Connect with us
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Corporações

Portugal: Abrantes aprova projecto para “viveiro” de canábis para fins medicinais

Publicado

em

Clones de canábis. Foto: D.R. | THGrow

Nota: O artigo foi editado no dia 31 de Janeiro de 2023 pelas 21:48 para incluir rectificações e declarações de Michael Parkes, CEO da Canguru Foods Lda.

A Câmara Municipal de Abrantes aprovou a candidatura à aquisição de uma parcela com mais de 6 mil metros quadrados no Parque Industrial de Abrantes por parte da empresa Canguru Foods Lda. Em vista está o desenvolvimento do projecto Bios MCN, um projecto inovador que pretende instalar um viveiro dedicado a fornecer clones de plantas de canábis às empresas licenciadas e que poderá criar 28 postos de trabalho até 2028.

Um novo projecto no sector da canábis medicinal poderá estar a nascer em Abrantes. Na reu­nião de Câ­mara re­a­li­zada no dia 10 de Ja­neiro de 2023 foi apro­vada a can­di­da­tura para aqui­sição de uma par­cela com a área de 6.241,81 m2 no Parque In­dus­trial de Abrantes, pela em­presa Can­guru Foods Lda.

Trata-se da empresa que leva a cabo o projecto Bios MCN, que procura apoiar as entidades produtoras de canábis medicinal, re­du­zindo os riscos e os custos do cul­tivo co­mer­cial. A empresa, com foco no início da cadeia de produção, produz e fornece clones de canábis a outras empresas licenciadas. O projecto é desenvolvido por Michael Parkes, CEO e fundador da empresa enquanto simultaneamente é investigador e realiza o seu doutoramento no Instituto Superior Técnico, em Lisboa.

A em­presa propõe ins­talar a sua ati­vi­dade em Abrantes para o de­sen­vol­vi­mento do pro­jeto Bios MCN (Me­dical Can­nabis Nur­se­ries), um for­ne­cedor bu­si­ness-to-bu­si­ness (B2B) de clones de ca­nábis. A aqui­sição da par­cela de zona in­dus­trial é destinada à pos­te­rior cons­trução da sua uni­dade pro­du­tiva e la­bo­ra­to­rial, num in­ves­ti­mento que ronda os 3 mi­lhões de euros. O projecto prevê igualmente a cri­ação de 25 a 30 postos de tra­balho até ao ano de 2028.

Actu­al­mente, a empresa en­contra-se em apro­vação junto do IN­FARMED, nomeadamente a respeito do pro­cesso de au­to­ri­zação para cul­tivo da planta da ca­nábis para fins me­di­ci­nais. “Assim que es­teja con­cluído, a em­presa irá dar início aos tra­ba­lhos de pre­pa­ração do lote e cons­trução do edi­fício na zona in­dus­trial de Abrantes”, lê-se no comunicado da Câmara Municipal de Abrantes.

Para o Pre­si­dente da Câ­mara Mu­ni­cipal de Abrantes, Ma­nuel Jorge Va­la­matos, “é com grande agrado que vemos a ins­ta­lação deste la­bo­ra­tório na nossa zona in­dus­trial, junto ao Parque de Ci­ência e Tec­no­logia”.

A Can­guru Foods tem como sócio ge­rente e maioritário Mi­chael Graham Parkes, ci­en­tista de sis­temas al­ta­mente qua­li­fi­cado com mais de 15 anos de ex­pe­ri­ência em grandes or­ga­ni­za­ções com­plexas nos se­tores da ali­men­tação, te­le­co­mu­ni­ca­ções e energia. A empresa,  conta igualmente com o seu cofundador, Paulo Pereira, neste que é o quinto ano de actividade.

A companhia, que já surgiu na imprensa como parceira da Nova SBE, para a realização de um projecto de uma horta urbana através do desenvolvimento de uma tecnologia de cultivo em interior integrado nos edifícios, num crowdfunding criado para o efeito. O CEO da empresa revela, precisamente no vídeo divulgado com as actualizações sobre o primeiro trimestre de 2023, que a companhia passou por vários modelos de negócio até entrar no mundo da canábis medicinal.

A empresa acabou por alterar o rumo das operações em 2022, quando permitiu a entrada de outros accionistas, como a sociedade P8G Group Lda., Paulo André Silvestre dos Santos Vital Pereira, a sociedade Ideias Breves – Unipessoal Lda. e Rebekah Anne O’Rourke, cônjuge de Michael.

Em comunicado aos investidores, através do YouTube, o CEO da empresa anunciou o investimento na canábis medicinal como algo benéfico para a companhia: “é a área da saúde, está em crescimento”. Michael Parkes prevê também a sua ex­pansão na área da in­ves­ti­gação que, pela sua pro­xi­mi­dade com o Ta­gus­valley – Parque de Ci­ência e Tec­no­logia de Abrantes, irá criar uma si­nergia para ino­va­ções tec­no­ló­gicas e permitirá, potencialmente, a publicação de mais artigos científicos sobre a propagação e os sistemas de propagação utilizados pela Canguru.

“Estamos muito entusiasmados com a oportunidade apresentada por esta excelente localização em Abrantes.”

Em declarações ao Cannareporter, a Michael Parkes, CEO da empresa mostrou entusiasmo com o rumo do projecto na área da canábis medicinal e afirmou que “Nos próximos 5 anos iremos desenvolver talentos em sistemas integrados, biociências e genética de canábis, de forma a promover a sustentabilidade dos sectores e construir resiliência na cadeia de abastecimento de canábis medicinal em Portugal”.

PD_01_10JAN2023

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional4 horas atrás

Espanha: Ministro da Saúde diz que informação sobre canábis medicinal é “insuficiente” e que não pode “recomendar a sua utilização”

O Ministro da Saúde espanhol, José María Miñones, disse hoje na Câmara dos Deputados de Espanha que, além da espasticidade...

Internacional10 horas atrás

Áustria adiciona HHC à lista de substâncias psicoactivas

O consumo de produtos que contêm hexahydrocannabinol (HHC) na Áustria tem vindo a aumentar. No entanto, e uma vez que...

Cânhamo11 horas atrás

Espanha: Congresso aprova proposta não legislativa para regulamentação do cânhamo industrial

A Comissão de Agricultura do Congresso dos Deputados em Espanha aprovou  uma proposta não legislativa (PNL) apresentada pela Unidas Podemos,...

Internacional3 dias atrás

Afeganistão: Regime Talibã proíbe cultivo de canábis e cânhamo em todo o país

Os Talibãs promulgaram recentemente uma lei que proíbe o cultivo de canábis e de cânhamo em todo o Afeganistão, de...

Nacional3 dias atrás

Portugal: Movimento Mães pela Canábis convoca Marcha para o dia 2 de Abril, em Lisboa

“Uma planta de todos, para todos!” é o mote que o Movimento Mães pela Canábis vai levar às ruas de...

Eventos3 dias atrás

África do Sul: O papel fulcral dos “Sangomas” no processo de legalização da canábis

A terceira edição da The Cannabis Expo realizou-se este fim-de-semana na Cidade do Cabo e acolheu  centenas de participantes. Desde 2019...

Eventos4 dias atrás

Argentina: Mar del Plata acolhe Expo da indústria de canábis e cânhamo de 7 a 9 de Abril

A cidade de Mar del Plata, em Buenos Aires, Argentina, recebe nos dias 7, 8 e 9 de Abril a...

Internacional5 dias atrás

Suiça: Zurique avança com projecto piloto de venda de canábis a adultos residentes

O governo da Suíça deu luz verde à cidade de Zurique para lançar um programa experimental que irá autorizar o...

Eventos6 dias atrás

África do Sul: The Cannabis Expo regressa este fim-de-semana à Cidade do Cabo

À medida que a indústria da canábis vive um crescimento sem precedentes, sem esquecer o continente africano, a The Cannabis Expo vai...

Entrevistas1 semana atrás

Spannabis acolheu mais de 25.000 visitantes na sua 19ª edição

Entre os dias 10 e 12 de Março Barcelona foi palco da 19ª edição da Spannabis, o maior evento mundial...