Connect with us

Notícias

EUA: Legalização da canábis não aumenta casos de psicose, conclui estudo longitudinal

Publicado

em

Ouvir este artigo

Um estudo longitudinal conduzido por investigadores do Hospital da Universidade da Pensilvânia descobriu que não houve um aumento significativo nas taxas de diagnóstico relacionadas com psicoses em estados que introduziram políticas de legalização da canábis. As conclusões foram divulgadas na publicação científica Jama Network. O estudo analisou dados de 6.368.0589 indivíduos entre 2003 e 2017 e concluiu que não houve diferença estatisticamente significativa nas taxas de diagnósticos relacionados com a psicose ou de antipsicóticos prescritos em estados com políticas de canábis medicinal ou recreativa, em comparação com estados onde a planta continua proibida.

A investigação foi levada a cabo por Holly Elser, MD, PhD, do Departamento de Neurologia do Hospital da Universidade da Pensilvânia, e centrou-se em 29 estados americanos que adoptaram políticas de canábis durante o período em que os dados foram recolhidos. Analisou as políticas de legalização que permitem o uso pessoal, cultivo, produção, promoção e venda. Os resultados de múltiplas análises não mostraram qualquer “aumento estatisticamente significativo” nas taxas de diagnósticos relacionados com psicose ou antipsicóticos prescritos em estados com políticas de canábis quer para uso medicinal quer para uso adulto/recreativo, em comparação com estados sem qualquer tipo de política de canábis em vigor.

No entanto, análises secundárias mostraram que as taxas de diagnósticos relacionados com psicose aumentaram entre os homens, pessoas com idades compreendidas entre os 55 e os 64 anos, e as de origem asiática em estados onde o uso adulto/recreativo foi legalizado em comparação com aqueles onde o mesmo continua proibido. Mas apesar disso os autores do estudo reconheceram que o mesmo era limitado, uma vez que só puderam usar dados daqueles que realmente receberam tratamento para o seu diagnóstico.

A canábis e o seu uso tem sido fortemente criticada por causar problemas de psicose e esta alegação tem sido frequentemente citada nos meios de comunicação social como um argumento contra a reforma das políticas canábicas, um pouco por todo o mundo.

Contudo, estudos que relataram associações entre o consumo de canábis e a psicose não demonstraram conclusivamente que esta desempenha um papel determinante no aparecimento de sintomas psicóticos. Uma vez que factores como a potência e quantidade de THC, a frequência do uso, a idade do consumidor e a até mesmo a própria genética do consumidor podem também contribuir para o risco de desenvolvimento de doenças e problemas de psicose.

Os autores do estudo declararam que “como os estados continuam a introduzir políticas de canábis, as implicações da legalização estatal da canábis para perturbações psicóticas justificam um estudo contínuo, particularmente em ambientes de dados onde estão disponíveis medidas directas de início e gravidade da doença”.

Os autores do estudo aconselharam a realização de mais estudos, à medida que mais países em todo o mundo vão introduzindo leis mais liberais sobre a canábis. O documento conclui que “neste estudo de coorte retrospectivo de dados comerciais e de reivindicações da Medicare Advantage, as políticas estatais médicas e recreativas de canábis não foram associadas a um aumento estatisticamente significativo nas taxas de resultados de saúde relacionados com a psicose. Como os estados continuam a introduzir novas políticas de canábis, a avaliação contínua da psicose como consequência potencial da legalização do canábis estatal pode ser informativa”.

 

____________________________________________________________________________________________________

[Aviso: Por favor, tenha em atenção que este texto foi originalmente escrito em Português e é traduzido para inglês e outros idiomas através de um tradutor automático. Algumas palavras podem diferir do original e podem verificar-se gralhas ou erros noutras línguas.]

____________________________________________________________________________________________________

O que fazes com 3€ por mês? Torna-te um dos nossos Patronos! Se acreditas que o Jornalismo independente sobre canábis é necessário, subscreve um dos níveis da nossa conta no Patreon e terás acesso a brindes únicos e conteúdos exclusivos. Se formos muitos, com pouco fazemos a diferença!

Clique aqui para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional3 dias atrás

Utilizadores regulares de canábis podem necessitar de mais anestesia durante procedimentos médicos

Os utilizadores regulares de canábis podem necessitar de mais anestesia durante os procedimentos médicos para permanecerem sedados, se comparados com...

Internacional4 dias atrás

O futuro do CBD no Japão: Como as reformas legais irão moldar o mercado

No final do ano passado, o Japão deu um grande passo em direcção à reforma da canábis depois de aprovar...

Nacional5 dias atrás

Portugal: GreenBe Pharma obtém certificação EuGMP nas instalações de Elvas

A GreenBe Pharma, uma empresa de canábis medicinal localizada em Elvas, Portugal, obteve a certificação EU-GMP, ao abrigo dos regulamentos...

Nacional1 semana atrás

Álvaro Covões, da Everything is New, compra instalações da Clever Leaves no Alentejo por 1.4 milhões de euros

Álvaro Covões, fundador e CEO da agência promotora de espectáculos ‘Everything is New‘, que organiza um dos maiores festivais de...

Eventos1 semana atrás

ICBC regressa a Berlin a 16 e 17 de Abril

É uma das maiores e mais reconhecidas conferências de B2B sobre canábis da Europa e regressa a Berlim já nos...

Internacional2 semanas atrás

A legalização da canábis na Alemanha vista pelos olhos do hacker que criou um mapa essencial

Um hacker de Koblenz, uma cidade do estado da Renânia-Palatinado, criou um mapa com os locais onde, a partir de...

Nacional2 semanas atrás

André Ventura diz que quer “Limpar toda a canábis de Portugal”

André Ventura, o conhecido líder do partido político português de extrema-direita, Chega, disse que quer “limpar toda a canábis de...

Internacional2 semanas atrás

EUA: Kamala Harris diz que classificação actual da canábis é “absurda” e “manifestamente injusta”

A vice-presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Kamala Harris, defendeu na semana passada a desclassificação da canábis na tabela...

Eventos2 semanas atrás

EVO NXT: Festival de Produtos da Próxima Geração regressa a Málaga. Canábis estará em destaque

A 2ª edição do Festival de Negócios para os Produtos da Próxima Geração, EVO NXT, regressa a Málaga já na...

Internacional3 semanas atrás

É oficial: Alemanha é o terceiro país da Europa a legalizar o uso recreativo de canábis

O Bundesrat aprovou hoje, sexta-feira, o projecto de lei para regulamentar a utilização de canábis para fins recreativos no país....