Connect with us
Publicidade
Publicidade

Corporações

Portugal: Tribunal de Santarém declara insolvência da VF1883

Publicado

em

A VF1883 Pharmaceuticals, uma empresa produtora de canábis medicinal com sede em Benavente, foi declarada insolvente pelo Tribunal de Santarém. A sentença de declaração de insolvência, requerida por um dos mais de 80 credores da empresa, foi proferida no dia 23 de Novembro de 2022 e transitou agora em julgado, em Janeiro de 2023. Segundo informações exclusivas a que o Cannareporter teve acesso, a administração da VF1883 terá até Março para apresentar um plano de insolvência. 

A VF1883 Pharmaceuticals já havia desaparecido da listagem de empresas licenciadas pelo Infarmed para produção de canábis em 2022. O início deste processo de insolvência, a par da impossibilidade de desenvolver as actividades previstas, evidenciam sinais de algumas dificuldades na empresa, que está agora sob o olhar atento dos credores.

A decisão judicial, que ocorreu a 23 de Novembro de 2022 e transitou em julgado em Janeiro de 2023, após as férias judiciais, foi proferida pela Juíza Carla Santos Ribeiro. De acordo com os dados constantes no portal de consultas da plataforma Citius, a juíza deu procedência às fundamentações da requerente, a empresa Fluxoterm – Climatização, Lda., uma empresa de climatização sediada nas imediações de Leiria. Com a sentença de declaração de insolvência, foi constituída uma assembleia de credores e nomeado um administrador de insolvência.

VF1883 tem mais de 80 credores

Em Novembro, aquando da decisão do tribunal, foi definido como Administrador de Insolvência Manuel Reinaldo Mâncio da Costa e foi também definida a data para a realização da assembleia de credores, que decorreu no passado dia 19 de Janeiro, e juntou as empresas que reclamavam pagamentos em falta da companhia. O processo de insolvência, então aberto, reúne mais de 80 credores, de acordo com os dados publicados no mesmo portal do Ministério da Justiça.

Na lista consultada pelo CannaReporter, encontram-se quer individuais, quer empresas e até mesmo entidades como Segurança Social e Autoridade Tributária. Serão estes que irão compor a assembleia de credores, em conjunto com representantes dos funcionários da companhia. O CannaReporter desconhece se foi activado o mecanismo de Fundo de Garantia Salarial da Segurança Social.

Assembleia de credores aconteceu a 19 de Janeiro

A Assembleia de Credores da VF1883 decorreu no dia 19 de Janeiro, tendo-se destinado a decidir o futuro da empresa e analisar o relatório realizado pelo administrador de insolvência. De acordo com informações exclusivas, a assembleia de credores prescindiu de realizar uma liquidação da empresa. Desta reunião resultou, alegadamente, uma concessão dos credores à administração da VF1883, dando-lhe a oportunidade de apresentar um plano de insolvência.

A empresa poderá, assim, continuar a desenvolver as suas actividades, tendo que apresentar à assembleia de credores um plano relativo à reestruturação das suas actividades e respectivos custos. O plano, que será deliberado pela assembleia de credores, terá que ser apresentado pela direcção dentro de dois meses. Em Março, os credores irão analisar o plano de insolvência e decidir o futuro da VF1883.

O projecto da empresa, anunciado em 2019, previa a criação de 250 postos de trabalho directos e, no final da implantação, mais de 600 empregos. No entanto, em 2021 0 presidente do município de Benavente, que deu parecer favorável prévio para a instalação de 10 pavilhões de secagem, seis estufas e vários edifícios de apoio, afirmou em 2021 ao Jornal O Mirante que o emprego gerado foi, afinal, “muito residual”.

Edital

Publicidade
Publicidade

Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional12 horas atrás

Japão dá passos para legalizar o uso medicinal de canábis

O governo do Japão está a considerar uma revisão da sua Lei de Controlo da Canábis, que permitiria o uso...

Comunicados de Imprensa1 dia atrás

EUA: Curaleaf encerra operações na Califórnia, Colorado e Oregon

A Curaleaf Holdings anunciou hoje em comunicado de Imprensa o encerramento proactivo da maioria das suas operações na Califórnia, Colorado...

Corporações1 dia atrás

Bedrocan expande produção de canábis medicinal para a Dinamarca

O produtor holandês de canábis medicinal Bedrocan vai abrir uma nova instalação na Dinamarca, de forma a responder à procura...

Internacional2 dias atrás

Malta: Registo para obter licenças de canábis inicia a 28 de Fevereiro

Já passou quase um ano desde que Malta aprovou a legislação para regulamentar o uso adulto da canábis, permitindo a posse...

Internacional2 dias atrás

França dá um passo em frente na legalização da canábis

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado...

Comunicados de Imprensa2 dias atrás

Suíça: Linnea obtém licença para produção e exportação de API’s com alto teor de THC

A Linnea SA obteve a licença de narcóticos da Swissmedic, a equivalente suíça ao Infarmed I.P., tornando-a numa das primeiras...

Internacional3 dias atrás

Alemanha pretende concluir projecto de lei e parecer técnico sobre a legalização até final de Março

O projecto de lei do governo alemão para a legalização da canábis deverá estar concluído até ao final de Março,...

Internacional4 dias atrás

EUA: Supremo Tribunal do Arizona decide que uso de canábis medicinal durante a gravidez não constitui negligência infantil

O Supremo Tribunal do Arizona decidiu que o uso materno de canábis para enjôos matinais não constitui negligência infantil, avançou a...

Internacional4 dias atrás

República Checa: Projecto para a legalização do uso adulto poderá ser apresentado já em Março

A legislação que regulamentará a canábis para fins recreativos na República Checa poderá ver a luz do dia dentro de...

Nacional5 dias atrás

Clever Leaves despede 63 pessoas e sai de Portugal

A Clever Leaves anunciou hoje que vai abandonar as suas operações em Portugal, tendo procedido ao despedimento colectivo de 63 trabalhadores....