Connect with us

Internacional

França dá um passo em frente na legalização da canábis

Publicado

em

Ouvir este artigo

O Conselho Económico, Social e Ambiental (Cese) de França propôs uma “legalização supervisionada” da canábis, num esforço para “ser orientado por objectivos de saúde pública” e para ” debilitar e enfraquecer o mais possível” o comércio ilegal de drogas, noticiou o Le Parisien. A proposta, que foi aprovada por todos os membros do Conselho, criaria empresas legais, que seriam obrigadas a obter uma licença e a seguir uma formação obrigatória em prevenção e redução de riscos. A venda de canábis seria interdita a menores e qualquer tipo de publicidade ou distribuição promocional seria proibida.

Esta recomendação é o resultado de um estudo de um ano realizado por uma comissão interina, que concluiu que quase metade dos adultos em França já consumiram canábis em algum momento das suas vidas, em comparação com cerca de 25% dos adultos na União Europeia como um todo. A comissão constatou também que a actual política de multar indivíduos por usarem canábis tinha sido um “amargo fracasso” e que era necessária uma nova abordagem para abordar a questão.

A proposta recebeu reacções mistas por parte dos médicos, tendo alguns manifestado apoio à ideia da legalização da canábis e outros manifestado a sua oposição. Amine Benyamina, chefe do departamento de toxicologia do hospital Paul-Brousse em Villejuif, apoia a proposta e acredita que se trata de uma estratégia pragmática que limita os riscos de saúde pública sem encorajar mais consumo. Por outro lado, Jean-Claude Alvarez, chefe do departamento de toxicologia do hospital de Garches, não concordou com a proposta e acredita que é necessária mais educação em vez de legalização.

A proposta do Cese é meramente de aconselhamento e o governo não é obrigado a seguir as suas recomendações. No entanto, é susceptível de desencadear um debate dentro do país sobre o futuro da política da canábis. Se o governo seguisse o conselho do Cese, seria uma mudança significativa na sua política, uma vez que actualmente a canábis é ilegal em França. Esta recomendação do Cese está também de acordo com a crescente tendência global para a legalização e descriminalização da canábis, tendo vários países e estados já legalizado a substância para uso medicinal ou recreativo.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Cânhamo3 dias atrás

Portugal: Estudo revela disparidades alarmantes na rotulagem do CBD, que continua proibido no país

Um estudo recente sobre os produtos de CBD em Portugal revela disparidades alarmantes entre o conteúdo de canabinóides anunciado e...

Internacional3 dias atrás

Espanha: Câmara de Barcelona encerra dezenas de clubes de canábis

A Câmara Municipal de Barcelona deu início a uma forte repressão contra os clubes de canábis da cidade, ordenando o...

Internacional5 dias atrás

Alemanha aprova o primeiro clube social de canábis após a legalização

A Ministra da Agricultura da Baixa Saxónia, Miriam Staudte, anunciou esta segunda-feira que o seu gabinete autorizou o primeiro clube...

Cânhamo7 dias atrás

Tailândia cada vez mais perto de reclassificar a canábis e o cânhamo como substâncias controladas

A Tailândia deu mais um passo decisivo no sentido de voltar a proibir a canábis no país. Na passada sexta-feira,...

Internacional2 semanas atrás

Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT) passa a ser Agência da União Europeia das Drogas (EUDA)

A 2 de Julho de 2024 o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (EMCDDA) passará a ser a Agência...

Eventos2 semanas atrás

ICRS – International Cannabinoid Research Society reúne médicos e investigadores em Salamanca para o 34º Simpósio sobre Canabinoides

Se pensa que a investigação com canábis é algo recente e que inda não há estudos suficientes… pense outra vez! É...

Crónica3 semanas atrás

Terroir 101 – Uma Introdução

Este artigo inicia uma série sobre temas necessários para os que acreditam que esta planta merece ser reverenciada e elevada...

Eventos3 semanas atrás

Editora do CannaReporter®, Laura Ramos, nomeada “Jornalista do Ano” nos prémios Business of Cannabis

A indústria da canábis está prestes a reunir-se em Londres para dois dias de Cannabis Europa e uma noite de...

Comunicados de Imprensa4 semanas atrás

Cannabis Europa recebe líderes europeus e norte-americanos em Londres para capitalizar o mercado europeu da canábis

A indústria norte-americana de canábis está a criar um movimento significativo através do Atlântico, à medida que os líderes deste...

Internacional4 semanas atrás

Polícia alemã esclarece que não sugeriu consumo de canábis (em vez de álcool) aos adeptos ingleses do Euro 2024

A polícia de Gelsenkirchen, na Alemanha, foi citada numa notícia onde afirmou que as atenções estariam mais centradas nos adeptos...