Connect with us

Internacional

Colômbia: Senado rejeita legalização do uso adulto de canábis

Publicado

em

Ouvir este artigo

No último de oito debates em diferentes câmaras, o Senado da Colômbia rejeitou a alteração da constituição com vista à legalização de canábis para uso adulto. O projecto, apoiado pelo governo nacional e pelo Presidente da Colômbia, falhou em alcançar a maioria de 54 votos necessários para a aprovação.

A reforma constitucional que pretendia regulamentar o comércio de canábis para fins recreativos na Colômbia foi rejeitada no seu último debate no Senado. O projecto, que recebeu 43 votos contra e 47 a favor, não foi aprovado, apesar da maioria se ter manifestado a favor. Isto porque eram necessários 54 votos para que o diploma fosse aprovado no oitavo e último debate, que decorreu a apenas uma hora do fim da actual sessão legislativa, que terminou na passada terça-feira.

O Congresso iniciou a semana com um debate agitado e envolto em polémicas, aquando da discussão relativa à regulamentação da canábis para uso adulto no país. O debate acabou mesmo por ser adiado para terça-feira, depois da sessão ter sido suspensa pelo presidente do Senado, Alexander López, sob a alegação de que não havia quórum para votação. A suspensão aconteceu depois de senadores do Pacto Histórico se ausentarem do plenário para desfazer o quorum, uma acção caracterizada como ‘batota’ pela oposição.

A situação insólita surgiu porque o projecto – que é apoiado pelo governo nacional – não teria votos suficientes para aprovação. Apesar de a oposição querer levar o diploma a votação, os proponentes do projecto procuravam ganhar tempo para conseguir mudar o curso da votação. Com efeito, durante a verificação do quórum para avaliar se existiam condições para votação, os senadores do Pacto Histórico ausentaram-se com a intenção de adiar a votação do projecto de segunda para terça-feira.

Juan Carlos Losada, senador do Partido Liberal que apresentou o projecto de lei, não considera o desfecho “uma derrota” sustentando que foi dado um “passo gigantesco”, ao colocar “um assunto tão polémico no topo da agenda pública, do debate público, durante quatro anos”. O senador acrescentou que o tema voltará a ser alvo de debate na próxima sessão legislativa. “Continuar a deixar uma substância que é legal nas mãos de narcotraficantes é prejudicial para as crianças da Colômbia e prejudicial para a democracia do país”, sustentou Losada.

Vídeo do debate e votação (20 de Junho):

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Clique aqui para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional3 dias atrás

Utilizadores regulares de canábis podem necessitar de mais anestesia durante procedimentos médicos

Os utilizadores regulares de canábis podem necessitar de mais anestesia durante os procedimentos médicos para permanecerem sedados, se comparados com...

Internacional4 dias atrás

O futuro do CBD no Japão: Como as reformas legais irão moldar o mercado

No final do ano passado, o Japão deu um grande passo em direcção à reforma da canábis depois de aprovar...

Nacional5 dias atrás

Portugal: GreenBe Pharma obtém certificação EuGMP nas instalações de Elvas

A GreenBe Pharma, uma empresa de canábis medicinal localizada em Elvas, Portugal, obteve a certificação EU-GMP, ao abrigo dos regulamentos...

Nacional1 semana atrás

Álvaro Covões, da Everything is New, compra instalações da Clever Leaves no Alentejo por 1.4 milhões de euros

Álvaro Covões, fundador e CEO da agência promotora de espectáculos ‘Everything is New‘, que organiza um dos maiores festivais de...

Eventos1 semana atrás

ICBC regressa a Berlin a 16 e 17 de Abril

É uma das maiores e mais reconhecidas conferências de B2B sobre canábis da Europa e regressa a Berlim já nos...

Internacional2 semanas atrás

A legalização da canábis na Alemanha vista pelos olhos do hacker que criou um mapa essencial

Um hacker de Koblenz, uma cidade do estado da Renânia-Palatinado, criou um mapa com os locais onde, a partir de...

Nacional2 semanas atrás

André Ventura diz que quer “Limpar toda a canábis de Portugal”

André Ventura, o conhecido líder do partido político português de extrema-direita, Chega, disse que quer “limpar toda a canábis de...

Internacional2 semanas atrás

EUA: Kamala Harris diz que classificação actual da canábis é “absurda” e “manifestamente injusta”

A vice-presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Kamala Harris, defendeu na semana passada a desclassificação da canábis na tabela...

Eventos2 semanas atrás

EVO NXT: Festival de Produtos da Próxima Geração regressa a Málaga. Canábis estará em destaque

A 2ª edição do Festival de Negócios para os Produtos da Próxima Geração, EVO NXT, regressa a Málaga já na...

Internacional3 semanas atrás

É oficial: Alemanha é o terceiro país da Europa a legalizar o uso recreativo de canábis

O Bundesrat aprovou hoje, sexta-feira, o projecto de lei para regulamentar a utilização de canábis para fins recreativos no país....