Connect with us

Nacional

Portugal: Líder da Juventude Socialista desafia governo a aproveitar maioria para legalizar a canábis

Publicado

em

Ouvir este artigo
Miguel Costa Matos e António Costa durante o XXIII Congresso Nacional da Juventude Socialista. Foto: D.R.

O vice-presidente do Grupo Parlamentar do Partido Socialista, Miguel Costa Matos, sugeriu ao governo português que aproveite a maioria absoluta que detém na Assembleia da República para legalizar a canábis. Miguel Costa Matos falou durante o Congresso Nacional da Juventude Socialista, que terminou ontem em Braga, e onde foi reeleito para a liderança da JS.

As reuniões do XXIII Congresso Nacional da Juventude Socialista (JS), que decorreu este fim-de-semana em Braga, terminaram ontem, Domingo, com Miguel Costa Matos a garantir a sua continuidade aos comandos da JS. Matos fez também algumas recomendações ao governo português, liderado por António Costa, nomeadamente em relação à legalização da canábis para fins recreativos.

Para o Secretário Geral da JS, a legalização da canábis é justamente uma questão “estruturante” na área da saúde, refutando que seja um assunto “fracturante”. O Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do Partido Socialista foi mais longe e desafiou o Governo Português a “aproveitar esta maioria absoluta do Partido Socialista para fazer avançar [a legalização]”.

10 membros da JS subscrevem proposta pela legalização

Foi apresentado perante o congresso uma proposta subscrita por 10 membros da JS, intitulado “LEGALIZAÇÃO DA CANNABIS COMO MOTRIZ DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL”. O documento, que enquadra a legalização da canábis na temática da “Dignidade e Liberdade”, propõe:

  • Legalização da cannabis para cultivo e consumo recreativo;
  • Investimento público na inovação na indústria da cannabis, permitindo o desenvolvimento e crescimento da indústria nacional numa fase inicial;
  • Criação de programas de incentivo à investigação e inovação na área do cultivo sustentável de cannabis;
  • Consagração da indústria da cannabis no Plano de Ação para a Economia Circular;
  • Desenvolvimento de regulação e medidas que permitam o controlo de qualidade da produção de cannabis.

O documento foi subscrito maioritariamente por membros de Portalegre (João Correia, João Carrapiço Freira, Cristina Azeitona Narciso, Martim José Calisto Serafim Carvalho, Eduardo Garção Cordeiro, Lúcia Isabel da Costa Oliveira, Maria Carolina Barradas Nobre, Margarida Caldeira Parente). A estes juntaram-se Miguel Alexandre Carvalho Camões, de Elvas, Duarte Miguel Sias Vivas de Campo Maior.

89-LEGALIZAÇÃO-DA-CANNABIS-COMO-MOTRIZ-DE-DESENVOLVIMENTO-SUSTENTÁVEL

Uma questão estruturante na Saúde Pública

Para Miguel Costa Matos, a legalização é estruturante na saúde pública por permitir “controlarmos, regularmos, fiscalizarmos a substância que é hoje entregue às ruas. É legislarmos pela evidência, é partirmos dos exemplos do Canadá, do Uruguai, de alguns estados dos Estados Unidos da América, vai ser o caso da Alemanha, vai ser o caso da Malta”, acrescentou.

“Ecologia, progresso e esquerda” será o mote que acompanhará a segunda candidatura de Miguel Costa Matos ao cargo de secretário-geral da JS, depois de um primeiro mandato em que reivindica ter alcançado vários “avanços legislativos”.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Sou um dos directores do CannaReporter, que fundei em conjunto com a Laura Ramos. Sou natural da inigualável Ilha da Madeira, onde resido actualmente. Enquanto estive em Lisboa na FCUL a estudar Engenharia Física, envolvi-me no panorama nacional do cânhamo e canábis tendo participado em várias associações, algumas das quais, ainda integro. Acompanho a industria mundial e sobretudo os avanços legislativos relativos às diversas utilizações da canábis.

Posso ser contactado pelo email joao.costa@cannareporter.eu

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional2 dias atrás

Polícia alemã esclarece que não sugeriu consumo de canábis (em vez de álcool) aos adeptos ingleses do Euro 2024

A polícia de Gelsenkirchen, na Alemanha, foi citada numa notícia onde afirmou que as atenções estariam mais centradas nos adeptos...

Eventos3 dias atrás

Substâncias sintéticas ameaçam enorme sucesso da Mary Jane Berlin

Era expectável que esta edição da Mary Jane Berlin fosse a maior concentração de sempre da comunidade da canábis na...

Nacional4 dias atrás

ICAD promove inquérito europeu sobre consumo de drogas em Portugal

O Instituto para os Comportamentos Aditivos e as Dependências (ICAD) iniciou a 4ª edição do European Web Survey on Drugs...

Eventos5 dias atrás

Maren Krings, autora do livro “H is for Hemp”, apresenta documentário sobre a Ucrânia hoje, em Lisboa

Maren Krings, fotojornalista e autora do livro “H is for Hemp” está hoje em Lisboa para apresentar o seu novo...

Internacional7 dias atrás

EUA: Pediatra Bonni Goldstein lança petição contra a proibição de medicamentos de CBD natural na Califórnia

A pediatra norte-americana Bonni Goldstein está a alertar para a tentativa de proibição de medicamentos derivados de CBD natural na...

Internacional7 dias atrás

Europa tem quase 23 milhões de utilizadores de canábis, a mais consumida de todas as substâncias ilícitas

A canábis continua a ser, de longe, a substância ilícita mais consumida na Europa. Estas são as conclusões do “Relatório...

Eventos1 semana atrás

Mary Jane celebra a cultura da canábis legal pela primeira vez na Alemanha

É já no próximo fim-de-semana, de 14  16 de Junho, que se realiza a já habitual Mary Jane, na Messe...

Eventos2 semanas atrás

CB Club reúne profissionais da canábis antecipando a Mary Jane, em Berlim

A antecipar a CB Expo (Cannabis Business Expo and Conference), que acontecerá em Dortmund, em Setembro, a CB Company vai...

Reportagem2 semanas atrás

África do Sul: a legalização de uma indústria que já prospera

Nas semanas que antecederam as eleições para Assembleia Geral na África do Sul, na passada quarta-feira, 29 de Maio, havia...

Entrevistas2 semanas atrás

Rui Reininho: “Eu acho esquisitíssimo andarem os meus colegas da GNR a meter o nariz nas propriedades das pessoas a ver o que é que esta planta faz”

Rui Reininho, músico português que ficou famoso enquanto vocalista dos GNR, dispensa apresentações. Ao contrário do que muitos pensam, não fundou...