Connect with us

Internacional

EUA: Meta reformula política de publicidade para o mercado de CBD

Publicado

em

Ouvir este artigo

Numa acção revolucionária, a Meta, empresa mãe que controla o Facebook, juntamente com as plataformas irmãs Instagram e Thread (ainda não disponível nos países da União Europeia), reformulou as suas políticas de publicidade para produtos de CBD não comestíveis, abrindo novas oportunidades para as empresas nos EUA.

A Meta anunciou a alteração da designação da sua política de publicidade de “Cânhamo e produtos relacionados” para “CBD e produtos relacionados“. Esta mudança estratégica permite a promoção de produtos de CBD legalmente permitidos e não comestíveis nos EUA. No entanto, continuam a existir algumas restrições para manter a conformidade regulamentar.

As políticas actualizadas abrangem agora uma gama mais ampla de produtos de CBD, incluindo fibra de cânhamo e produtos de sementes alimentares. A Meta eliminou a exigência de aprovação prévia por escrito para a publicidade destes produtos, proporcionando às empresas uma maior flexibilidade nos seus esforços de marketing.

As novas políticas de CBD centram-se em garantir a segurança do consumidor e práticas de marketing responsáveis. De acordo com as novas directrizes será agora necessário:

  • Conformidade com o conteúdo de THC: Todos os produtos publicitados devem respeitar o limite federal de menos de 0,3% de THC, para evitar quaisquer problemas legais;
  • Evitar alegações enganosas: Os anúncios não podem fazer quaisquer alegações que sugiram que os produtos podem tratar, curar, prevenir, mitigar ou diagnosticar condições médicas em seres humanos ou animais;
  • Restrições de idade: Não é permitido que os anúncios se dirijam a consumidores com menos de 18 anos, de modo a manter práticas de marketing responsáveis;

Para além das alterações na publicidade ao CBD, as políticas revistas da Meta permitem agora que as empresas promovam produtos de fibra de cânhamo e sementes alimentares sem necessidade de pré-aprovação por escrito. No entanto, estes anúncios estão limitados aos mercados dos EUA, Canadá e México, e as empresas devem cumprir as respectivas leis e regulamentos locais.

Ao abrigo das novas políticas, as empresas podem publicar anúncios relacionados com o cânhamo que se centrem na educação, na defesa e em anúncios de serviço público relacionados com o CBD e os seus produtos associados. Esta medida não só aumentará a consciencialização do público, como também incentivará uma utilização responsável.

Para manter um elevado padrão de qualidade e segurança, todos os produtos tópicos de CBD têm de ser submetidos a certificação através da Legitscript, uma empresa de conformidade de pagamentos. Os anunciantes estarão sujeitos ao programa de certificação de CBD existente da Legitscript, que também foi adotado pela Google. Este processo de certificação garante que as empresas cumprem as normas do sector e fornecem produtos de confiança aos consumidores.

Embora a Meta tenha aligeirado as regras para o CBD e produtos relacionados, continua a manter a proibição de publicitar produtos com THC e artigos de canábis que contenham componentes psicoactivos. Esta medida está em conformidade com os requisitos regulamentares e garante a promoção responsável destas substâncias.

A atenuação das regras de publicidade no Facebook e nas suas plataformas representa uma excelente oportunidade para as empresas envolvidas na indústria do CBD. Ao aderir às políticas revistas, as empresas podem agora alcançar um público mais vasto, educar o público e defender a utilização responsável de produtos de CBD não comestíveis. O futuro do marketing do CBD parece mais promissor do que nunca, e as empresas podem agora explorar novos horizontes com as suas estratégias de publicidade digital.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Clique aqui para comentar
Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Cânhamo13 horas atrás

Itália: Alteração que queria proibir canábis light foi arquivada

A alteração que o governo de Giorgia Meloni queria fazer na lei da canábis em Itália e que pretendia proibir...

Cânhamo14 horas atrás

A confusão do cânhamo em Portugal: ASAE apreende CBD na Kings Yard, mas deixa flores por serem para “coleccionismo”

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 845 produtos numa loja da Kings Yard, que “apresentavam na sua...

Cânhamo3 dias atrás

Portugal: Estudo revela disparidades alarmantes na rotulagem do CBD, que continua proibido no país

Um estudo recente sobre os produtos de CBD em Portugal revela disparidades alarmantes entre o conteúdo de canabinóides anunciado e...

Internacional4 dias atrás

Espanha: Câmara de Barcelona encerra dezenas de clubes de canábis

A Câmara Municipal de Barcelona deu início a uma forte repressão contra os clubes de canábis da cidade, ordenando o...

Internacional6 dias atrás

Alemanha aprova o primeiro clube social de canábis após a legalização

A Ministra da Agricultura da Baixa Saxónia, Miriam Staudte, anunciou esta segunda-feira que o seu gabinete autorizou o primeiro clube...

Cânhamo1 semana atrás

Tailândia cada vez mais perto de reclassificar a canábis e o cânhamo como substâncias controladas

A Tailândia deu mais um passo decisivo no sentido de voltar a proibir a canábis no país. Na passada sexta-feira,...

Internacional2 semanas atrás

Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT) passa a ser Agência da União Europeia das Drogas (EUDA)

A 2 de Julho de 2024 o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (EMCDDA) passará a ser a Agência...

Eventos3 semanas atrás

ICRS – International Cannabinoid Research Society reúne médicos e investigadores em Salamanca para o 34º Simpósio sobre Canabinoides

Se pensa que a investigação com canábis é algo recente e que inda não há estudos suficientes… pense outra vez! É...

Crónica3 semanas atrás

Terroir 101 – Uma Introdução

Este artigo inicia uma série sobre temas necessários para os que acreditam que esta planta merece ser reverenciada e elevada...

Eventos3 semanas atrás

Editora do CannaReporter®, Laura Ramos, nomeada “Jornalista do Ano” nos prémios Business of Cannabis

A indústria da canábis está prestes a reunir-se em Londres para dois dias de Cannabis Europa e uma noite de...