Connect with us

Internacional

Espanha: Ministro da Saúde diz que informação sobre canábis medicinal é “insuficiente” e que não pode “recomendar a sua utilização”

Publicado

em

Ouvir este artigo
Foto: D.R. | Congresso dos Deputados de Espanha

O Ministro da Saúde espanhol, José María Miñones, disse hoje na Câmara dos Deputados de Espanha que, além da espasticidade derivada da Esclerose Múltipla e dos diferentes tipos de Epilepsia, “infelizmente”, para outras doenças, a informação disponível sobre canábis medicinal “é insuficiente e não podemos recomendar a sua utilização”. Miñones deixou “gelada” a deputada Josune Gorospe, do Grupo Parlamentar Basco PNV, que considerou a resposta do Ministro “uma regressão”. Também Carola Perez, presidente do Observatório Espanhol de Canábis Medicinal, já lamentou estas declarações.

José María Miñones, que foi nomeado esta segunda-feira como novo Ministro da Saúde de Espanha, em substituição de Carolina Darias, estreou-se esta manhã no governo, em sessão plenária. A primeira pergunta que recebeu foi sobre a regulamentação da canábis medicinal, colocada pela deputada Josune Gorospe, do Grupo Parlamentar Basco PNV.

Gorospe começou por alertar Miñones que ele já é “o terceiro Ministro que questionamos nesta legislatura sobre a regulamentação do uso médico-terapêutico de canabinóides” e que a regulamentação da canábis medicinal que lhes permitiria saber “quais os doentes que poderiam ter acesso a este tipo de produtos já leva 3 meses de atraso”, questionando-o directamente: “para quando tem previsto o governo cumprir o mandato desta câmara sobre a regulamentação do uso médico e terapêutico dos canabinóides?”

Com algum nervosismo visível, o Ministro leu as suas notas num papel, dizendo que actualmente já existem alguns medicamentos ou preparações de canábis devidamente autorizados em Espanha, nomeadamente para a espasticidade derivada da Esclerose Múltipla e para diferentes tipos de Epilepsia. No entanto, e “infelizmente”, o Ministro afirmou que “a informação é insuficiente e não podemos recomendar seu uso. Devemos andar de mãos dadas com evidências científicas para equilibrar o benefício e o risco. Continuamos a trabalhar nisso”, disse, numa breve resposta.

Gorospe indignou-se e afirmou que a resposta a deixou “gelada”. “A sua resposta é uma regressão”, começou por dizer, afirmando que uma Comissão do governo passou 6 meses a trabalhar com entidades, especialistas e representantes de outros governos no sentido de reunir evidência. “Como me pode dizer que não há nenhuma evidência? Escute, leia e preste atenção ao que temos aqui. Não se faça de tolo e coloque-nos na situação em que estão os outros países europeus e dê aos pacientes do estado a mesma oportunidade que têm outros pacientes noutros lugares”, disse.

Mais uma vez, o Ministro da Saúde indicou que a Agência de Medicamentos está a trabalhar num relatório “que nos permita estabelecer a regulamentação mais adequada para perseguir dois objetivos: a segurança e a eficácia”, acrescentando que a agência continuará a trabalhar e a analisar a literatura científica para poder estabelecer a modalidade que melhor se adapte às necessidades dos pacientes e ao sistema regulatório espanhol”, concluiu.

Em declarações ao Cannareporter, Carola Perez, presidente do Observatório Espanhol de Canábis Medicinal, lamentou estas declarações, dizendo que foram como um “banho de água fria” para os pacientes espanhóis. “Estamos conscientes que [o ministro] está no cargo há 24 horas, mas as declarações foram difíceis para nós, porque recebeu informações incorrectas sobre o processo”. Visivelmente desapontada, Carola Perez afirma que os pacientes vão “continuar a trabalhar arduamente” neste processo. “Temos até às próximas eleições para pressionar o governo e é isso que vamos fazer”, afirmou.

1 Comment
Subscribe
Notify of
1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Juan Cortina
11 meses atrás

this guy is protecting the BIGpharma lobby… it’s ridicolous

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional12 horas atrás

Conselho de Pacientes do IACM participa pela primeira vez na Comissão de Estupefacientes da ONU

O Conselho de Pacientes da IACM — International Association for Cannabinoid Medicines — vai marcar presença, pela primeira vez, na próxima...

Opinião1 dia atrás

O principal erro da legalização na Alemanha

A primavera alemã vai chegar com novas flores. A Alemanha é o terceiro país da União Europeia a legalizar totalmente a...

Eventos2 dias atrás

Spannabis volta a acolher ICBC Barcelona de 14 a 17 de Março

A International Cannabis Business Conference (ICBC) vai abrir mais uma edição da Spannabis, no próximo dia 14 de Março, com o intuito...

Comunicados de Imprensa3 dias atrás

Porto, Matosinhos, Valongo e Paredes – Oito detidos por tráfico e apreendidas mais de 8000 doses de estupefacientes

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Santo Tirso, entre os dias 20 e...

Nacional4 dias atrás

Portugal: GNR apreende 3 toneladas de haxixe no Rio Guadiana

A Unidade de Controlo Costeiro e de Fronteiras (UCCF) da Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu na passada sexta-feira, dia 23...

Eventos4 dias atrás

Spannabis 2024: Barcelona acolhe a 20ª edição da maior exposição de canábis do mundo, de 15 a 17 de Março

Barcelona prepara-se para acolher a 20.ª edição da Spannabis, a maior feira de canábis do mundo, nos próximos dias 15,...

Internacional1 semana atrás

Alemanha: Bundestag votou hoje a favor da legalização da canábis, mas ainda é necessária a aprovação do Conselho Federal

O Bundestag debateu e votou esta tarde o projecto da legalização do uso pessoal de canábis no país, com 407...

Internacional1 semana atrás

Alemanha: Legalização vai ser discutida esta sexta-feira, dia 23

O Bundestag da Alemanha vai finalmente deliberar sobre a legalização da canábis para consumo pessoal no país. O debate, que tem sido...

Cânhamo1 semana atrás

Cultivo de Cânhamo nos Açores vai ter sessão de esclarecimento na Ilha Terceira

A Confraria Internacional Cannabis Portugal e a CannAzores unem esforços para promover uma Sessão de Esclarecimento sobre o Cultivo de...

Saúde2 semanas atrás

CBD e CBC mostram resultados promissores no carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço

Um estudo publicado na revista Cancers descobriu que os extractos de canábis ricos em CBD (canabidiol) podem matar células cancerosas da...