Connect with us
Publicidade
Publicidade

Cânhamo

Nações Unidas realizam workshop sobre o cânhamo como matéria prima

Publicado

em

Foto: D.R. | ONU

A secção de Commodities da UNCTAD (Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento), que  produziu recentemente um relatório sobre o cânhamo industrial, vai realizar um workshop sobre as propriedades ecológicas e o potencial económico do cânhamo na Suíça. O evento decorre em Janeiro no ‘Palais des Nations’, em Genebra, e conta com vários especialistas e membros da indústria do cânhamo industrial.

O workshop, que será realizado na sala XXI do Palais des Nations, em Genebra, na Suíça, terá um programa dedicado ao cânhamo industrial enquanto matéria prima. O evento dispõe de interpretação simultânea em inglês e francês e também será realizado por via telemática (o link será fornecido por e-mail um dia antes do evento aos participantes inscritos).

A formação é aberta a todos os Estados membros da UNCTAD. Outras organizações, incluindo agências especializadas, órgãos inter-governamentais e organizações não governamentais nas categorias geral e especial, bem como a academia e o sector privado, podem participar como observadores.

Como efectuar o registo

A inscrição online é obrigatória para os que pretendem assistir à reunião. O registo para o evento requer o upload de um documento que nomeia o participante a representar uma organização. As questões devem ser dirigidas à secção das Commodities da UNCTAD, Palais des Nations, por telefone: +41 22 917 6286 / +41 22 917 5261) ou por e-mail: commodities@unctad.org

HEMP_18_January_23___Concept_note

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional11 horas atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa1 dia atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações1 dia atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional2 dias atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional2 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional3 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional4 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional4 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional4 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....