelsenkirchen, na Alemanha, foi citada numa notícia onde afirmou que as atenções estariam mais centradas nos adeptos...

Eventos4 semanas atrás

Substâncias sintéticas ameaçam enorme sucesso da Mary Jane Berlin

Era expectável que esta edição da Mary Jane Berlin fosse a maior concentração de sempre da comunidade da canábis na...

Nacional4 semanas atrás

ICAD promove inquérito europeu sobre consumo de drogas em Portugal

O Instituto para os Comportamentos Aditivos e as Dependências (ICAD) iniciou a 4ª edição do European Web Survey on Drugs...