Connect with us

Internacional

Somaí avança na Alemanha e submete 20 pedidos de ACM em Portugal já no primeiro trimestre de 2024

Publicado

em

Ouvir este artigo
As instalações da Somaí em Portugal. Foto: D.R.

A Somaí Pharmaceuticals anunciou esta semana uma série de parcerias e acordos financeiros que consolidam a sua posição no mercado alemão de canábis medicinal. A empresa, com sede em Portugal e certificação EU-GMP, realizou parcerias estratégicas e acordos com várias empresas alemãs, entre as quais a Canify AG, a Canymed GmbH e a Grünhorn. Em declarações ao Cannareporter, Michael Sassano, CEO da Somaí, afirma que Alemanha e Austrália representam 80% do seu mercado, mas garante que os pacientes portugueses não estão esquecidos. A Somaí vai submeter 20 ACM’s em Portugal, já a partir de Janeiro de 2024.

Uma das operações consiste numa parceria estratégica com a Canify AG, empresa farmacêutica alemã, que resultará no lançamento de uma linha exclusiva de produtos à base de canabinóides na Alemanha, com previsão de gerar 5 milhões de euros em receitas nos próximos três anos, com perspectivas de capturar 10% do mercado alemão.

A Somaí emprega actualmente cerca de 48 pessoas na sua unidade do Carregado, em Portugal. Na foto, alguns elementos da equipa com o CEO, Michael Sassano, ao centro

A segunda operação estratégica da Somaí Pharmaceuticals é uma parceria de dois anos com a Canymed GmbH, um grossista de canábis medicinal para farmácias, consultórios médicos e hospitais em toda a Alemanha. A colaboração visa aproveitar a extensa rede de distribuição da Canymed, permitindo à Somaí enviar os seus produtos farmacêuticos à base de canabinóides para dar resposta à crescente procura por soluções inovadoras de saúde no mercado alemão.

A terceira parceria estratégica foi realizada com a Grünhorn, uma empresa que opera no sector de saúde no campo da canábis. A Somaí e a Grünhorn uniram forças para criar uma linha exclusiva de produtos farmacêuticos à base de canabinóides na Alemanha, incluindo diversas proporções de THC/CBD. O acordo visa oferecer aos pacientes alemães uma gama única de opções de canábis medicinal adaptadas às suas necessidades individuais.

Somaí vende principalmente para a Alemanha, Austrália, Polónia e Reino Unido, mas o Brasil também está na mira

De acordo com Michael Sassano, CEO da Somaí, em declarações exclusivas ao Cannareporter, “o mercado de retalho alemão é composto principalmente por seguros pagos, sendo que cerca de 15% são actualmente privados. A nossa estratégia com as parcerias é oferecer algumas linhas de produtos especialmente para o mercado de seguros e abrir ainda mais o pagador privado com outras linhas de produtos. As nossas gotas orais básicas já são mais avançadas que os produtos actuais e possuem um perfil de sabor muito mais agradável, devido ao nosso processo proprietário, que foi desenvolvido ao longo de uma década”.

Alemanha e Austrália representam cerca de 80% do total das vendas da Somaí ( numa proporção de 40%/40%). “Se a nova legislação for aprovada na Alemanha, os nossos números irão acelerar no país. Ambos os países estão numa tendência positiva e a Austrália aceita todas as nossas formas farmacêuticas acabadas, enquanto a Alemanha ainda é magistral”, explica Sassano. A Polónia e o Reino Unido abarcam o restante mercado da Somaí, com os outros 20% (numa proporção de 10/10), mas o Brasil está na mira da Somaí para 2024, sendo que “ainda não há acordos assinados”, afirma Michael Sassano.

Além disso, a Somaí assinou um contrato global com a Airpro, uma empresa de vaporização dos EUA, para fornecer à Alemanha e à Austrália os seus vaporizadores num produto de marca conjunta.

Somaí diz ter mais de 30 produtos a caminho

Michael Sassano afirmou ainda que os pacientes portugueses não estão esquecidos: “Contratámos a ELS para trabalhar com o nosso departamento de assuntos regulatórios internos, para fazer 20 registos de ACM (Autorização de Colocação no Mercado). A nossa primeira ACM será totalmente enviada em Janeiro e, como o primeiro processo é mais demorado, a maioria dos outros 19 serão feitos durante o primeiro trimestre, com mais alguns no segundo trimestre, como o nosso spray oral. No terceiro trimestre vamos avançar com as nossas cápsulas de gel”.

Michael Sassano, CEO da Somaí Pharmaceuticals. Foto: Laura Ramos | Cannareporter

Actualmente, a Somaí tem 58 SKU’s [sigla para Stock Keeping Unit, uma referência interna de rastreabilidade] de produtos fabricados e planeia fabricar mais 30 até o final do primeiro trimestre. “Estes produtos já estão no nosso catálogo actual. Apresentaremos novas iniciativas até o final do primeiro trimestre de produtos ainda mais avançados e desejados”, afirma Sassano.

Sobre o preço de venda destes produtos, Michael Sassano refere que a gama inicial da Somaí varia entre 85 a 125 euros por frasco e as formulações avançadas entre 125 a 150 euros por produto. “O nosso foco é fazer a maior oferta aos médicos para tratar os seus pacientes e estar prontos não apenas para mercados maduros, como a Alemanha ou a Austrália, mas também para novos mercados. Não sabemos como os reguladores irão adoptar [a canábis], mas sabemos que quando adoptam estruturas de canábis, os pacientes querem escolhas e formulações avançadas, como produtos de acção mais rápida e mais biodisponíveis, produtos melhorados com terpenos, resinas vivas e colónias vivas, vaporizadores, transdérmicos, etc. Os avanços em extractos com produtos de melhor desempenho abrirão caminho para uma maior adopção, semelhante a mercados mais maduros como os EUA, onde vemos que cerca de 65% dos produtos extraídos são vendidos”, conclui Sassano.

 

1 Comment
Subscribe
Notify of
1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
1 mês atrás

Nice blog here! Also your site loads up fast! What host are you using? Can I get your affiliate link to your host? I wish my web site loaded up as quickly as yours lol

Publicidade


Veja o Documentário "Pacientes"

Documentário Pacientes Laura Ramos Ajude-nos a crescer

Mais recentes

Internacional3 dias atrás

Conselho de Pacientes do IACM participa pela primeira vez na Comissão de Estupefacientes da ONU

O Conselho de Pacientes da IACM — International Association for Cannabinoid Medicines — vai marcar presença, pela primeira vez, na próxima...

Opinião4 dias atrás

O principal erro da legalização na Alemanha

A primavera alemã vai chegar com novas flores. A Alemanha é o terceiro país da União Europeia a legalizar totalmente a...

Eventos4 dias atrás

Spannabis volta a acolher ICBC Barcelona de 14 a 17 de Março

A International Cannabis Business Conference (ICBC) vai abrir mais uma edição da Spannabis, no próximo dia 14 de Março, com o intuito...

Comunicados de Imprensa5 dias atrás

Porto, Matosinhos, Valongo e Paredes – Oito detidos por tráfico e apreendidas mais de 8000 doses de estupefacientes

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Santo Tirso, entre os dias 20 e...

Nacional6 dias atrás

Portugal: GNR apreende 3 toneladas de haxixe no Rio Guadiana

A Unidade de Controlo Costeiro e de Fronteiras (UCCF) da Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu na passada sexta-feira, dia 23...

Eventos6 dias atrás

Spannabis 2024: Barcelona acolhe a 20ª edição da maior exposição de canábis do mundo, de 15 a 17 de Março

Barcelona prepara-se para acolher a 20.ª edição da Spannabis, a maior feira de canábis do mundo, nos próximos dias 15,...

Internacional1 semana atrás

Alemanha: Bundestag votou hoje a favor da legalização da canábis, mas ainda é necessária a aprovação do Conselho Federal

O Bundestag debateu e votou esta tarde o projecto da legalização do uso pessoal de canábis no país, com 407...

Internacional2 semanas atrás

Alemanha: Legalização vai ser discutida esta sexta-feira, dia 23

O Bundestag da Alemanha vai finalmente deliberar sobre a legalização da canábis para consumo pessoal no país. O debate, que tem sido...

Cânhamo2 semanas atrás

Cultivo de Cânhamo nos Açores vai ter sessão de esclarecimento na Ilha Terceira

A Confraria Internacional Cannabis Portugal e a CannAzores unem esforços para promover uma Sessão de Esclarecimento sobre o Cultivo de...

Saúde2 semanas atrás

CBD e CBC mostram resultados promissores no carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço

Um estudo publicado na revista Cancers descobriu que os extractos de canábis ricos em CBD (canabidiol) podem matar células cancerosas da...