Connect with us
Publicidade
Publicidade

Cânhamo

ONU destaca potencial económico e social do cânhamo industrial

Publicado

em

O cânhamo industrial é o grande destaque da 16ª publicação da série “Commodities at a Glance”, um relatório publicado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD). O documento enaltece o papel do cânhamo industrial na economia e na sociedade e recomenda aos governos medidas claras de distinção do cânhamo industrial da canábis, pedindo que promovam igualmente a utilização integral da planta. O mercado global de cânhamo pode atingir os 18 mil milhões de euros até 2027.

O sector do cânhamo industrial foi, mais uma vez, reconhecido pelo seu potencial, crescimento e aplicações mas também, e fundamentalmente, por tudo aquilo que ainda está por fazer, revela um novo documento da ONU (Organização das Nações Unidas). O relatório publicado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) explica como os países em desenvolvimento podem explorar o potencial económico e social do cânhamo e como estes se reflectem nas estatísticas internacionais de produção e comércio.

Com base nas experiências práticas actuais e no conhecimento empírico, a ONU sugere passos que podem ser dados pelos países onde o clima e as características agronómicas são favoráveis ao seu cultivo, a fim de explorar de forma plena o potencial do cânhamo industrial. Um exemplo específico de medidas é a distinção positiva do status legal do cânhamo, que o diferencie claramente da ‘canábis intoxicante’. Sensibilização semelhante é referida quanto à estratégia de desenvolvimento sectorial, que deve centrar-se em explorar a planta integralmente. Essa abordagem pode contribuir para a criação de cadeias produtivas que contribuam para o crescimento das áreas rurais, da manufactura e da indústria de processamento de alimentos, para um sector que projecta um crescimento de 5 para 15 mil milhões de euros em 5 anos.

Contando com a participação e colaboração de Francesco Mirizzi e Kenzi Riboulet-Zemouli, além de comentários de Lorenza Romanese, da Associação Europeia do Cânhamo Industrial, o relatório está organizado em 6 capítulos.

Capítulo 1: Introdução

Capítulo 2: Apresenta as definições e taxonomia relacionadas com a espécie Cannabis L., seguidas de uma descrição das suas propriedades botânicas e características ecológicas. O capítulo termina com uma avaliação dos tratados internacionais que regulam a produção industrial de cânhamo.

Capítulo 3: Discute a cadeia de valor do sector do cânhamo industrial. Descreve as opções de produção e as restrições que os principais produtores enfrentam. Seguidamente, analisa os possíveis desafios e oportunidades para os processadores. Por fim, o capítulo analisa o efeito das preferências dos consumidores e sua evolução nas tendências do mercado.

Capítulo 4: Apresenta alguns factos e números sobre a produção de cânhamo, seguidos de informações relacionadas com o comércio internacional de produtos de cânhamo. A última secção discute tarifas e nomenclaturas relacionadas com o comércio de cânhamo.

Capítulo 5: Discute os preços dos produtos industriais de cânhamo, com base em valores unitários comerciais e preços publicados pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e várias outras fontes.

Capítulo 6: Destaca questões políticas a serem consideradas pelos governos para promover o desenvolvimento do cânhamo industrial.

O relatório apresenta ainda Portugal como o terceiro maior importador de fibra de cânhamo na Europa (proveniente maioritariamente da China e da Tunísia), ao lado da Itália, que é o maior exportador da Europa. Portugal foi dos primeiros a exportar cânhamo para o Canadá, no entanto, de momento, as quantidades exportadas não têm expressão.

As matérias primas são produtos derivados da produção agrícola ou da produção mineral que ainda não foram transformados: produtos agrícolas, bebidas tropicais, energia, minerais, minérios e metais. A série “Commodities at a Glance” (resumo sobre as matérias primas, tradução livre) visa recolher, apresentar e divulgar informações estatísticas precisas e relevantes relacionadas com os mercados internacionais de matérias primas primárias, num formato claro, conciso e de fácil leitura.

UN_HEMP

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Comunicados de Imprensa15 horas atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações15 horas atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional19 horas atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional2 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional2 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional3 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional3 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional4 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....

Corporações6 dias atrás

Portugal: Tribunal de Santarém declara insolvência da VF1883

A VF1883 Pharmaceuticals, uma empresa produtora de canábis medicinal com sede em Benavente, foi declarada insolvente pelo Tribunal de Santarém. A...