Connect with us

Nacional

Portugal volta à estaca zero na legalização do uso adulto de canábis

Publicado

em

Ouvir este artigo
Assembleia da República Portuguesa - Foto: Laura Ramos | Cannareporter

É a segunda vez que Portugal volta à estaca zero no que respeita à legalização do uso adulto de canábis. Com a demissão do Primeiro-Ministro, António Costa, no passado dia 7 de Novembro, o governo vai ser dissolvido e os projectos de lei que tinham sido submetidos na Assembleia da República caducam, à semelhança do que aconteceu em Novembro de 2021. Portugal tem novas eleições legislativas agendadas para 10 de Março de 2024.

A legalização do uso pessoal de canábis tinha sido proposta por dois partidos, Bloco de Esquerda, a 6 de Junho de 2022, e Iniciativa Liberal, no dia 20 de Abril de 2023. No entanto, ainda nenhum tinha sido agendado para discussão ou votação em Plenário da Assembleia da República. Com a dissolução do governo, os projectos de lei para a legalização do uso adulto de canábis deixam de ter qualquer validade, o que significa que terão de ser apresentados novamente.

Do quase tudo para o nada
O governo de maioria socialista parecia bastante favorável ao avanço da legalização. Há cerca de três meses, o líder da bancada parlamentar do Partido Socialista, Eurico Brilhante Dias, anunciou a intenção de constituir um grupo de trabalho para debater e aprofundar a reflexão em torno da regulamentação do uso de canábis para fins não medicinais.

Também o vice-presidente do Grupo Parlamentar do Partido Socialista, Miguel Costa Matos, sugeriu ao governo português que aproveitasse a maioria absoluta que detinha na Assembleia da República para legalizar a canábis. Miguel Costa Matos falava durante o Congresso Nacional da Juventude Socialista (JS), em Braga, onde foi reeleito para a liderança da JS.

A 19 de Setembro passado, no debate “Exposição à canábis na adolescência”, que se realizou no Auditório António de Almeida Santos, na Assembleia da República, havia um claro consenso político: com excepção do Chega, todos os partidos políticos mostraram-se favoráveis a criar uma regulamentação para o uso adulto de canábis. À data, Portugal parecia estar, portanto, preparado para avançar com a legalização, mas, com mais uma dissolução do governo, volta a dar um grande passo atrás.

Com as polémicas em torno da demissão do Primeiro-Ministro, por alegadas suspeitas de corrupção no seu executivo, as próximas eleições, agendadas para 10 de Março de 2024, estão envoltas numa imensa incerteza.

2 Comments
Subscribe
Notify of
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
teste iptv
1 mês atrás

Attractive section of content. I just stumbled upon your blog and in accession capital to assert that I get actually enjoyed account your blog posts. Anyway I will be subscribing to your augment and even I achievement you access consistently fast.

iptv France
1 mês atrás

I have been surfing online more than 3 hours today, yet I never found any interesting article like yours. It is pretty worth enough for me. In my opinion, if all web owners and bloggers made good content as you did, the web will be much more useful than ever before.

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Comunicados de Imprensa10 horas atrás

Porto, Matosinhos, Valongo e Paredes – Oito detidos por tráfico e apreendidas mais de 8000 doses de estupefacientes

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Santo Tirso, entre os dias 20 e...

Nacional2 dias atrás

Portugal: GNR apreende 3 toneladas de haxixe no Rio Guadiana

A Unidade de Controlo Costeiro e de Fronteiras (UCCF) da Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu na passada sexta-feira, dia 23...

Eventos2 dias atrás

Spannabis 2024: Barcelona acolhe a 20ª edição da maior exposição de canábis do mundo, de 15 a 17 de Março

Barcelona prepara-se para acolher a 20.ª edição da Spannabis, a maior feira de canábis do mundo, nos próximos dias 15,...

Internacional5 dias atrás

Alemanha: Bundestag votou hoje a favor da legalização da canábis, mas ainda é necessária a aprovação do Conselho Federal

O Bundestag debateu e votou esta tarde o projecto da legalização do uso pessoal de canábis no país, com 407...

Internacional6 dias atrás

Alemanha: Legalização vai ser discutida esta sexta-feira, dia 23

O Bundestag da Alemanha vai finalmente deliberar sobre a legalização da canábis para consumo pessoal no país. O debate, que tem sido...

Cânhamo1 semana atrás

Cultivo de Cânhamo nos Açores vai ter sessão de esclarecimento na Ilha Terceira

A Confraria Internacional Cannabis Portugal e a CannAzores unem esforços para promover uma Sessão de Esclarecimento sobre o Cultivo de...

Saúde2 semanas atrás

CBD e CBC mostram resultados promissores no carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço

Um estudo publicado na revista Cancers descobriu que os extractos de canábis ricos em CBD (canabidiol) podem matar células cancerosas da...

Internacional2 semanas atrás

Ucrânia: Zelensky assina projecto de lei para legalizar a canábis medicinal

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky assinou um projecto de lei que legaliza a canábis medicinal na Ucrânia, prevendo-se que os...

Nacional3 semanas atrás

Portugal: Associação Mães pela Canábis publica e-book sobre canábis medicinal

A Associação de Mães pela Canábis (AMC) anunciou o lançamento de um e-book intitulado “Fronteiras da Cannabis: CIÊNCIA, TERAPÊUTICA &...

Corporações4 semanas atrás

Akanda assina carta de intenção para vender RPK Biopharma à Somaí. “Será uma das poucas empresas verticais de canábis da UE”, diz Michael Sassano

A Akanda Corporation, uma empresa internacional de canábis medicinal cotada na Nasdaq (AKAN) e que detém a empresa portuguesa Holigen, anunciou...